Casada até Quarta - Catherine Bybee - Noivas da Semana #01


Editora: Verus
Páginas: 196

Sinopse: O contrato de casamento deles previa tudo.. menos se apaixonar. O primeiro livro da série Noivas da Semana.Blake Harrison: rico, nobre, charmoso... e precisando de uma esposa até quarta-feira. Para isso, Blake recorre a Sam Elliot, que não é o homem de negócios que ele esperava. Em vez disso, ele encontra Samantha Elliot, linda e exuberante, com a voz mais sexy que ele já ouviu.Samantha Elliot: dona da agência de casamentos Alliance, ela não está no menu de pretendentes... até Blake lhe oferecer milhões de dólares por um contrato de um ano. Não há nada de indecente na proposta dele, e além disso o dinheiro vai ser muito útil para quitar as contas médicas da família dela. Samantha só precisa disfarçar a atração que sente por seu novo marido e evitar a todo custo a cama dele. Mas os beijos ardentes de Blake e seu charme inegável se provam muito difíceis de resistir. Era um contrato de casamento que previa tudo... menos se apaixonar. Agora só resta a Samantha proteger seu coração até que o contrato chegue ao fim.



Casada até Quarta é o primeiro volume da série de sete livros da autora Catherine Bybee, intitulada Noivas da Semana. A publicação brasileira é da Editora Verus.  Confesso que fiquei com os dois pés atrás antes de decidir pegar esse livro, primeiro por já ter tido uma péssima experiência com outra série publicada pela mesma editora, com os mesmo molde dessa e com o mesmo marketing em cima, de outra autora, mas o trauma foi tão grande que estava com medo de me aborrecer. Ainda bem que decidi arriscar. 

Blake Harrison é um duque, multimilionário, lindo e um playboy de marca maior. Quando seu pai faleceu deixou um testamento no qual estipulava que ele teria de casar para que a fortuna que mantinha sua mãe e irmã, todas propriedades ducais e a fortuna da família não fossem parar em mãos erradas. Foi para isso que ele contratou Sam Elliot e a agência de casamentos Alliance! Ele teria que arrumar uma noiva até o fim daquela semana e Sam parecia a alternativa mais fácil. Só que invés do que Blake pensava, Sam não era um empresário do ramo dos casamentos, mas uma mulher linda, com uma voz que exalava sexualidade e que o deixou maluco desde o primeiro momento. Blake então decide que Sam seria sua esposa de mentira durante o tempo estipulado pelo pai, faz uma proposta irrecusável e a moça aceita. Só que esse arranjo terá de lidar com a atração irresistível que um sente pelo outro.

A narrativa de Catherine é bem divertida, mas vamos aos fatos: o livro é um clichê. Não há o que discutir sobre o assunto, um cara rico, uma moça pobre e um casamento de mentira? Você já deve ter se deparado com vários livros desse estilo por aí, então se por acaso está cansado desse tipo de clichê, esse provavelmente não vai ser um livro que você vá gostar. Como eu amo esse tipo de clichê, não me incomodou em nada.

Blake é o típico playboy mesmo e quando ele se aproxima de uma mulher que não cai a seus pés como ele está acostumado fica intrigado imediatamente, não ajuda muito o fato dela ter uma voz que rivaliza com as mulheres de um tele sexo. 

Sam, por sua vez, teve uma vida bem difícil, seu pai era um rico empresário que perdeu tudo por sonegar impostos, sua mãe se matou e sua irmã teve um AVC por conta da humilhação e hoje é inválida. A vida dela não foi fácil e quando Blake chega querendo resolver essa situação, ela aceita. Sam é o tipo de personagem que não é bobinha como as mocinhas desse tipo de romance são, ela rebate e muitas vezes acaba com Blake com sua sinceridade. 

Há cenas hot sim, então esse livro não é aconselhado se você não curte, há um certo mistério, mas a resolução dele também é tão clichê que chega a doer . Enfim, acho que essa é daquelas leituras que você faz apenas para passar o tempo de uma tarde, ou de uma madrugada insone, que foi o meu caso.

Eu achei linda essa capa, acho que foi por ela que me permiti dar uma chance ao livro. A diagramação tem um ponto que eu achei bem desconfortável, que foi a tradução há alguns errinhos bem perceptíveis de tradução, como por exemplo quererem trazer uma loja citada na trama colocando a equivalente brasileira e depois esquecerem disso no capítulo subsequente, isso me incomodou um pouco, mas talvez se você não for muito observador não veja. Enfim, clichê, bonzinho, mas nada que vá mudar sua vida, mesmo assim pretendo ler os próximos em breve se tiver mais alguma madrugada sem sono.


12 comentários:

  1. Oi, eu não consigo me cansar com clichês, especialmente esse.
    O que eu achei mais legal foi essa brincadeira com os dias da semana.
    Já está na minha lista ♡

    ResponderExcluir
  2. Apesar de não ter sido uma leitura 100% pra você, continuo MUITO animada pra ler esse livro.
    Acho que é bem do jeitinho de história que gosto sabe? Com clichê e tudo mais.
    Parece ser um romance bem construído e fiquei ainda mais interessada por saber das cenas hots e do mistério.
    E curiosa também pra conhecer o desfecho do casalzinho. Espero conferir em breve.
    Beijos
    Caroline Garcia

    ResponderExcluir
  3. Oi Priscila! Também adoro esse tipo de clichê s2 Coloquei essa série na lista e acho que não vou me decepcionar. Já estou in love com o Blake *-* Não tenho problema com cenas hot. Adorei a premissa e já estou ansiosa pela leitura *-*

    ResponderExcluir
  4. Olá, pra quem procura uma trama leve com um toque de erotismo, a obra parece ser perfeita, apesar das falhas da autora em alguns pontos. A capa realmente é muito bonita, bem convidativa. Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Oi Pri, tudo bem?
    Bem clichê mesmo esse enredo. Não curto muito livros que seguem sempre esta receita, e não gosto de romance hot. Acho que sei qual foi a outra série da editora que não te agradou hehe, mas ainda bem que com esta foi diferente.
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Priscila!
    Ai que romance delicioso para se ler.
    Fiquei pensando no relacionamento entre Samantha e Blake, a princípio como um acordo de negócios para que ele receba a herança deixada pelo pai, e pelo visto depois, descobrem que são companheiros e acabam ficando juntos para sempre.
    Adoro romances assim...
    Bom final de semana!
    “Ciência é conhecimento organizado. Sabedoria é vida organizada.” (Immanuel Kant)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE JULHO 3 livros, 3 ganhadores, participem.
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Mesmo que eu não curta tanto assim livros com cenas sensuais, ainda sim pretendo da uma chance a leitura, porque amo uma estória clichê bem construída, apenas como você disse passar um tarde, ou sair de uma ressaca literária, e esta estória me cativou tanto, espero que o casal tenha um final feliz.

    Participe do TOP COMENTARISTA de Julho, para participar e concorrer aos livros "O Casal que mora ao lado" e "Paris para um e outros contos".
    http://petalasdeliberdade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Achei interessante essa história mas mais por ser clichê e pequeno do que por qualquer outra coisa. Seria um desses livros que leio pra passar o tempo, sabe? Sem esperar muito. Não parece ser chato, então deve dar pra curtir um bom tempo. Não sou lá de ler muita coisa hot, mas chamou atenção. Depois daquela outra série parece que vem umas coisas assim agora por aí...

    ResponderExcluir
  9. Olá! Realmente essa capa é linda, embora pareça ser um livro bem clichê, tem um enredo simples e fofo, ele é perfeito para ser lido em uma tarde chuvosa, e é muito bom que cada livro tenha um casal diferente, assim não preciso ficar sofrendo aguardando continuações, mesmo assim, espero que não demorem muito para lançarem todos os livros da série.

    ResponderExcluir
  10. Eu achei a capa linda. Eu havia visto uma resenha desse livro de uma booktuber. Tanto que até disse kk como seria bom uma proposta de milhões. Bem, eu tbm.adoro esse clichê já li vários desse tipo. E como sou meio desligada nem perceberia o erro cometido ao longo do livro.

    ResponderExcluir
  11. Oi, Priscila!!
    Gosto bastante desses livros com estórias clichês, acho super fofas e divertidas!! Fiquei bem curiosa para ler esse livro é os outros da série.
    Bjoss

    ResponderExcluir
  12. Oi, Priscila!
    Assim como você também amo esse tipo de clichê - um cara rico, uma moça pobre e um casamento de mentira - , trama sobre casamento de conveniência é uma das minhas preferidas, então definitivamente, Casada até Quarta é pra mim!
    Também achei essa capa linda!
    Abraços, e valeu pela dica dessa série.

    ResponderExcluir