Esplendor da Honra - Julie Garwood



Editora: Universo dos Livros
Páginas: 416

Sinopse: Na corte inglesa medieval, a amável lady Madelyne sofre com os caprichos de seu perverso irmão, o barão Louddon. Para se vingar de um crime revoltante, o barão Duncan ataca as terras de Louddon com seus guerreiros. Madelyne foi o prêmio que ele capturou, porém, ao contemplar a orgulhosa e bela dama, ele jura arriscar sua vida para protegê-la. Apesar de seu tosco castelo, Duncan demonstra ser um gentil cavalheiro. Mas quando, afinal, a nobre paixão domina a ambos, Madelyne se entrega com toda a alma. Agora, por amor, Madelyne enfrentará qualquer coisa, tão corajosamente quanto seu senhor, o poderoso e combativo Lobo.




Esplendor da Honra é minha segunda experiência com a escrita da Julie Garwood e posso dizer que essa autora conseguiu me conquistar de vez.

Duncan tem um único objetivo: se vingar do barão Luddon. Para cumprir esse objetivo ele se deixa capturar e assim é resgatado pela inocente irmã do inimigo, Madelyne. Porém, o plano de Duncan era sequestrar Lady Madelyne e se vingar, assim, do barão que violentou sua irmã Adela. O único problema é que ao chegar em sua propriedade ele percebe que Madelyne não é exatamente como ele esperava.

Eu amo a escrita da Julie Garwood, as mocinhas dela são sempre doces e fortes ao mesmo tempo e quando você menos vê já terminou o livro e com Esplendor da Honra não foi diferente, os personagens são bem construídos e a narrativa flui de forma muito fácil.

Madelyne é a típica mocinha que é inocente e que tenta sempre fazer o bem mesmo para aqueles que não querem exatamente o bem dela. Quando ela chega a propriedade de Duncan tudo em que ela pensa é fugir, mas conforme os dias vão passando acaba conquistando a todos, incluindo os irmãos do barão. Ela realmente não é nada do que eles esperavam, doce, fofa, mas que sabe muito bem o que quer e completamente diferente do irmão que é um crápula.

Duncan por sua vez é o típico barão, ele é acostumado a comandar e se manter distante de seus irmãos e de seus homens de modo a comandar por medo. Ele é conhecido como O Lobo e pretende manter esse apelido por muitos anos. 

A relação entre eles é muito bem equilibrada pela autora, enquanto Madelyne desabrocha ao lado de Duncan, o barão aprende que mostrar vulnerabilidade e amor aos irmãos e amizade aos vassalos não o torna menos líder, muito pelo contrário. A relação deles é cheia de cenas de provocações que são bem divertidas. Há sim algumas cenas mais quentes, mas não são muitas.

Eu amo essa capa, acho de muito bom gosto. A diagramação da editora Universo dos Livros está maravilhosa, tudo na medida certa. Enfim, mais um romance de época para a conta.





19 comentários:

  1. Fiquei bem animada com o que vi falando dessa autora quando lançaram o livro. O pessoal falou bem, então me chamou atenção. Ainda mais pela história, porque amo umas tramas assim. E pelo jeito tem uns personagens encantadores! Adoro uma mocinha forte e doce ao mesmo tempo e pelo jeito dessa ela parece até meio boba no começo, mas vai mostrando que é bem mais do que isso. Gosto desse tipo de personagem. O mocinho todo fechado e que vai se abrindo para outros sentimentos ao longo da trama é outro detalhe que gostei também.
    A relação dos dois parece render boas cenas, tanto divertidas quanto quentes. Deve ser bem legal acompanhar a trama desses dois.
    Com certeza é um livro que entrou pra minha lista de desejados ^^

    ResponderExcluir
  2. Oi Priscila.
    Gosto muito de romances de época e estou sempre a procura de um bom livro desse gênero.
    Ainda não li nada dessa autora, então é bom saber que esse livro é bom.
    Madelyne e Duncan parecem formar um ótimo casal. Ambos parecem ser personagens fortes, que sabem o que querem, ao mesmo tempo que cuidam dos outros.
    Achei a capa bem bonita.
    Já vou colocar esse livro na minha lista de desejados.
    Obrigada pela dica.
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Oi Pris.
    Eu sou apaixonada por esse livro, é um dos meus preferidos da autora.
    A premissa é para lá de cativante e assim como você falou, os personagens são incríveis e um equilibra o outro, essa capa é realmente muito linda, espero muito que a editora lance outros livros da autora por aqui.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  4. Olá! Romances de época, como não amar? Não conheço a autora, mas já gostei do livro. Adorei essa trama que me lembrou a história da Bela e a fera. A doce mocinha que descongela o coração de gelo de seu amado. Já coloquei Esplendor da honra na minha lista de leitura. Beijos

    ResponderExcluir
  5. Eu amo romances de época!! Eu li um outro livro dessa autora, e amei o livro e a narrativa da autora. Estou doida pra ler esse livro agora! A história parece ser perfeita e muito bem desenvolvida. Tenho certeza de que vou amar o livro <3
    Bjss ^^

    ResponderExcluir
  6. Ainda não conheço a autora, mas só ouço elogios!
    O livro aqui me pegou principalmente pela estória, aprecio muito quando a protagonista apresenta um amadurecimento ao longo da narrativa.
    O enredo parece ser muito bem construído, levando o leitor a se identificar com as personagens e imaginar a estória se desenvolvendo. A autora parece ser capaz de nos transportar para dentro da relação entre Madelyne e Duncan.
    Bom saber também que esta relação é bem equilibrada, e com provocações engraçadas.
    E eu também achei a capa linda e muito delicada!

    ResponderExcluir
  7. E bom saber que este livro possui cenas sensuais mas este não e ponto central da trama, até porque sempre tive interesse de ler está obra, pois adoro este tipo de romance onde casal juntos acabam se descobrindo melhores do que são, como o Barão que acha que não deve mostra nenhum sentimento de amor e carinho, as pessoas por certo receio e medo de se tornar menos líder. Gostei muito da premissa deste romance de época e já quero adquirir a obra.

    Participe do TOP COMENTARISTA de AGOSTO, para participar e concorrer Ao livro "Dois Mundos", o primeiro da série "Tesouros da Tribo de Dana" da escritora Simone O. Marques, publicado numa edição linda pela Butterfly Editora.
    http://petalasdeliberdade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Eu só fui conhecer os livros dela esse ano, mas já tenho vontade de ler todos os livros dela. Eu já li Um amor para Lady Johanna, e simplesmente amei o livro, agora estou doida pra ler esse livro. Acho que vou amar a interação entre esses personagens! E a história dele também parece ser ótima, e super gostosa de ler. Tenho certeza de que vou amar *u*

    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Oi, Priscila!!
    Adoro um bom romance de época, mas infelizmente ainda não tive oportunidade de ler nada da Julie Garwood. Achei a estória bem interessante, e realmente a capa é linda demais. Bom espero ter oportunidade de conhecer as obras da autora.
    Bjoss

    ResponderExcluir
  10. Olá! Adoro romances históricos, e AMO a escrita da Julie Garwood, já tive a oportunidade de ler outros livros dela, e todos são maravilhosos, mas esse é o meu favorito, está cheio de intrigas, vingança, diversão e amor, enfim é incrível, o final não poderia ter sido mais perfeito, essa capa então... é linda!!!

    ResponderExcluir
  11. Li esse livro na versão publicada pela falecida Landscape e não foi uma das leituras mais agradáveis, não pela autora, mas por culpa da editora que resolveu dar a história uma narrativa rebuscada - tu, vós, foste, fizeste - o que tornou a narrativa chata, maçante... Demorei bastante pra me acostumar.
    Adoro Duncan e Madelyne. Ele é um personagem legal, honrado, que vai em busca de vingança e Madelyne não se acanha em libertar um prisioneiro em troca de liberdade tbm. É muito legal o convívio entre ambos. Mas tem um casalzinho que me ganhou desde que pareceu pela primeira vez na história, Adele e Gerald, irmã e amigo de Duncan. Enfim, fiquei feliz com esta publicação e espero muito que o trabalho da Universo seja melhor que o da Landscape. Eles estragaram uma história maravilhosa da Julie.

    ResponderExcluir
  12. Oi, tudo bem?
    Ainda não tive o prazer de ler nada dessa autora, mas tenho muita curiosidade para conhecer sua escrita, pois acredito ser bem envolvente e divertida. Como gosto muito de um bom romance de época, não poderia deixar essa dica, fora da lista.
    Sua resenha está perfeita e suas palavras me motivaram a conhecer mais da obra e fazer a leitura. Tenho certeza de que vou amar! Capa linda!
    Obrigada pela dica.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  13. Oi Priscila,
    Sou fã de romance de época, mas ainda não conheço a escrita dessa autora. Tanto esse livro como Um amor para Lady Joanna estão na minha lista de desejados, espero ter a chance de ler ambos os livros logo.
    Adorei a história em si, a Madelyne e o Ducan pelo jeito são cativantes e envolventes. Amo quando o relacionamento do casal vai sendo construído aos poucos, junto com a confiança. Confesso que adoro quando a história traz uma pitada de vingança, esse clichê deixa o romance mais intrigante e envolvente.
    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Olá Priscila ;)
    Já li Um Amor Para Lady Joanna, e confesso que não gostei muito :/
    A história não me prendeu, não sei se porque achei o "mocinho" tão machista que não aguentava quando ele aparecia. Sei que é um livro de época e é um período mais antigo do que os romances época que estamos acostumados a ler, mas mesmo assim...
    Acho que por isso que não tenho interesse em ler esse segundo livro, infelizmente. Mas que bom que você gostou dele!
    Bjos e até a próxima

    ResponderExcluir
  15. Romances de época não são muito a minha praia, parece que é sempre a mesma receita do bolo, só mudando o sabor, é sempre a mocinha forte, generosa e um amor de pessoa e o homem durão, mandão e mal humorado, Esplendor da Honra não é um livro que me atraiu simplesmente pelo fato da Madelyne e do Duncan seguirem essas mesmas características de sempre, mas para quem gosta de livros do gênero, deve ser bom.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  16. Priscila!
    Amo os romances históricos e se ainda posso dar boas risadas e aproveitar um enredo bem escrito, com dramas que serão superados e um grande amor no final, porque não ler, né?
    Fiquei feliz em ver que a relação deles é equilibrada.
    Quero demais.
    “Deus com Sua infinita Sabedoria, escondeu o Inferno no meio do Paraíso para que nós sempre estivéssemos atentos.” (Paulo Coelho)
    Cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  17. Eu quero muito ler esse livro! Não sabia do que esse tratava!
    Adoro romances de época esse parece ser muito fofo e intenso!
    A sinopse é muito boa e a trama que vai se desenrolar em volta do casal parece ser bem equilibrada mesmo.

    ResponderExcluir
  18. Sou muito apaixonada por romances de época!
    Não conhecia a autora e nem o livro, mas essa capa ta realmente maravilhosa!
    Adorei a premissa, adoro quando a muitas provocações torna a história bem divertida mesmo.

    beijinhos

    ResponderExcluir
  19. Miga que bom que você gostou da leitura porque vou te contar que tive certas dificuldades com a escrita dessa mulher no primeiro volume além de ficar seriamente incomoda quando a narração passava de um personagem pra outro tão rápido que eu me perdia. Mas apesar disso tudo o livro em si tinha um enredo agradável e posso observar a mesma coisa nesse. Eu pretendo ler esse livro com certeza e poder curtir esse romance.

    ResponderExcluir