Crash - Nicole Williams - Crash #01


Editora: Essência
Páginas: 256

Sinopse: Para a adolescente Lucy, nada é mais importante que o balé. A dança a transporta para um mundo onde a dor, as lembranças ruins e a violência não existem. Um mundo só dela. Um dia, porém, aquela garota certinha é obrigada a mudar de escola. E é nesse novo ambiente, repleto de descobertas e Inseguranças, que conhece um garoto que só usa cinza e vive com uma toca de lã na cabeça. Jude, o maior bad boy da escola, é lindo e seria o sonho de toda garota, e talvez até o genro que todo pai pediu a Deus... se não tivesse sido preso várias vezes e não morasse num abrigo para garotos desajustados. Lucy não liga para a opinião dos outros: o mais importante é o que Jude sente por ela. E o rapaz parece disposto a abrir seu coração, ainda que um segredo que assombra o passado e o presente dos dois esteja prestes a estraçalhar essa paixão. “Jude era a doença para a qual eu não via cura. A droga da qual eu não queria me livrar nunca. ” LUCY





Crash é o primeiro volume da trilogia homônima da autora Nicole Williams, publicado no Brasil pelo selo Essência da Editora Planeta. Recebemos esse livro tem um tempo, mas ele estava  já na minha whishlist de leitura. Nunca tinha lido nada da autora, mas esse é um tipo de livro que eu gosto bastante e não me decepcionei.

Lucy tem a dança como único lugar de fuga para seus problemas, seu pai perdeu tudo e a mãe é quem sustenta a casa, eles tiveram que se mudar de sua mansão para a casa do lago e ela teve de sair de sua escola particular para uma pública no último ano.Durante o verão ela conhece e se encanta com um rapaz que é só problema. Jude é o típico bad boy, ele sai com várias meninas, mas não se apega a nenhuma, já foi preso diversas vezes, é o garoto problema e todos sabem disso. O único detalhe é que eles sentem uma forte atração um pelo outro e isso não é algo que saiba o que é certo ou errado.

Eu sinceramente não acho que tinha necessidade de uma continuação para esse livro e por isso ainda não decidi se vou ler o resto dessa trilogia. Achei que a história ficou super redondinha e o final foi satisfatório.

Lucy tem muitos problemas familiares e se perde na dança, eu acho muito legal quando uma protagonista tem esse tipo de talento e a relação dessa personagem com a dança é muito bonita. Ela também gosta de salvar o mundo e no começo parece que Jude é mais um de seus casos, mas com o tempo vemos que ela realmente gosta dele e não é aquela menina boba e apaixonada, mas tem orgulho e sabe como colocar o rapaz no lugar dele também.

Já Jude não teve muitas oportunidades na vida, ele sofre abusos no abrigo onde mora, teve uma infância bastante difícil, pois seu pai foi preso muito cedo e ele usa as garotas como uma válvula de escape, além de já ter roubado e cometido vários outros crimes ao longo dos anos. Porém desde que conheceu Lucy ele sente algo diferente e quer mudar para poder merecê-la.

A relação dos dois é muito fofa, pois ele realmente quer levar as coisas a sério e mudar por ela, ele entra para o futebol americano para poder ter uma chance na vida, começa a se regenerar, mas as coisas não saem muito como o esperado.

Eu amei essa capa, acho que arrisco dizer que é a mais bonita com essa temática que tenho na estante. A diagramação está ótima e contribui muito para a fluidez da leitura. Enfim, recomendo para quem ama um bom livro com personagens na escola, com garotos quebrados e garotas que querem salvar o mundo.

12 comentários:

  1. Ah, esse é um dos gêneros que amo. Ainda não li nada da autora, e não tenho certeza se vou ler este.
    Parece uma boa história, mas também parece que falta algo mais.
    Acredito que o próximo da série seja o ponto de vista de Jude, o que deve ser legal levando em consideração por tudo que ele passou.
    A capa não é uma das minhas preferidas desse gênero, masé muito bonita.
    Gostei da resenha, Priscila!

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Oi Priscila, também acho essa capa linda e ela foi o que primeiro me chamou a atenção no livro. Já tinha visto algumas resenhas não tão positivas dessa história e fiquei feliz de ler uma bem positiva ressaltando pontos legais da história e pontos que geralmente me agradam, bad boys com passado trágico haha. Gostei da resenha e quero sim ler esse livro futuramente ;)

    ResponderExcluir
  3. Ola, realmente essa capa é linda, gosto muito de livros com bad boy que muda ao se apaixonar, o casal me parece ser muito fofo, adorei a resenha e com certeza assim que tiver oportunidade vou ler!!

    ResponderExcluir
  4. Curto muito romances com essa pegada de dramas internos e traumas dos personagens que se conhecem e tem que superar juntos os desafios da vida. Fiquei contente pois apesar de se tratar de uma trilogia tem um final fechadinho e dá pra fazer a leitura tranquilamente sem ter que esperar um tempão para ler continuação kkk. Gostei muito da resenha e foi uma bela indicação, abraços!

    ResponderExcluir
  5. Realmente esta capa é um encanto, nos chama a atenção logo de cara... Creio que seja realmente uma historia bem fluida de se ler, e não sabia que se tratava de uma trilogia, e confesso que ando dando preferencia para livros únicos. Mas este livro é uma excelente indicação de um romance clichê para se ler e suspirar!!

    ResponderExcluir
  6. Desde do lançamento deste livro que quero lê-lo, pois adoro este tipo de estória onde o amor e capaz de fazer as pessoas mudarem e querer seguir uma vida diferente. Vejo que esta mocinha e forte e cativante, e vai fazer este personagem masculino rever seus valores, e querer mudar de vida.

    ResponderExcluir
  7. Ando meio saturada de histórias nas quais as garotas certinhas/nerds se apaixonam pelos bad boys, mas o clichê "garoto problema" instiga a curiosidade.
    Ter alguém ali por ele, com ele, talvez faça com que ele veja o mundo de outro jeito.

    ResponderExcluir
  8. Priscila!
    Achei até interessante todo enredo, mas um romance adolescente americano com o astro do futebol e com a bailarina, já aí tem uma divergência, né? Ela toda delicada e ele todo brutamontes (a priori). Mas, ainda sim, deve ser um daqueles livros gostosinhos de ler e sSemaninha de muita luz e paz!
    “Todo o nosso saber se reduz a isto: renunciar à nossa existência para podermos existir.” (Johann Goethe)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE OUTUBRO 3 livros, 3 ganhadores, participem.
    e divertir.

    ResponderExcluir
  9. Essa capa ficou uma graça!
    Não sou muito fã do gênero, mas gostei bastante de ver ela se apaixonada pelo bad boy (apesar de meio clichê)
    Mas gosto de ver quando os personagens são diferentes, torna a trama mais interessante.

    beijos

    ResponderExcluir
  10. Eu não conhecia esta autora Nicole Williams. Como você, eu também gostei muito da capa deste livro, pela sua resenha a história parece ser muito boa, e acabei ficando curiosa para ler ele, que bom que você acha que não teria necessidade de ter uma continuação deste livro, pois o final foi satisfatório, pois assim o leitor pode decidir se quer ler somente este livro, ou se quer continuar lendo a trilogia.
    Adicionei este livro em minha lista de leituras.

    ResponderExcluir
  11. Oi Prsicila.
    Concordo com você, esse é um livro muito fofo e que apesar de tudo traz uma história linda de amor, a superação do casal foi incrível de assistir, já faz alguns anos que li a série, porém ela me marcou muito e fico muito feliz com o fato de que essa foi uma leitura boa para você, espero muito que a editora não demore a lançar os próximos livros.
    Bjs.

    ResponderExcluir