Amos e Masmorras - A Submissão - Lena Valenti - Amos e Masmorras #01


Editora: Universo dos Livros
Páginas: 416

Sinopse: A agente Cleo Connelly, integrante do corpo de polícia em Nova Orleans, é uma mulher atraente e destemida, que não mede esforços e impulsos na resolução dos casos que assume. Certo dia, entretanto, ela é designada para investigar, junto ao FBI, uma lucrativa rede de tráfico humano. Para cumprir a missão, ela precisará se inserir em um contexto inusitado: visitar a cena BDSM do país e participar das práticas de sodomia e dominação instituídas no torneio Dragões e Masmorras DS. Agindo como agente infiltrada, Cleo terá de pesar os limites de sua própria luxúria nesta implacável caçada, considerando também a arrebatadora atração que sente por Lion Romano, seu parceiro no caso. Mas será que, no meio do caminho, ela vai gostar de ser submissa? Renda-se aos deleites desta intrigante e sensual narrativa!



Amos e Masmorras: A Submissão é o primeiro volume da série Amos e Masmorras escrito pela Lena Valenti e publicada no Brasil pela Universo dos Livros. Eu já havia lido esse livro em e-book há um tempo atrás e a editora me mandou o físico, a experiência com livro físico sempre é diferente né?

Cleo Connelly é uma agente da lei em Nova Orleans, ela quer ser do FBI como sua irmã Leslie e seu, não tão, amigo de infância Lion Romano. Ela chega a fazer um teste, mas é reprovada na entrevista com um psicólogo. Um ano depois disso, ela é surpreendida pelo vice-diretor do FBI que a comunica que sua irmã Leslie está desaparecida e pede sua ajuda em uma investigação. O caso se chama Amos e Masmorras, Leslie e seu parceiro Clint estavam infiltrados disfarçados como um casal BDSM para participar de um torneio chamado Dragões e Masmorras DS, mas algo deu errado, Clint foi assassinado e Leslie desapareceu. Agora, Cleo deve entrar no lugar da irmã, infiltrada como uma submissa. A moça será treinada pelo agente Lion Romano, com quem tem uma relação no mínimo estranha. Lion sempre desejou Cleo em segredo, já que a garota é irmã de sua melhor amiga e quatro anos mais nova, ele nunca soube lidar muito bem com isso e sempre a afastou. Agora eles terão que trabalhar juntos nesse caso como um casal, Lion que já é um Dom há muitos anos, terá de guiar Cleo no mundo DS como sua submissa e treiná-la para que consigam achar Leslie.

Esse livro foi a minha primeira experiência com essa autora, de primeira eu já havia gostado muito da escrita dela, fica bem evidente que Lena teve um cuidado todo especial de pesquisa sobre o mundo BDSM para escrever essa série, não é mais uma série onde o cara foi traumatizado e virou um sádico, ou de alguém que vira de repente algo que não é, essa série é bem embasada com personagens que tem vidas normais, com conflitos e histórias reais, mas que tem desejos sexuais diferentes e que encaram a sexualidade de uma forma diferente.

Primeiro quero dizer que eu amo a Cleo, ela é forte e destemida e faz de tudo para não sair por baixo. Ela tem que deixar muito dessa força de lado enquanto está sendo treinada para ser submissa de Lion, ele tem umas atitudes extremas beirando o machismo e ela sabe contornar isso muito bem sem que tenha que "baixar a cabeça" como as outras mocinhas de livros BDSM.

Lion, por sua vez é um caso a parte, muitas vezes eu entendo algumas atitudes dele, pois o cara é o supremo machão alfa e tem de lidar com uma mulher que não tem medo dos próprios sentimentos, nem de se jogar de cabeça em nada, enquanto ele tem medo de tudo por ela e não sabe bem lidar direito com isso. Por outras vezes só tenho vontade de bater com a cabeça dele no calçamento mesmo.

As cenas entre eles são bem hot, ambos curtem o que estão fazendo e Lion desperta em Cleo sensações que ela não achava serem possíveis, muito pelo contrário, ela diz o tempo todo no livro que não é resistente a dor, mas o amo King mostra a ela que o limite entre dor e prazer é bem tênue.

Além disso quero ressaltar que a autora coloca bem mais que BDSM no livro, também é uma história policial, com trama bem elaboradas e um jogo que cria toda uma realidade paralela, com suas próprias regras e linguajar.

Eu gosto e não gosto muito dessa capa, a modelo tem as feições de Leslie, mas a protagonista do livro é na verdade Cleo, então isso traz certa confusão. Gosto muito do fato dela ser preto e branca. A diagramação está boa, mas senti falta de certas notas de roda pé explicando um pouco mais dos termos BDSM, embora tenha um dicionário ao fim do livro. Enfim, recomendo muito a série, não lembro de nada parecido no mercado erótico então é uma boa pedida para quem enjoou de livros do cara milionário que bate na mocinha ingênua.



7 comentários:

  1. Adoro livros eróticos, mas estava um pouco de saco cheio dos clichês do gênero, gostei bastante da Cleo ser forte e o fator dela ser uma submissa mas mesmo assim continuar sendo destemida, achei o enredo muito interessante, quanto a capa, não gostei muito, acho que ficou um pouco estranha, em alguns pontos parece a foto de uma modelo e em outros parece que foi feita em algum programa de computador.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Não sabia que essa série era erótica. já tinha visto alguns comentários em relação, mas não sabia. Talvez seja uma boa pedida, por que eu enjoei desses ricos que se apaixonam do nada por uma menina "pobre" e tals. Gostei muito da temática por gosto de romances policiais s2 vou dar uma conferida ^^
    abc

    ResponderExcluir
  3. Eu já vou esse volume e o segundo, jesus como eu tive raiva desse homem que pelo amor de Deus é uma mula de tão teimosa 😑 Eu dava uma parabéns a nossa protagonista pelo fato de ela ter força da peruca pra aguentar ele. Eu te aconselho a correr pra ler o terceiro que também é muito bom e quero ver uma resenha muito linda dele aqui ok ? Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Priscila!
    Já gostei de saber que a protagonista não tem papas na língua e fala tudo o que pensa.
    E ter um 'instrutor' como Lion certeza que não será nada fácil de enfrentar sem se apaixonar.
    A pergunta que não quer calar: ela consegue achare libertar a irmã?
    Será contratada pelo FBI?
    Fiwuri bem intrigada e gostaria de ler o livro e a séire.
    “A única sabedoria que uma pessoa pode esperar adquirir é a sabedoria da humildade.” (T. S. Eliot)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE JUNHO 3 livros, 3 ganhadores, participem.
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Eu já ouvi falar dessa trilogia. Mas acho que livros de BDSM não fazem o meu estilo. O único que me interessou foram os da Nana Pauvolih.

    ResponderExcluir
  6. Olá! Adorei! Uma personagem feminina forte e um deslumbrante, encantador e escuro personagem masculino, embora seja verdade que às vezes me fez querer ataca-lo por ser tão teimoso e orgulhoso, mas os dois juntos fazem uma combinação perfeita, em uma história intensa e bonita.

    ResponderExcluir
  7. Oi, Priscila!!!
    Gostei de conhece um pouco sobre essa trilogia mas no momento a história em si não despertou muito interesse. Fica a indicação!!
    Beijoss

    ResponderExcluir