Um Caso Perdido - Colleen Hoover - Hopeless #1


Páginas: 384
Editora: Galera Record
Ano de Publicação: 2014

Às vezes, descobrir a verdade pode te deixar com menos esperança do que acreditar em mentiras...Em seu último ano de escola, Sky conhece Dean Holder, um rapaz com uma reputação capaz de rivalizar com a dela. Em um único encontro, ele conseguiu amedrontá-la e cativá-la. E algo nele faz com que memórias de seu passado conturbado comecem a voltar, mesmo depois de todo o trabalho que teve para enterrá-las. Mas o misterioso Holder também tem sua parcela de segredos e quando eles são revelados, a vida de Sky muda drasticamente.

Já vou começar essa resenha solicitando encarecidamente a quem ainda não leu nada da autora Colleen Hoover, LEIA! Gente essa autora é simplesmente maravilhosa, cada livro dela nos deixa arrebatados de amor e ansiosos pela próxima leitura e com UmCaso Perdido não foi diferente! PS: Owww ressaca literária boa!

Um Caso Perdido vai nos trazer a história da Sky e minha gente, que história! Sky é filha única, mora com a mãe e tem uma vida bastante peculiar, digamos assim. A mãe tem aversão à tecnologia, assim, Sky não tem nada, absolutamente nada que remeta a modernidade, sem televisão, sem computador, sem internet, sem celular...ou seja, quase uma ET. Acrescente a isso, ao fato de que ela nunca frequentou a escola, e só teve aulas em casa!

Isso pode até nos fazer pensar que Sky é uma garota bem bobinha e sem noção de mundo, mas, engano nosso, Sky é uma garota de bem com a vida, que sabe aproveita-la muito bem, obrigada!, é forte e muito bem resolvida, nada abala sua confiança. Sua vizinha e melhor amiga, Six, é sua companheira de aventuras, pena que no momento em que a Sky vai enfrentar uma de suas maiores aventuras, passar a frequentar a escola regular, Six esteja de viagem marcada pra um intercâmbio de 6 meses.

A história tem seu desenrolar de fato no momento em que Sky passa a frequentar a escola, onde ela não é muito bem recebida por seus coleguinhas... Chegando lá ela se depara com uma situação um tanto inusitada, podemos colocar assim, já chega lá com uma espécie de “fama” e com sua reputação “abaixo de zero”, tudo por conta da sua amizade com Six, que não era um exemplo de bela, recatada e do lar! Ela passa a receber ofensas dos alunos e ser tratada de forma rude pela maioria, mas quem pensa que isso abala 1% da confiança de Sky está muito enganado, ela passa é a se divertir com a situação, continua levando a vida de boa mesmo. Logo no primeiro dia de aula, ela conhece Breckin, que passa a ser seu melhor amigo, com que ela vai poder contar na ausência de Six. Ele é bem divertido e ajuda Sky nesse processo de adaptação na escola...

Mas Sky jamais imaginou que passar a frequentar o colégio iria mudar sua vida pra sempre, ela jamais imaginou que conhecer Holder, só mais um aluno, que apesar da fama de bad boy, era só mais um aluno como qualquer outro, iria mudar quem ela era radicalmente... a atração quase que imediata que ela sente por ele já na primeira vez que ela o vê, é diferente de tudo o que ela já sentiu na vida, uma vez que com todos os garotos com os quais ela já tinha se envolvido, não havia emoção, não havia sentimento, não havia nada pra Sky, só “diversão”. Mas com Holder a história é diferente, a atração é mútua e o desenvolvimento desse relacionamento não traz ao leitor só mais um romance juvenil bonitinho e divertido, Colleen consegue dar um giro de 180º na história e faz com que o romance seja só um aspecto da trama, o foco mesmo é a vida de Sky, que aos poucos vai se desvendado no mínimo obscura. Holder é o passado de Sky que ela jamais imagina que exista e vai trazer a tona lembranças que pra ela estavam enterradas no mais íntimo do seu ser, literalmente.  E pessoal, a história de Sky é apenas chocante!

Sem mais, porque tudo o que disser a partir daqui pode ser spoiler. Mas quem se aventurar a ler não vai se arrepender de forma alguma, a história é envolvente e a autora sabe dosar bem demais os dramas e a narrativa da história, eu adorei!

Sei que estou sendo uma leitora bem retardatária desse livro, considerando que ele foi publicado em 2014, mas o importante foi ler e eu só posso afirmar que fiquei mais uma vez encantada com a escrita da Colleen. Ela consegue que a história seja recheada de emoção, cada expectativa do personagem passa a ser a nossa expectativa. A história de vida da Sky é tão impressionante e tão inesperada que a única coisa que eu senti foi perplexidade.  Apesar o tema abordado no livro seja bem “pesado”, a forma como a Colleen o tratou foi fantástica, sem clichês e sem paradigmas, de forma limpa, mas sem tirar a importância do tema.

Já sabendo que tem um segundo livro, Sem Esperança, contado pelo ponto de vista do Holder, no meio do livro eu fiquei pensando: “ assim que eu terminar esse livro, já vou ler de imediato o do Holder”, ledo engano! Essa leitura me deixou numa ressaca literária tão profunda, que eu sinceramente não sei quando voltarei ao mundo de Sky, mas eu voltarei e venho aqui contar pra vocês o que eu achei no segundo livro.

0 comentários:

Deixe seu comentário