Uma Duquesa Qualquer - Tessa Dare - Spindle Cove #4



Editora: Gutenberg
Páginas: 272
Classificação:


Sinopse: O que fazer com um duque relutante em se casar? A Duquesa de Halford – e mãe de Griffin, o duque libertino, irresponsável, que deseja apenas os prazeres da vida – tem o plano perfeito. Na verdade, ela conhece o lugar perfeito… Spindle Cove.No paraíso das jovens solteiras, a duquesa insiste para que o filho escolha uma dama. Qualquer uma. E ela a transformará na melhor duquesa de Londres. Griff, então, decide achar alguém que acabará com os planos e com a ideia maluca de forçá-lo a se casar… Ele escolhe a atendente da taverna Touro & Flor, Pauline Simms – que nunca sonhou com duques ou com casamento, mas sim com o dinheiro que possibilitaria uma mudança completa em sua vida e na vida da pobre irmã, Daniela.O duque e a Srta. Simms estabelecem um acordo: a mãe de Griff tem uma semana para transformar a criada em uma duquesa perfeita, então Pauline deverá ser um desastre durante sete dias e, se tudo der certo (ou melhor, se tudo der completamente errado), receberá mil libras e poderá realizar o sonho de construir a própria biblioteca em Spindle Cove.Em pouco tempo, porém, o duque é surpreendido ao conhecer Pauline e descobrir que a moça é muito mais do que uma simples atendente, e a atração entre os dois é inevitável. Mas em um mundo em que as classes sociais são o que realmente importa, vence a ambição ou o coração?

Uma Duquesa Qualquer é o quarto livro da série Spindle Cove, escrita por uma das autoras de romance de época que eu mais amo: Tessa Dare! Se você não leu ainda essa mulher, corra e comece agora!

A mãe do duque de Halford, Griff, está desesperada. O filho está ficando velho e não pretende se casar, então para solucionar esse problema, ela sequestra o duque e o leva até Spindle Cove, o desafiando a escolher qualquer moça da cidade que ela transformará em duquesa em uma semana. Contrariado, Griff, escolhe a moça que considera mais difícil para a mãe trabalhar: a atendente da taberna. Pauline Simms nunca teve uma vida fácil, seu pai é abusivo, a irmã tem um problema de aprendizagem e todos a chamam de abobalhada e ela trabalha para que um dia possa ter uma vida melhor. Quando o duque de Halford, o homem mais lindo que ela lembra de já ter visto, oferece mil libras para que ela seja um desastre no treinamento de duquesa, ela vê a oportunidade de mudar de vida. O único problema é que eles não contavam com a atração que sentem um pelo outro.

Esse livro tem uma temática diferente dentro dos romances de época, pois a mocinha não vem da nobreza, muito pelo contrário, ela é uma servente e vem de uma família super grosseira e mesmo assim a duquesa mãe não parece se importar, muito pelo contrário, ela vê potencial naquele casal.

Pauline é aquela personagem que a gente fica torcendo para que consiga conquistar tudo que quer. Ela tem uma garra incrível e uma vontade de aprender que não vemos constantemente nos romances de época. Ela se afeiçoa rapidamente a mãe do duque e vê o quanto ela ama o filho, então mesmo que ela acabe por muitas vezes se atrapalhando, ela se esforça para que aquela família consiga se entender.

Griff, por sua vez, é um libertino atormentado, ele sofreu algo um ano antes que mudou completamente sua vida e agora ele sofre com as lembranças. Quando ele começa a se sentir atraído por Pauline, ele começa a lutar contra isso da forma que consegue. Até que ambos não conseguem mais se conter. 

As cenas entre os dois vão entre as mais amorzinhos, as mais sensuais com muita naturalidade. E apesar da diferença social entre eles, Pauline e Griff combinam muito bem. Realmente parece impossível que eles fiquem juntos por conta da etiqueta social dos nobres londrinos, não há saída para eles, não quero dar spoiler, mas tudo dá muito errado antes de dar certo.

Eu amo muito as capas dessa série, elas são lindas demais. A diagramação da editora também ajuda muito para a fluidez na leitura. Enfim, mais um romance de época para a conta.

21 comentários:

  1. Gostei que tenha uma personagem diferente, acho legal quando trocam algum mocinho ou mocinha e que não sejam só aquela coisa de nobres e coisa e tal. Achei legal esse detalhe da personagem e ela parece ter um jeito fácil de gostar, ela é determinada, sabe o que quer. E os dois como casal deve ser bem interessante. Ainda mais por tudo que dá errado aí, ahh deve ser muito bom pra gente ficar torcendo pra tudo dar certo, isso sim! É mais um dela que queria ler.

    ResponderExcluir
  2. Estou louca pra ler Tessa Dare, o livro que mais quero ler dela é Romance com o Duque, mas conheci essa série Spindle Cove recentemente e também tô muito curiosa, na realidade estou na fase dos romances de época. Gostei muito da resenha, é bom quando os personagens fogem daquele padrão que se espera, ela uma mocinha pobre mais que sabe o que quer e ele aquele duque libertino que eu particularmente sempre me apaixono quando leio hahah tô muito curiosa pra ler.

    ResponderExcluir
  3. Quando a mar resolve tomar a iniciativa ninguém irá segurar ela kkk Menina, eu tô com esse livro aqui em casa mas em meio a tantos lançamentos acabou que eu deixei ele no canto e foi ler outros livros e terminar umas séries. Eu adoro os livros dessa mulher, eu sou totalmente apaixonada pelo livro da Minerva e quando ler eu espero gostar tanto quanto você desse livro, mas pelo amor mana temos aqui em libertino que não quer casar, tá na cara que vou gostar kkk.

    ResponderExcluir
  4. Priscila!
    bom ver que a protagonista não vem da realeza, é uma serviçal e ainda assim, consegue conquistar...
    É verdade! A autora é uma das melhores no gênero romance de época, por ser mais objetiva e trazer personagens mais delineados e de personalidade forte.
    Não li esse livro ainda dela, na verrdade acredito que é uma série, né?
    E gosto demais quando os problemas e dramas do passado afloram e tudo vai sendo desvendado.
    Gostei.
    Desejo uma ótima semana e um mês mais que abençoado!!
    “Acredite em si próprio e chegará um dia em que os outros não terão outra escolha senão acreditar com você.” (Cynthia Kersey)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA FEVEREIRO: 3 livros + vários kits, 5 ganhadores, participem!
    BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

    ResponderExcluir
  5. Oi Pri.
    Eu AMO romances de época! Mas, ainda não li nada da autora, apesar de ter os dois primeiros livros dessa série rs
    é bom saber que o quarto livro continua bom.
    Não sei porque mais adoro quando "tudo dá muito errado antes de dar certo". Assim quando o casal finalmente fica junto dá um calorzinho no coração rs
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Olá Priscila!!
    Ainda não conheço a escrita da Tessa Dare, e como adoro romances de época fiquei encantada com esse livro, porque é muito bom ver que a protagonista não é da nobreza, como a maioria dos romances de época, e gostei muito de saber que ela é forte e determinada, vou ler assim que tiver oportunidade. Adorei a resenha!!

    ResponderExcluir
  7. As capas das séries são lindas, mas este foi o livro que mais me cativou, talvez seja pela temática em que a mocinha e pobre, e tem a grande chance de mudar de vida, mas não esperava se apaixonar logo pelo Duque. Acredito que o romance vai sendo desenvolvido gradualmente, onde vemos as cenas sensuais que acontecem entre o casal, onde somos cativados,e atraídos pela leitura. Admito que estou super ansiosa por adquirir este livro.

    Venha participar do Top Comentarista e concorra o livro "O Maravilhoso Bistrô Francês": http://petalasdeliberdade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi Priscila!
    Não li nada da Tessa - ainda - mas curti todas as resenhas que li de seus livros, e com esse não foi diferente. A história do casal principal parece clichê, do tipo que já imaginamos como irá terminar, mas isso só me anima mais a ler, e parece aqueles casais que são como cão e gato, rs, tenho certeza de irei dar boas risadas. A série já estava na lista de desejados, só espero uma oportunidade para ler!
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Olá Pri, tudo bem?
    Então vou ter que dar um jeito para ler....hahahahaha
    Ainda não tive a oportunidade de iniciar esta série, mas este gênero de romance sempre me chamou a atenção, ainda mais por nunca por ter lido uma série. Creio que apesar de já estar no quarto livro, vemos como a historia ainda é fantástica e isso é o que mais me chama a atenção, apesar de grande, com certeza irei pesquisar e me informar sobre os livros anteriores. Adorei conhecer o livro, e fiquei mega interessada! Esta capa é tão delicada!!

    ResponderExcluir
  10. Oi, Priscilla!
    Não li nada da Tessa Dare, os três primeiros livros da série Spindle Cove estão na minha lista de leitura mas ainda não tive a oportunidade de ler...
    Em relação a Uma Duquesa Qualquer, gosto de romances de época com temática em que a mocinha não vem da nobreza, assim como também amo mocinhas iguais a Pauline, que possuem garra, que são fortes apesar da vida difícil que levam... então, acredito que vou curti a leitura de Uma Duquesa Qualquer.
    Valeu pela dica, espero ler a história de Pauline e Griff em breve! Bjos

    ResponderExcluir
  11. Olá! Gosto muito da escrita da Tessa Dare, esse, por enquanto, é o meu favorito desta série, Pauline é uma personagem linda, com muita força de vontade e Griff é um homem cheio de angústias, mas os dois juntos são perfeitos, e o livro também tem muitas cenas divertidas, vale muito a pena ler.

    ResponderExcluir
  12. O único livro que eu li dessa autora é Romance com o Duque, e eu simplesmente amei aquele livro!!
    Agora estou com vontade de ler mais livros da autora. Esse livro realmente parece ser um amorzinho. Já acho que vou amar a mãe do Duque, e vou amar esse casal.
    Realmente é bem diferente a protagonista ser uma servente, e também fiquei curiosa pra saber o que aconteceu com o Duque. Já está na minha lista :)

    Beijos!

    ResponderExcluir
  13. Oiee!
    Quem não se rende a um romance de época né?
    Ainda mais quando ele é fofo assim, nunca li nada da autora mas já ouvi falaram muito bem dela e de seu modo de escrita, essa é uma série que está na minha lista tem um tempo, espero esse ano conseguir comprar todos e me jogar na leitura.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  14. Já li vários livros da autora e realmente a escrita dela é incrível, flui muito bem, nos deixa curiosos e sempre queremos saber o que irá acontecer no próximo capitulo.
    A história parece bem interessante e o fato de dar errado os dois ficarem juntos é bom pois deixa a história mais real, e claro que sempre sabemos o que vai acontecer e é o que torna esse tipo de livro muito bom para passar o tempo. A capa realmente é muito bonita e retrata bem a história

    ResponderExcluir
  15. Oi! Adoro a escrita da Tess, é leve, engraçado e ao mesmo tempo transmite os sentimentos dos personagens de uma maneira sincera. O meu favorito até agora é A Noiva do Capitão. Fiquei muito ansiosa para ler Uma duquesa qualquer!
    Bjs.

    ResponderExcluir
  16. Oi Priscila ;)
    Eu simplesmente AMO os livros da autora, e a série Spindle Cove é uma das séries de época que mais amo!
    Li esse livro mês passado, e foi um dos melhores da série, só o segundo que foi melhor na minha opinião.
    Adoro os elementos que a autora trouxe, como o romance "proibido", e a diferença de classes que poderiam interferir no relacionamento dos dois.
    Outra coisa que eu adoro é que as protagonistas que a Tessa cria são sempre um pouco menos tímidas ou inocentes, do que estamos acostumados nos romances de época.
    Adorei a resenha!
    Bjos

    ResponderExcluir
  17. Algumas vezes tenho a impressão de que estou lendo a mesma sinopse dos romances de época. Nunca li nenhum e algumas sinopses realmente me passam a sensação de ser praticamente igual a outra, sem muito diferencial. Já essa me deixou curiosa e parece ser bem divertido. Já fiquei imaginando a mãe do Griff bem doida querendo achar uma esposa logo pra ele. Ainda assim nossa mocinha parece passar por umas situações delicadas, como por exemplo, o comportamento abusivo do pai e as pessoas com preconceito com a irmã dela por ter problema de aprendizado. O que li da Pauline aqui na resenha me passou uma sensação gostosa de que pode ser uma personagem com grande potencial pra eu gostar. Como já ouvi dizer, nos romances de época logo no início você já sabe quem vai ficar junto e só quer ver o desenrolar disso. Pelo visto nesse livro acontece umas poucas e boas antes de tudo dar certo, mas deve ser bem agradável de ler.

    ResponderExcluir
  18. Essa série é maravilhosa, com mulheres fortes, dá até vontade de ir a Spindle Cove fazer novas amigas. Fiquei bem curiosa com o fato de a mãe de Griff não se importar por Pauline não ser da nobreza que eu pensava que o homem deveria ter algum problema sério. A mãe dele é focada nesse assunto que chega a ser obsessiva, daí comecei a achar que a mãe era quem tinha problemas.
    Indico a série pro mundo ♥

    ResponderExcluir
  19. Por incrível que pareça ainda não li nenhum livro dessa autora apesar de ser apaixonada por romances de época eu ainda não explorei universo dos livros da Tessa dare mas eu adorei a ideia desse livro me lembra muito a história da Cinderela de certa forma eu gostei da premissa e quero muito ler o livro

    ResponderExcluir
  20. Aii quero muitoooo ler toda essa série!
    Adorei saber que a Pauline vem de família pobre e mesmo assim a quase sogra gosta dela kkkkkk
    O fato dela querer aprender mais e mais, e ter vontade de crescer, é muito bonito e um grande empoderamento mesmo!
    Aii já quero!
    Será que faz mal começar por esse? Ou tem que ler a série na ordem?
    bjsss

    ResponderExcluir
  21. Oi, Priscila!!
    Gosto muito de romances de época mas infelizmente ainda não li nada da Tessa Dare. Acho super interessante os livros da série Spindle Cove as capas são lindas e o enredo é super leve e divertido, o tipo de história que adoro ler.
    Bjoss

    ResponderExcluir