O Acordo - Elle Kennedy - Amores Improváveis #1

Editora: Paralela
Páginas: 360
Ano de Publicação: 2016

Hannah Wells finalmente encontrou alguém que a interessasse. Embora seja autoconfiante em vários outros aspectos da vida, carrega nas costas uma bagagem e tanto quando o assunto é sexo e sedução. Não vai ter jeito: ela vai ter que sair da zona de conforto… Mesmo que isso signifique dar aulas particulares para o infantil, irritante e convencido capitão do time de hóquei, em troca de um encontro de mentirinha. Tudo o que Garrett Graham quer é se formar para poder jogar hóquei profissional. Mas suas notas cada vez mais baixas estão ameaçando arruinar tudo aquilo pelo que tanto se dedicou. Se ajudar uma garota linda e sarcástica a fazer ciúmes em outro cara puder garantir sua vaga no time, ele topa. Mas o que era apenas uma troca de favores entre dois opostos acaba se tornando uma amizade inesperada. Até que um beijo faz que Hannah e Garret precisem repensar os termos de seu acordo.


O Acordo é o primeiro livro da autora Elle Kennedy publicado aqui no Brasil. Ele é o primeiro livro da série Amores Improváveis. Para quem não sabe, a Elle é uma das escritoras do livro Princesa de Papel, que a Pri resenhou aqui no blog.

Nesse livro, conhecemos a história de Hannah, uma garota que sabe o que quer e corre atrás de seus objetivos. Vítima de estupro na adolescência, ela lida com esse fato de cabeça erguida, dando o fato como superado ao deixar o passado para trás. É estudante de Música na Universidade Briar, e por fazer parte do grupinho dos artistas, nunca pensou que se interessaria por um atleta. Até que Justin Kohl apareceu na sua frente. Loiro e jogador do time de futebol americano da universidade, fez com que o coração de Hannah disparasse. Mas Justin nunca se mostrou interessado na garota. E é aí que Garrett entra na história.

"É a primeira vez que fazemos contato visual, e não sei como responder. Digo oi? Aceno? Sorrio?" Hannah

Nosso mocinho, capitão do time de hóquei, está tendo dificuldades numa matéria em que Hannah gabaritou a prova, e se não conseguir atingir pelo menos a média, ficará fora do time. Sendo assim, ele tenta de tudo para que ela, apelidada carinhosamente de Wellsy, lhe dê aulas particulares. Até que ambos chegam a um acordo, ela lhe dará aulas particulares, enquanto ele finge estar namorando com ela para fazê-la conseguir a atenção de Justin.

Mas nada sai como o planejado, Hannah quer viver e se distanciar cada vez mais da sua experiência nada agradável. Assim, enquanto estudam para a prova de Garrett, os dois vão se aproximando, e a menina vai aprendendo a confiar novamente, tanto em si mesma como nele, ao ponto de beber em uma festa, pois sabe que ele irá cuidar para que nada de ruim aconteça.

"A lição mais importante que aprendi é que não sou uma vítima, mas uma sobrevivente." Hannah

Garrett também teve uma infância traumática, sendo obrigado a aprender a jogar e sofrendo abusos físicos por parte de seu pai, um jogador famoso de hóquei. Ele se vê cativado pelo modo de pensar de Hannah e, logo vemos os dois se apoiando, um ajudando o outro a superar seus traumas e deixando o passado de vez para trás.

"Estava quebrado antes de conhecer você." Garrett

Ultimamente tenho lido muitos livros em que a mocinha foi estuprada ou sofreu abuso físico. Não é de propósito tá, gente? Deve ter algo me atraindo para histórias assim. Mas O Acordo tem uma narrativa única, que surpreende pela forma de lidar com esses assuntos. A história de Hannah e Garrett é cativante e, mesmo tendo lido muitas histórias parecidas nos últimos tempos, a escrita de Elle Kennedy se destaca por ser tão intensa, mas conter a sensibilidade de descrever passagens até então inéditas para mim. É incrível ver os laços de amizade de Hannah e Garrett se tornando algo mais. Adorei que a relação deles foi progredindo lentamente, e quando então se descobriram apaixonados, a confiança e o amor prevaleceram. Adorei que não houve ninguém no meio do casal, afinal odeio triângulos amorosos. A autora conseguiu que houvesse um draminha entre eles sem ter que recorrer a essa opção. 

Quanto ao casal principal, Hannah é talentosa, além de ser uma personagem muito forte, que dá um exemplo de superação. Assim como Garrett, que consegue quebrar alguns esteriótipos, sendo um cara organizado e focado em ser um jogador de hóquei bem sucedido.

Enfim, amei a narrativa da Elle, os personagens são bem construídos e a trama, contada pelo ponto de vista dos dois, é cheia de humor e amigos maravilhosos. A edição do livro é linda, simplesmente AMO essa capa, bem original. Mal posso esperar para ler as próximas histórias. 

"Ultimamente eu não olho mais para trás. Só para frente." Garrett



7 comentários:

  1. Gente, super estou vendo esses livros da Elle Kennedy sendo bem comentados, estão em alta, e cada vez fico mais curiosa. Pela resenha me parece bem atrativo, trazendo um tema que está bem em foco. Até mesmo por causa do artista global que está sendo acusado de assedio, então isso faz com que o tema seja ainda mais comentado e divulgado. O que acho ótimo, pois está mais do que na hora de tirar a venda da população e falar sobre assuntos que podem gerar mal estar, mas que são necessários. Livros que abordam esse tipo de temática de forma coesa e sem muito drama, porque tem livro que pesa a mão e acabada se tornando ou meloso demais ou chato, e nem trata realmente de forma a informar ou atrair. Mas pela forma como estão sendo comentados os livros dessa série, suponho que a autora conseguiu trazer uma história bacana, que atrai cada vez mais leitores e sendo assim faz com que mais pessoas estejam a par desse assunto delicado e que ainda precisa tanto ser debatido!

    Ótima resenha, beijos!

    Da uma olhadinha no meu blog depois ;)

    http://www.carpediemliterario.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Essa história parece muito boa, estou bem animada para ler. Gostei muito de ver sobre a personalidade desse casal. A história da garota é tensa, mas no livro a autora parece destacar o quanto ela é forte e consegue superar, seguir em frente. A personagem é bem forte e gostei disso. Chega a ser um modo diferente de ver esses assuntos pelo jeito, achei bom.
    Achei muito legal que o casal vá progredindo na amizade para algo a mais aos poucos, sem aquela interferência clichê dos triângulos e coisa assim. Acho que fica muito mais interessante e até verídico de acompanhar.
    Quero ver se consigo pegar essa série logo pra ler. Parece ser muito boa e já começa com uma ótima história =)

    ResponderExcluir
  3. Geralmente não leio esse tipo de livro (até gosto, mas quase sempre fazem tudo muito mímimi), sou muito chata nessas coisas de problemas físicos e mentais, não gosto que seja muito forçado ou clichê, sou muito crítica kkkkkkkk vou ler ele, mas não tenho muita certeza sobre gostar

    ResponderExcluir
  4. Olá, esse livro ainda vai dar um excelente filme de comédia romântica, pois boas risadas é o que não falta nessa leitura que contém personagens cativantes e ousados. Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Olá.
    Tenho curiosidade sobre esse livro e os outros da série, mas não pretendo ler agora. Talvez em outro momento.
    Parecem divertidos e os personagens bem especiais.
    Ótima resenha.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  6. Oi!
    Não sabia que a escritora era a mesma de princesa de papel, mas faz um tempo que estou de olho nessa serie, estou com o segundo livro, mas quero ler o primeiro antes, acho o enrendo dessa historia bem interessante, mas da para ver que a escrita da autora trás um algo a mais fazendo toda uma diferença a historia !!

    ResponderExcluir
  7. Oi Brunna, tudo bem?
    Esse livro me chama muito a atenção sabia?
    E a sua resenha está tão incrível que quero ir ler ele agora mesmo.
    Gostei muito de saber que a relação dos dois acontece de forma natural e aos poucos, e ainda mais que não tem nenhum triângulo amoroso porque acho que nunca li livros sem triângulos kkkk
    Essa questão do abuso e tudo mais ta sendo muito abordado nos livros hoje em dia, então é super normal os leitores lerem e acho legal ver como a autora pela sua resenha aborda o assunto, a protagonista seguindo de cabeça erguida, mostrando que é melhor que tudo isso, os personagens também parecem ser fáceis de se apegar, adorei mesmo.
    Beijos!
    Lost Words!
    Têm sorteio de um e-book lá no blog, participe!

    ResponderExcluir