A Lady de Lyon - Julie Garwood - Crown's Spies #01


Editora: Universo dos Livros
Páginas: 464
Classificação: 

Sinopse: Christina Bennett causou furor na sociedade londrina. A arrebatadora beldade esconde com sucesso o segredo de seu misterioso passado até a noite em que Lyon, o Marquês de Lyonwood, rouba-lhe um beijo ousado e sensual. O arrogante aristocrata com coração de pirata prova o gosto do fogo selvagem que arde por baixo do charme indiferente de Christina e anseia por possuí-la intensamente.Mas a destemida e insolente Christina não será conquistada com tanta facilidade. Dona do próprio coração e de sua fortuna, ela resiste às sensuais carícias de Lyon. Ela se atreve a não se render ao seu amor... pois, se o fizer, também terá que abrir mão de seu precioso segredo... e de seu destino prometido!




A Lady de Lyon é mais um livro lançado da autora Julie Garwood pela Universo dos Livros, esse é o primeiro volume da série Crown's Spies e minha terceira leitura da autora. Não é segredo que o nosso gênero favorito é romance de época e sempre que há lançamento nessa área nós corremos para ler.

Christina Bennet, a Princesa Christina, causou um furor na sociedade assim que chegou a Londres. Uma beldade de cabelos louros e olhos de um azul sedutor, deixa homens apaixonados por onde passa, e o fato de ter um passado misterioso só contribui para seus encantos. O Marquês de Lynwood tem um passado sombrio que o levou a ser temido não só pelos aristocratas, viúvo e sedutor, quando coloca os olhos na Princesa se sente imediatamente atraído e fará de tudo para desvendar os segredos dessa leoa.

Os meus destaques nos livros da Julie sempre foram os mocinhos, que são bem construídos, com passados sombrios, fortes e destemidos. Dessa vez, a autora inovou, primeiro por trazer para a narrativa uma parte da sociedade que é pouco falada nos romances de época, que são os nobres que acabaram por ocupar certas posições nas colônias e segundo por que ela construiu uma mocinha que foge completamente do que vemos nas criações de outras mocinhas.

Christina, apenas de ainda carregar todas as características das mocinhas de romance de época, traz muitas inovações. Ela não teve uma criação convencional, no meio da sociedade e ainda assim consegue absorver todas as regras impostas a ela,apesar de nem sempre concordar com elas. O tempo inteiro ela deixa claro que simplesmente não compreende como aquela sociedade consegue viver naqueles moldes. O que só desperta cada vez mais o interesse de Lyon.

Esse mocinho é como todos os outros mocinhos da autora, ele tem um objetivo que é conquistar a mocinha e ele não para até conseguir, se for preciso ele vai causar um escândalo, arruinar a reputação dela e tudo mais que tiver ao seu alcance para ter Christina. Apesar de todo o trauma que o casamento trouxe para sua vida, Lyon não consegue fugir do sentimento de possessividade que toma conta dele quando o assunto é a moça.

As cenas hot  entre eles são muito bem escritas e apesar de não haver muitas delas para o livro ser considerado um hot, esse número é maior que geralmente tem em livros do gênero de época. Então se você não curte romances de época mais quentes, talvez não vá gostar muito desse aqui. 

Eu amo essa capa, ela é aveludada e tem um toque super gostoso. Apesar de não curtir muito capas com modelos, nessa eu curti, pois a modelo realmente parece com a personagem principal. Uma das coisas que eu reclamava sempre na diagramação dos livros da Universo, eram os erros de revisão e dessa vez eu não tenho do que reclamar, minha edição nesse quesito veio bem cuidada e me ajudou muito na leitura. Enfim, mais uma recomendação de romance de época para vocês. 

19 comentários:

  1. Oi Pri.
    Eu amo romances de época e estou super curiosa para ler essa nova série.
    Ainda não li nada da autora, mas já fiquei bem curiosa em relação a sua narrativa e seus personagens.
    Parece que Christina é uma personagem bem forte, com uma personalidade bem marcante. Já gostei dela.
    O Marquês de Lynwood é o típico personagem masculino libertino determinado, que sempre consegue o que quer rs
    Espero ler esse livro em breve!
    Eu também não gosto muito de capas com modelos, mas achei essa capa lindíssima! É bom saber que a modelo tem tudo a ver com a protagonista feminina da história.
    Eba! que ótima notícia saber que não há problemas de revisão na edição! =)
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Minha irmã é viciada nos livros da Julie li apenas um e vou ser sincero que gostei bastante. Nem sempre eles são focados apenas nos mocinhos eles tem cenas de ação e aventura são muito bem narradas.
    Vou ser sincero que acho essa capa bem bonita e gosto de capas com modelos que seguem bem as descrições dos livros pois nos ajuda a imaginar os personagens. Com certeza irei recomendar esse livro para minha irmã.

    ResponderExcluir
  3. Julia Quinn me viciou em romances de época, gostei bastante do enredo apesar de nunca ter lido nada da autora, a personagem principal parece ser bem forte e diferente e eu adoro isso. Obrigada pela dica!!

    ResponderExcluir
  4. Oi Priscila!
    Já havia colocado o livro na lista de desejados quando lançou, e agora tenho mais certeza de que pretendo ler.
    Achei a protagonista fora do comum para a época em que o livro se passa, e sabendo que a narração intercalada entre o presente e o diário de sua mãe biológica, eu gostei mais ainda, achei interessante saber mais do passado de Christina. Não sei se Lyon será o mocinho que eu espero, ele parece um tanto pretensioso, mas acredito que durante a leitura irá me conquistar...
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Achei bem legal essa história por gostar de coisas assim. E já achei interessante a mocinha ter umas diferenças com muitas que a gente vê e ainda esse jeito de não concordar com as coisas da sociedade. Romance sem muita cena hot também me anima mais. Tem uma trama que chama atenção, dá curiosidade pra saber o passado da garota e parece bem boa de ler. Os personagens parecem fáceis de gostar e no geral acho que iria adorar.

    ResponderExcluir
  6. Priscila!
    Já gostei porque o livro se passa em uma Londres do século XXI, amo romances que são ambientados nesse século.
    Gosto dos bailes, das vestimentas, da culinária, fico encantada quando um livro é bem descritivo nesse aspecto e claro que o romance...parece ótimo.
    “Acredite que você pode, assim você já está no meio do caminho.” (Theodore Roosevelt)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA FEVEREIRO: 3 livros + vários kits, 5 ganhadores, participem!
    BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

    ResponderExcluir
  7. Ainda não conhecia o livro e nem li nada da autora.Fiquei interessada demais a historia,apesar de não tanto o hábito de ler hot. Creio que este fato de ter toda essa relação entre os personagens de segredos,mistérios e amor são aspectos que me fizeram adicionar o livro à lista de desejados.A gente que ama romance histórico sempre gosta de ler historias diferentes e esta pela tua resenha é bem assim. Apesar da beleza da protagonista como descrito, não curto esta capa.

    ResponderExcluir
  8. Olá! Adoro a escrita da Julie Garwood, seus livros são sempre muito divertidos, com mistérios e muito romance, Christina é uma protagonista muito forte e determinada, bem diferente das mocinhas dos seus outros livros, Lyon é um mocinho tudo de bom, ele está sempre uma passo na frente da protagonista e demonstra que a ama em todos os momentos, só fiquei com vontade de saber mais sobra à família que criou a Christina, a princípio não tinha gostado muito da capa não, mas lendo o livro percebi que tem tudo a ver com o enredo.

    ResponderExcluir
  9. Oi, Priscila!
    Ainda não li nenhum livro da Julie Garwood, mas pelos seus comentários acredito que irei gostar de ler A Lady de Lyon, gosto de mocinhos do tipo criado pela Julie - bem construídos, fortes, destemidos e determinado em conquistar a mocinha... E não vejo a hora de conhecer Lyon e seu passado sombrio, fiquei bem curiosa para saber do que se trata... Enfim, valeu pela dica!
    Ps: Que bom que a Universo não deixou a desejar no requisito revisão nessa sua edição...

    ResponderExcluir
  10. Eu também amo romances de época, e tento ler pelo menos um todo mês. Eu só li um livro dessa autora, e gostei bastante da escrita dela. E já estou interessada nesse livro, desde o lançamento dele. Já achei muito legal a autora inovar nessa historia, e acho que vou gostar dos dois protagonistas. Adorei saber que a edição está boa, tem umas edições que me incomodam muito de ruins que são...

    Beijos!

    ResponderExcluir
  11. Julie Garwood é aquela autora fantástica que consegue escrever ótima histórias, sejam ela romances de época ou contemporâneos... Amo a Buchanan-Renard ♥
    Esse é um dos poucos livros da Julie que ainda não li e amei Christina mostrando para a sociedade londrina que ela não é obrigada a nada, mas confesso que mocinhoo obsessivos me deixam com o pé atrás, principalmente esses que não estão nem aí para o fato de acabarem com a reputação de uma mulher.

    ResponderExcluir
  12. Oi Priscila ;)
    Apesar de amar romances de época, só li um livro da autora (Um Amor Para Lady Johanna), e confesso que não gostei muito dele não :/
    Acho que por isso fico com um pé atrás em pegar outro livro da autora para ler, mas depois da sua resenha fiquei curiosa a respeito de Lady de Lyon.
    Gosto de livros do gênero que são mais hot, então acredito que por esse fato o livro talvez me agrade.
    Bjos

    ResponderExcluir
  13. Menina eu vou te confessar que ainda não tinha lido esse romance de época porque toda vez que olho essa capa me dar um negócio, ela é muito feia. Eu nunca li nada desse autora mas como vou ler esse livro, sua resenha me convenceu, espero poder curtir a leitura, porque eu também adoro um romance de época. Sobre ter mais cenas hots que o comum eu não tenho problema nenhum. Obrigada pela resenha.

    ResponderExcluir
  14. Eu já tinha visto esse livro antes e embora ame romances de época eu não tinha lido nada sobre esse. Adorei a história desse livro, adoro quando os personagens não são todos perfeitinhos, e gostei bastante dessa capa, também não sou muito de capas com modelos mas essa achei bonita. Fiquei curiosa e muito, quero muito ler.

    ResponderExcluir
  15. Acho a modelo dessa capa bem parecida com a atriz Emilia Clarke. Vi uma outra resenha desse livro e também deram 5 estrelas. Que bom que ele está conquistando os leitores por aqui, acho que assim a editora anima de publicar mais livros da autora. Acho que isso de possessividade do personagem poderia acabar me irritando, mas só lendo pra ter certeza.

    ResponderExcluir
  16. Oiee!
    Romances de época, adorooo! Ainda mais quando tem essas pitadas de erotismo, na medida certa fica bom demais.
    Gostei do fato da autora ter tratado desse outro lado da sociedade, mas uma coisa que me incomodou foi a capa, me lembra muito aquela personagem de Game Of Thrones rsrs
    No resto, quero muito ler.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  17. Eu também amo romances de época e amo conhecer autoras novas mas eu já tinha ouvido falar desse livro e fui dar uma olhada e acabei me apaixonando pela altura eu adorei a simplicidade com qual história foi escrita e por mais que algumas pessoas não tenho gostado desse livro eu simplesmente adorei

    ResponderExcluir
  18. Achei linda a capa!
    Quero muito ler os livros da autora.
    Parecem ótimos. Bem escritos, com personagens bem desenvoltos e muitas reviravoltas.
    A Christina parece ser bem empoderada! rs
    bjoss

    ResponderExcluir
  19. Oi, Priscila!
    O meu gênero favorito também é romance de época, e por causa disso adoro ler as resenhas que o blog faz desses livros! Ainda não li nada da aurora mas fica a indicação maravilhosa!
    Bjoss

    ResponderExcluir