Eu Sou Eric Zimmerman - Megan Maxwell - Spin Off Peça-Me O Que Quiser #01

Editora: Essencia
Páginas: 464
Classificação: 

Sinopse: Meu  nome é Eric Zimmerman e eu sou um poderoso empresário alemão. Sou conhecido por ser um homem frio e impessoal, que gosta de sexo sem amor e sem compromisso.Em uma as minhas viagens à Espanha, conheci a jovem Judith Flores. Ela me fez rir, me fez cantar, até me fez dançar, e eu não estava acostumado com nada isso. Quando percebi que estava sentindo mais do que deveria, achei que era hora de me afastar. Mas acabei voltando. Essa mulher me atraía como um ímã. Nosso relacionamento foi desde o início marcado por altas doses de fantasia e erotismo, e eu queria ensinar Judith a curtir o sexo de uma maneira que nunca ela nunca havia imaginado. E você? Se atreveria a descobrir o lado submisso, dominante e voyeur que existe dentro de todos nós?

Quando a Megan lançou esse livro eu achei algo completamente desnecessário e fiquei com muito medo dela não conseguir fazer direito um ponto de vista do Eric, quando lançou aqui no Brasil eu esperei um pouco para ler algumas críticas e saber se eu ia passar raiva ou não. O resultado foi que haviam críticas positivas e negativas em mesmo número e eu acabei tendo que tirar minhas próprias conclusões.

Eric Zimmerman é um alemão de coração frio, grande empresário, tio, filho e irmão. Ele carrega grandes responsabilidades nas costas e agora com a morte do pai, uma empresa que possui filiais em toda a Europa.Acostumado a ter a mulher que quiser e participar de orgias em casas de swing, ele não pensa em nada mais que sexo descomplicado que ele pratica quase diariamente. Em uma viagem a Espanha Eric conhece Judith Flores, uma mulher com gênio forte por quem sente uma atração irresistível. Ela não pratica sexo com as taras de Eric e ele fará de tudo para introduzi-la nesse mundo.

Megan conseguiu entrar na cabeça de Eric de maneira bem convincente. Se você espera um homem extremamente apaixonado desde o início, você não conhece Eric Zimmerman tão bem. Ele é uma espécie de Jonny Bravo alemão, se acha o máximo o último pacote de biscoito do supermercado e sempre que uma mulher diz não para ele, o alemão tem outra esperando no gatilho.

Sim, durante grande parte de seu relacionamento com Judith ele não guarda castidade e dorme com várias mulheres, até perceber que só quer a espanhola leva certo tempo. Sinceramente eu pensei que isso fosse me incomodar e muito, mas a autora conseguiu me envolver tanto na personalidade dele que esse tipo de comportamento apenas fez todo o sentido.

Vemos algumas cenas que não temos nos livros da série principal, diálogos entre Eric e Bjorn e outros personagens. Os momentos em que Eric e Judith ficam separados e os momentos juntos nada ficou repetitivo.

Diferente de outros livros que contam a mesma história com diferente ponto de vista, Megan Maxwell conseguiu quase que reescrever um novo Peça-me o Que Quiser, e eu confesso para vocês que quando ela lançar os outros Spin Offs pretendo reler a série alternando os pontos de vista entre Judith e Eric me parece ser uma experiência que vale a pena.

Para quem não curte hot ou não curte ver o mocinho com outras mulheres, não recomendo esse livro. As cenas são gráficas e Eric não fica sozinho até perceber que é apaixonado por Judith o que leva certo tempo.

Eu gostei bastante dessa capa, achei bem máscula. A diagramação também está ótima. Enfim, recomendo aos fãs da série e para quem curte um bom hot.

12 comentários:

  1. Não leria esse livro tão fácil nem se só visse maravilhas dele. Odiei aquele primeiro da série. Mas odiei mesmo, lia com a cara torcida, passando raiva e mais raiva. Nunca mais. Só de pensar em ver esse personagem de novo fazendo aquelas mesmas coisas que me irritaram tanto nem tenho coragem de chegar perto do livro. Pra quem gostou da série e gosta de coisas do gênero pode ser bom, mas não passo nem perto. Achei interessante não ser aquela coisa de ponto de vista repetitivo, isso é um ponto bom. Mas de resto não vale a pena pra mim =/

    ResponderExcluir
  2. Oi Priscila,
    Faz tempo que quero conhecer a escrita da Megan Maxwell, e a série Peça-me o que quiser está na lista há um bom tempo, mas estou protelando a leitura e confesso que já perdi aquela vontade de ler. No momento, estou saturada de livros hot, e pelo que sei, essa série tem cenas exageradas e repetitivas de erotismo. Ainda mais nesse livro, sob o ponto de vista do homem.
    Acho que no momento essa leitura não funcionaria para mim, mas quem sabe futuramente.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Priscila!
    Não li ainda os livros principais da série e até os tenho aqui, mas já gostei de saber que esse spin-off mostra o ponto de vista apenas dele e ainda é hot, então, não tem como não desejar ler, né?
    Maravilhoso final de semana!
    “Gosto de ouvir. Aprendi muita coisa por ouvir cuidadosamente. A maioria das pessoas nunca ouve. “(Ernest Hemingway)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA MAIO BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

    ResponderExcluir
  4. Oi Priscila,
    Eu já li os outros livros de Peça-me o que quiser, gosto bastante da forma como a autora escreve. Quero muito ler esse, mas preciso de dinheiroKKKK

    ResponderExcluir
  5. Oi, Priscila.

    Ler tudo sob o ponto de vista do Eric, pra mim, vai ser fascinante, assim como entender seus pensamentos e sentimentos, a maneira como ele se sentiu afetado pela Judith, no primeiro contato... E em como ele encarou se relacionar com alguém, e se envolver tão intencionalmente. É algo que eu sempre quis saber, através dele.

    Enfim, estou com altas expectativas para lê-lo! A série ao todo, é uma das minhas preferidas!

    ResponderExcluir
  6. Eu tenho os livros da série da Megan, mas ainda não comecei a lê-los.
    Eu sou daquelas ao contrário, adoro ver o mocinho com outras haha da mais um pouco de emoção a trama
    adorei a capa!

    beijinhos
    She is a Bookaholic

    ResponderExcluir
  7. Oi, Priscila!
    Não conhecia esse livro e nem a serie da Megan, mas pretendo ler.
    Adoro ver personagens assim que gandaia bastante, mas se apaixona de verdade kkk.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  8. Mesmo não gostando da série, acho essa capa linda, bem sexy sem ser vulgar hahaha
    Eu tenho um preconceito muito grande com essa série, não me entenda mal, eu amo romance erótico, livros hot, mas a primeira vez que tentei ler a série Peça-me senti várias coisas, entre elas ódio, nojo, raiva, indignação e mais. Eu não gosto de toda a coisa do troca-troca, entendo quem gosta, mas não é pra mim, ver o cara compartilhando sua mulher e pegando outras, simplesmente não conseguir embarcar na história e abandonei o livro, gosto de caras possessivos e sou possessiva demais com meus crushs literários.
    Quando lançou esse livro não fiquei curiosa pra ler pq não curto a série, mas pra quem é fã, deve ser bom, e como disse amei essa capa, gostaria que tivesse sido aproveitada em outro livro para que eu pudesse ter na minha estante.

    ResponderExcluir
  9. Olá! Essa capa é realmente muito bonita! Incomodou-me um pouco o fato da Megan ter apenas citado, e de maneira bem rápida, a maioria das cenas entre o Eric e a Judith, acho que se você não leu os outros livros, pode deixar a história um pouco confusa, ainda assim foi interessante conhecer o ponto de vista do Eric, mesmo ele sendo mais babaca do que nunca.

    ResponderExcluir
  10. Oi, Priscila!
    Não gostei muito da premissa do livro e como não li nenhum dos livros da série Peça-me o Que Quiser, vou deixar passar a indicação!!
    Bjos

    ResponderExcluir
  11. Olá!
    Eu já li resenha desse livro, a historia é bem interessante. Tem uma premissa muito boa e os personagens me deixaram curiosa. Não tinha conhecimento da autora mas adorei muito poder conhecer!

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir