Não me Esqueças - Babi A. Sette



Editora: Verus
Páginas: 350

Sinopse: Em um cenário de contos de fadas, Babi A. Sette convida o leitor a mergulhar em um mundo novo, repleto do encantamento que somente um amor de almas gêmeas pode realizar.Aos vinte e um anos, Lizzie deveria estar empenhada em fisgar um noivo e finalmente se casar. Entretanto, após uma decepção amorosa, o coração da jovem só palpita por sua grande paixão — os estudos sobre o povo e a cultura celtas. Esse interesse faz com que ela troque os concorridos salões de baile de Londres pelas estradas desertas e sinuosas das Highlands escocesas. Ali, ela conhecerá Gareth, o enigmático líder do clã que vive no local mais remoto e bucólico da Escócia. Envolto em uma aura de mistério, ele luta para manter suas tradições, seus segredos e, principalmente, seu povo em segurança.Enquanto o austero Gareth tem a vida toda sob controle e resiste a mudanças, Lizzie está muito entusiasmada com suas explorações e descobertas. Porém a vida de ambos é alterada de maneira inexorável quando uma fatalidade transforma a tão sonhada aventura de Lizzie em pesadelo.Vindos de mundos tão diferentes, mas unidos por uma atração irresistível, Lizzie e Gareth vivem uma paixão proibida e desafiadora, sem saber que finalmente poderão encontrar aquilo que só ousavam buscar em sonhos.



Não me Esqueças não é minha primeira experiência com os livros de época da Babi A Sette, mas posso dizer que foi bem melhor que a primeira. Publicado pela Verus e com essa capa de arrasar, esse livro não deixa em nada a desejar aos romances de época das autoras gringas consagradas no estilo.

 Lizzie é uma das filhas de um dos condes mais ricos da Inglaterra, mas ela é diferente. Desde que teve uma desilusão amorosa, ela se fechou para o amor e passou a se dedicar aos estudos da cultura celta. Assim, para fugir de mais uma temporada desperdiçada em Londres, ela parte em busca de novos conhecimentos na Escócia. Só que no caminho ela é emboscada e acaba chegando a um castelo escondido no meio das Highlands, onde vive um povo que ainda cultua as antigas tradições celtas e onde ela conhece Gareth, um misterioso líder de um autêntico clã escocês. E Lizzie encontra nesse lugar de contos de fada muito mais que uma simples aventura.

Primeiro é importante dizer que existem duas outras histórias escritas pela Babi que precedem Não Me Esqueças, a história dos pais de Lizzie que é contada em A Promessa da Rosa e a história da tia dela que é contada em O Despertar do Lírio, você não precisa ter lido esses livros antes para ler Não me Esqueças, mas acho que é uma informação que eu gostaria de ter se não tivesse lido nenhum deles.

Não me Esqueças é um romance bem construído, com toques de conto de fadas e mistério. Lizzie é uma mocinha não muito convencional, ela se apaixona anteriormente, Gareth não é sua primeira paixão, na verdade antes mesmo do pretendente que a traiu, ela já sonhava com um homem misterioso que a aguardava antes mesmo de ela nascer. Então se você ama um toque de magia, com uma boa história de almas gêmeas que se reencontram, pode apostar nesse livro aqui que você vai amar.

Gareth é um mocinho que é um pouco controverso, ele tenta não revelar muito a Lizzie sobre seu povo, seu passado e o que os levou a se isolarem do mundo, mas ele acaba por deixar cair seus muros diante dessa dama inglesa que é apaixonada por seu povo. 

A relação deles é construída a ferro e fogo, eles se conhecem pouco a pouco e acabam derrubando os muros que ambos tem ao redor do coração. Há cenas mais hot  no livro, o que pode diferenciar um pouco aos fãs do gênero que não são acostumados a livros mais quentes. 

Eu gosto dessa capa, acho ela bem bonita. A diagramação está ótima, apesar de bem simples. Enfim é uma ótima pedida se você quer ler um livro nacional de época.




18 comentários:

  1. Ola, Que capa linda tem esse livro, confesso que não li nenhum dos livros da Babi A. Sette, mas gostei muito da premissa do livro, gostei de saber que o romance é bem construído e com toques de conto de fadas e mistérios, bem do estilo que gosto, gosto também quando o casal vai se conhecendo aos poucos e não conseguem resistir a atração um pelo outro e adoro livros com cenas hot, adorei a dica e com certeza vou ler, Parabéns pela bela resenha!!

    ResponderExcluir
  2. Aah, eu já li muitos comentários positivos, mas ainda não tive a oportunidade de ler. Na verdade, ainda não conheço o trabalho da Babi.
    Bom saber da importância dos outros livros, acho que vou querer ler eles primeiro.
    É interessante abordar a cultura celta, gosto de conhecer outras culturas.
    A capa é belíssima.

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Priscila!
    Sonhando em poder ler mais esse livro da série, pois já li A Promessa da Rosa e O despertar do Lírio, não posso deixar de conferir esse, ainda mais que a hhistória de Lizzie, estuduiosa de mitologia e cúmplice de seu irmão.
    E temos de conferir se o DNA continua fazendo jus e ela sofrerá tanto quanto a mãe.
    Que dezembro seja repleto de realizações e o final de semana cheio de luz e paz!
    “Dentre os mais dignos predicados de um homem está o de saber dizer a verdade.” (Renato Kehl)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA dezembro 3 livros + 2 Kits papelaria, 4 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  4. Não li nada dessa autora ainda, mas já vi tanta coisa boas desses outros livros que dá vontade de pegar todos de uma vez. Achei a premissa desse bem interessante, a magia, o romance...tem aquele negócio que me chama atenção. A garota já ter se apaixonado é algo que adorei porque fica uma coisa amis real, acho. Tanta gente quebra a cara antes de achar o amor, não é mesmo? Aquela pessoa certa pra você. Gostei disso na história dela. O toque de contos de fada da história é legal. Acho que gostaria da leitura.

    ResponderExcluir
  5. Oi Priscila, essa é uma bela história e dos três livros que mais gostei da Babi foi a segunda que mais gostei vindo logo depois de O Despertar do Lírio. Babi é muito talentosa e sabe envolver o leitor, além de nos apresentar muito sobre a cultura celta que a protagonista é apaixonada. O romance é encantador e só fiquei preocupada com certa personagem, a qual só descobrimos o destino bem perto do final. Eu amei a resenha e acho que todos os livros da Babi valem muito a pena *__*

    ResponderExcluir
  6. Estou adorando ver o espeço que está sendo conquistado por autoras brasileiras.
    Acho a capa desse livro belíssima!
    E não sabia que existe mais dois, bom saber que não precisam ser lidos antes para se situar na história.
    Realmente não faz meu tipo de leitura, mas quem sabe um dia...

    ResponderExcluir
  7. Olá, pela resenha vejo que autora caprichou na caracterização dos protagonistas, que aparentam compartilhar de muita química. Além disso, essa toque de magia que permeia a obra entra em harmonia com o gênero e deixa a leitura ainda mais imperdível. Beijos.

    ResponderExcluir
  8. Sou apaixonada por romances de época já li vários livros publicados da Babi a Sette Imperador o trabalho dela ainda não li esse livro mas é uma das minhas leituras de dezembro

    ResponderExcluir
  9. Que resenha incrível!!
    Não sou acostumada a ler romances de época mas a história me atraiu por possuir um romance diferenciado, fora dos clichês que percebo nos livros desse gênero.
    Mais uma vez um livro que NECESSITO ler por possuir mistérios na narrativa, além de possuir uma capa maravilhosa. *---*

    ResponderExcluir
  10. Oii! A experiencia que tenho com a Babi é de um romance contemporâneo.A Babi é bem conhecida pela sua escrita, no primeiro livro que li dela, confesso que gostei mas não cheguei a me derramar de amores. Estou muito ansiosa para poder ler um de época, pois amo romances de época. O enredo parece ser bem legal, e um ponto alto é por se passar nas terras highlands, o que eu AMO. O que me intrigou também foi a capa, sim, ela é linda. Mas não condiz muito com os livros anteriores, e eu sou daquelas neuróticas que quer tudo combinando kkkkkkkk Obrigada pela dica e pela resenha maravilhosa. Beijos

    ResponderExcluir
  11. Infelizmente ainda não obtive nenhum experiência com os livros desta autora, apesar de sempre ler muitos elogios a respeito de suas obras, ainda não tive oportunidade de adquiri-las. Fiquei feliz em saber que você gostou muito desta obra, e que você equipara com as autora gringas, o que me cativou ainda mais a leitura. Além de que o romance e envolvente e cativante, com pitada de contos de fadas e mistério.

    SORTEIO NO AR, VENHAM PARTICIPAR: petalasdeliberdade.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Olá Priscila! Como um romance de época esse livro não deixa nada a desejar. Tem segredos, uma protagonista sonhadora e um mocinho misterioso e irresistível que conquista qualquer um. Talvez a singularidade de trama seja essa aura de contos de fadas que permeia a história e torna tudo mais leve. Acredito que seja bom ler os outros livros relacionados, mesmo que não tenham a ver com a história mas para se familiarizar com o universo criado pela autora. Beijos

    ResponderExcluir
  13. Ainda não li nenhum livro da Babi, mas sei que é uma das autoras nacionais que tem tido destaque em eventos literários que eu costumo ir aqui na minha cidade. Assim como não li nada dela também não li nenhum romance de época, apesar de todos os elogios, eu ainda não senti aquela empolgação pra ler. De todas as resenhas que eu já li de romances de época eu achei esse livro o mais "diferente" por abordar a cultura celta, no meio desse ano eu fiz uma apresentação que tinha um pouco dessa cultura e achei o máximo. O livro me passa a sensação de ser bem fofo, com um romance bem construído e personagens carismáticos. E além disso a capa está maravilhosa, ótimo trabalho da editora.

    ResponderExcluir
  14. Olá! A Babi A. Sette tem uma escrita bem envolvente mesmo, esse livro parece ser espetacular, e, além disso, ainda terão todos os ingredientes que eu amo: aventura, romance, magia e mistérios, doida para conferir.

    ResponderExcluir
  15. Não costumo ler romances de época, mas este parece ser bem interessante. Os personagens parecem ser bem construídos, e esse romance me chamou atenção! Espero ter a oportunidade de ler. Ah, e amei essa capa!

    ResponderExcluir
  16. Olá! A capa desse livro é realmente linda, mas infelizmente meu interesse nele fica só na capa mesmo. Não gosto muito de romances de época, é um gênero que eu não leio, mas é ótimo saber que temos uma autora de tanta qualidade quanto você comentou. Li inúmeros elogios a esse livro e realmente é interessante ela ter misturado elementos de fantasia na trama, para ter um diferencial, então deve ser uma boa opção de leitura para os fãs mais românticos. Beijos.

    ResponderExcluir
  17. Oi Priscila!
    Eu já li um outro livro da Babi, e também não foi minha melhor experiência, achei a protagonista mto chata e quase abandonei a história. Por conta disso relutei um pouco a colocar "Não me esqueças" na lista, mas dps de várias resenhas que li quero dar uma chance para o livro, primeiro porque amo romances de época, segundo porque gostei bastante do enredo desse livro, esses toques de magia me convenceram a ler!
    Também havia me encantado com a capa, está linda ...
    Beijos

    ResponderExcluir
  18. Sinceramente é uma capa chamativa mesmo, muito linda. Esse é um livro que esta para eu ler ja tem alguns meses. E sempre me animo com as resenhas e comentários positivos.

    ResponderExcluir