Contos da Academia dos Caçadores de Sombras - Cassandra Clare (org.)


Editora: Galera Record
Páginas: 504

Os Caçadores de Sombras estão de volta numa novíssima aventura. Todas as histórias são verdadeiras. E, dessa vez, Simon Lewis está pronto para contar a dele. Numa história contada em 10 contos que revisitam o passado dos Caçadores e aponta para uma nova direção, Cassandra Clare, Sarah Rees Brennan, Maureen Johnson e Robin Wasserman presenteiam os fãs da série com uma jornada de tirar o fôlego, cheia dos personagens que todos já amam. Simon não se lembra do seu passado, das aventuras que viveu ao lado dos amigos... Nem sequer sabe quem é, de fato. Então, quando a Academia de Caçadores de Sombras reabre, o rapaz mergulha nesse novo mundo, determinado a se reencontrar. Mesmo sem ter certeza de que quer voltar a ser aquele velho Simon de antes. Mas o local é muito hostil e Simon acaba enxergando muitos problemas em sua nova escola. Como o fato de os alunos mundanos serem obrigados a viver no porão, ou sofrerem com as piadas e os preconceitos dos Nephilim. Numa jornada para se redescobrir, para voltar a se reconhecer entre os antigos amigos, como Clary Fairchild e sua amada Isabelle Lightwood (mesmo que ele não se lembre desse amor), Simon vai descobrir que pode ser mais do que antes. Que seu destino como Caçador de Sombras vai muito além de sua missão de voltar a ser quem era.


Contos da Academia dos Caçadores de Sombras da Cassandra Clare sem dúvida nenhuma foi uma das leituras mais difíceis para mim esse ano. A publicação brasileira dos livros da Cassandra são da Galera Record que tem todo um cuidado com ela.

Depois de perder a memória Simon Lewis está de volta ao convívio dos Caçadores de Sombras, mas ele ainda se sente deslocado ao não poder responder as expectativas de Isabelle e Clary, ao não se lembrar dos seus feitos heroicos. Com a ideia de se conhecer novamente, de se encontrar ele vai para a Academia dos Caçadores de Sombras e lá conhece um pouco mais da história desse povo, suas regras, medos e seus preconceitos.

Primeira coisa a dizer sobre esse livro: deveria se chamar Contos dos Sofrimentos dos Caçadores de Sombras. Só tem história triste! Não temos condições psicológicas para seguir em frente depois de ler esse livro. Confesso que eu fiquei MUITO chateada com a Cassandra depois do final de Cidade do Fogo Celestial, pois todos conseguiram seu final feliz menos Simon e Isabelle e esse livro inteiro eles lutam para se encontrar novamente e é muito difícil.

Outra coisa que me deixou com o coração na mão é que cada conto traz uma narrativa diferente sobre o passado de um caçador de sombras, temos o filho de Will e Tessa, Jamie Herondale, batizado em homenagem ao tio Jem, que os visitava sempre que possível e Will fazia esse possível ser sempre que eles estavam em missão. Eu sou apaixonadíssima pelo que a Cassandra fez com Will, Tessa e Jem, pois é um amor tão grande que transborda mais de um século depois. Além da narrativa com Jamie, a própria Tessa chega a Academia para contar uma de suas aventuras ao lado de Will Herondale e vemos um pouco mais da dinâmica dela com Jace.

Temos também um conto, e esse foi o que partiu meu coração, pois eu fiquei uns dois dias com o coração apertadinho, que conta um pouco sobre Mark, o rapaz meio fada que foi entregue pela Clave a Caçada Noturna e que sente esperança que vai ser resgatado e luta com todas as forças para não esquecer dos irmãos, só de lembrar meus olhos estão queimando com lágrimas. Muito triste, quem leu Dama da Meia-Noite sabe o que eu estou falando.

 "(...) sangue não define você. O que define são as escolhas que você faz."

Por último eu queria comentar o conto que fala sobre o Círculo, no qual Robert Lighwood conta um pouco sobre sua experiência com Valentim e entendemos o motivo dele ter se afastado de Alec quando descobriu que ele era gay. O cara segue sendo um babaca não tem como defender.

"Amar alguém não significa que você nunca vai cometer erros."

Eu queria antes de encerrar dizer que tem muito #Malec sim, inclusive com o filho deles o Max <3 e que temos uma nova informação sobre os Herondale que pode se tornar em breve uma nova série sobre os Shadowhunters, não duvido nadinha que voltaremos a Jace e Clary nessa nova jornada ou até mesmo Tessa e Will, pois Cassandra abriu muitas outras possibilidades com essa nova informação.

Essa capa holográfica é maravilhosa, sim na capa é o Simon e ele arrasa muito no arco. A diagramação é o ponto alto, pois em todo começo de capítulo temos uma ilustração que representa uma cena do capítulo. Enfim, fãs como eu, segurem o coração por que mais uma vez a tia Cassie arrasou MUITO! 



8 comentários:

  1. Ahh não! Tudo que não preciso é sofrer mais com essas histórias!
    Mas quero muito ver como ficou esse livro. Simon é um dos personagens que mais amo na série e é bom poder rever outros também, ter mais algumas histórias para conhecer e outras para partir o coração. Quero muito ver como ficou porque sou outra viciada nessa série. E tomara que seja bom mesmo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois pode se preparar psicologicamente pq a mulher arrasou com tudo inclusive com o coração, a alma, o psicológico e tudo que tivesse pra arrasar!

      Excluir
  2. Olá, estou MUITO ansioso para ler este livro e mesmo sabendo que encerrarei a leitura com o coração partido (a tia Clare não tem dó nem piedade dos fãs) só aumentei minhas expectativas após a resenha. Assim como em As Crônicas de Bane, temos o retorno de personagens pra lá de queridos e podemos acompanhar mais um pouco sobre os seus "finais felizes" (sim, é ironia mesmo). Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Sou apaixonada por essa série e pela escrita da autora. Mas ainda estou atrasada nas leituras, pois não terminei os livros da série Instrumentos Mortais. Depois, com certeza, pretendo ler esse e os outros. Amo esses personagens, suas aventuras e dramas!
    Ótima resenha, parabéns.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Eu sei que vou te amar... Por toda minha vida vou te amar...Tia Cassie, você parte e remenda meu coração incontáveis vezes. Estou surtando por esse livro, tipo esses contos são babado fortíssimo! Cada vez que vejo resenha ou que alguma amiga me conta sobre fico em cólicas de ansiedade, mas a crise ta braba!
    Fiquei super animada em saber que teríamos um livro onde veríamos a formação do Simon, admito que era um personagem que eu ODIAVA no inicio de TMI, mas depois me apaixonei, o cara virou broderzão do peito, e fiquei com o core apertado no final de CDFC, e os Contos são tipo um balsamo.
    #AnsiosaPorEssaLeitura

    ResponderExcluir
  5. VOCÊS NÃO VÃO ENCONTRAR UMA PESSOA MAIS LOUCA QUE EU QUANDO O ASSUNTO SÃO OS LIVROS DA RAINHA CASSANDRA CLARE! Sofro com esse livro toda vez que vou ler, sério! O que dizer de Malec se tornar os pais que você respeita? Coisa fofaaaa
    Simon e Isabelle finalmente tiveram um pouco mais de foco neles
    E ESSA LINHAGEM HERONDALE PERDIDA???? já vemos em Lady Midnight!!!! To surtando!!!!!

    ResponderExcluir
  6. Oi!
    Quero muito ler esse livro, realmente o final de Cidade do Fogo Celestial trás aquele sentimento de todo mundo feliz finalmente menos o simon e a isabelle, por isso acho que esse é um livro necessário e fiquei aguardado seu lançamento para ver um final feliz para eles, adorei saber que temos varias participações tanto do passado como do presente e estou doida para poder ler e conhecer melhor essas historia !!

    ResponderExcluir
  7. AI MEU CORAÇÃO, AI MEU CORAÇÃO, OLHA ESSA CAPA MARAVILHOSA <3
    Socorro, que resenha é essa, você deixou meu coração pequenininho aqui pensando em todo esse sofrimento, e como não li Dama da meia noite ainda estou super curiosa em relação ao conto que falou.
    Adorei a resenha, mas isso você já sabe né? <3
    Beeeijos!
    Lost Words!
    Têm sorteio de um e-book lá no blog, participe!

    ResponderExcluir