Nunca Julgue uma Dama pela Aparência - Sarah MacLean - O Clube dos Canalhas #4


Páginas: 320
Editora: Gutenberg
Ano de Publicação: 2016

Duncan West, assim como todos os homens, enxerga apenas o que quer, mas ele estava prestes a ver o que não queria. Para a aristocracia, Lady Georgiana é a pobre irmã de um duque, rejeitada pela família após ter sido arruinada no pior tipo de escândalo possível: uma mulher que fez escolhas infelizes ao entregar-se de corpo e alma para um rapaz que todos desconhecem. Mas a verdade é sempre muito mais chocante! Nos recônditos mais obscuros de Londres, Lady Georgiana é a mulher mais poderosa da Grã-Bretanha, a rainha do submundo londrino, e atende pelo nome de Chase, o lendário e temido fundador do cassino mais exclusivo da cidade, o Anjo Caído.Circulando disfarçada pelos corredores de seu império, Chase sabe dos piores segredos dos figurões da sociedade e tem todos os poderosos na palma de sua mão, mas durante anos os seus próprios mistérios nunca foram descobertos Até agora!Brilhante, inteligente e bonito como o pecado, o jornalista Duncan West está intrigado com a linda mulher que de alguma forma está ligada a um mundo de trevas e perdição. Ele sabe que Georgiana é muito mais do que parece e promete desvendar todos os seus segredos, expondo seu passado, ameaçando seu presente e arriscando tudo o que ela tem de mais precioso. Inclusive seu coração.

Nunca Julgue uma Dama pela Aparência é o quarto volume da série O Clube dos Canalhas escrito pela Sarah MacLean e agora eu já estou deixando claro: se você leu o segundo livro Os Números do Amor da mesma autora conhece essa mocinha aqui, lembra a irmã do Duque de Leighton que lorde Nicholas foi rastrear? Então, vamos conhecer o destino de Lady Georgiana depois que ela teve o bebê.

Dez anos após sua ruína, Lady Georgiana está de volta a Sociedade londrina. Desprezada, alvo de fofocas e maldades, ela está atrás de redenção para poder dar a filha uma vida digna e mais fácil que a sua. Nas sombras Georgiana construiu um império, ela anda no Anjo Caído como Ana, mas por trás das portas ela é um dos quatro sócios do clube, Chase. Duncan West é um magnata da comunicação, dono dos principais jornais do país, ele decide quem será o queridinho e quem será odiado pela sociedade. Há anos Duncan trabalha com Chase, juntos eles já arruinaram mais nobres do que se pode contar, sem saber que por trás deste misterioso homem pode haver segredos que ele nem imaginou. Quando se encanta por Lady Georgiana, Duncan não consegue acreditar que ela pode estar mais envolvida com o Anjo que ele podia imaginar.

"Ela possuía um poder além da imaginação. Com apenas um rabisco de sua caneta, ou um sinal para seus funcionários do cassino, ela podia destruir um homem. Ela detinha os segredos dos homens mais influentes da Grã-Bretanha - e de suas esposas. Ela sabia mais a respeito da aristocracia londrina do que ela sabia de si mesma."

Georgiana quando a conhecemos parece ser uma garota fraca, mas o tempo a torna uma mulher poderosa, relutei um pouco para ler o livro dela, pois não sabia bem como isso ia funcionar, em nenhum momento dentro dos outros livros desconfiamos que Chase pode ser uma mulher, sempre e em todo momento ele é tratado como um homem e em todas as suas aparições, que são sempre decisivas, ele age e é descrito como homem. A surpresa de trazer uma personagem já conhecida em outra narrativa e ainda por cima que hoje comanda um império foi muito agradável.

Duncan West é um homem no melhor sentido da palavra, acho que ele é o mais canalha de todos os outros mocinhos da série. Ele não duvida desde o primeiro instante que quer Georgiana e como ela não tem mais nada a perder, ele joga sério e joga forte para cima dela.

As cenas entre os dois são maravilhosas, eles tem uma química incrível, ela não deixa por menos toda vez que ele a provoca. As cenas hots não decepcionam, apesar de ser um romance de época ele é bem gráfico. 

A única coisa que me incomodou um pouco foi a diagramação, sou um pouco cega (uso óculos) e o tamanho da fonte e os diálogos entre aspas dificultaram minha vida. Eu não sei também se gosto dessa capa, ela meio que já revela o "segredo" do livro antes que você leia a sinopse. Porém, para quem está com saudade dos personagens de Os números do amor, pode se jogar sem medo.


0 comentários:

Deixe seu comentário