Um Reino de Sonhos - Judith McNaught - Dinastia Westmoreland #01

Editora: Bertrand Brasil
Paginas: 378
Classificação:

Sinopse:Royce Westmoreland, o “Lobo Negro”, é enviado pelo rei da Inglaterra para invadir a Escócia.Quando seu irmão, Stefan, sequestra Jennifer e Brenna Merrick, filhas de um lorde escocês, do convento onde vivem, as vidas de Royce e Jennifer se entrelaçam. Ele, um poderoso guerreiro que já ganhou muitas batalhas, não vê a hora de encontrar uma mulher que o amará pelo homem que é, não pelo medo inspirado por sua lenda. Ela, uma jovem rebelde em busca do amor e da aceitação de seu clã, mesmo na condição de prisioneira, não se deixa abalar pela fama de seu arrogante captor.Conforme os conflitos entre os dois se tornam mais frequentes, a urgência de se entregarem um ao outro só aumenta. Certa noite, quando ele a toma apaixonadamente nos braços, desperta nela um desejo irresistível. Mas, se Jennifer seguir seu coração, perderá tudo aquilo pelo que vem lutando e jurou honrar.



Um Reino de Sonhos é o primeiro livro da trilogia Dinastia Westmoreland e foi minha primeira experiência com a escrita da Judith McNaught. Eu não sabia muito bem o que esperar, o livro tinha muitas resenhas positivas, mas algumas coisas me incomodaram um pouco na história.

Royce Westmoreland, mais conhecido como Lobo Negro, é um homem temido na Inglaterra e na Escócia. Um dos únicos homens de confiança do Rei Henrique, ele luta e destrói os inimigos que tentam derrubar seu rei.Prestes a atacar o clã de Merrick, Stefan, irmão de Royce, sequestra Jennifer e Brenna Merrick, filhas do chefe do clã para pedir resgate e impedir um banho de sangue. Brenna é conhecida como a beleza da Escócia, mas Jennifer não teve a mesma sorte da irmã. Ela sofreu muito com calúnias inventadas pelo meio-irmão William, que conseguiu que ela fosse mandada para um mosteiro rejeitada pelo seu clã, quando tudo que ela queria era ser amada pela família. Quando ela é sequestrada é mantida refém pelo Lobo Negro, Jennifer fará de tudo para honrar o nome Merrick.

Eu gostei bastante da escrita da autora, apesar de achar que alguns elementos do livro pareciam muito mais com elementos de livros hot contemporâneos e isso me incomodou um pouco, esse livro teria tudo para ser favorito, mas por conta desse incômodo levou só as 5 estrelas sem o coração.

Merrick é um mocinho que não sabe bem expressar suas emoções, sua vida foi marcada pela guerra, por sangue e pelo medo que ele incutia nas pessoas. Agora ao que parece ele está pronto para se estabelecer. 

Jennifer é uma mocinha muito orgulhosa e muitas das atitudes dela vão te deixar um pouco chateadas, por muitas vezes ela lembra uma criança birrenta, além de dar valor a quem não dá valor a ela. 

A relação dos dois nasce da convivência, Jennifer não tem medo de Royce e isso acaba chamando a atenção dele, o que evolui para atração e desejo. Há muitas cenas hot nesse livro, mais do que o comum em livros de romance de época, eu gostei, mas como falei o motivo delas terem acontecido me deixou um pouco incomodada.

Eu adoro essa capa,acho ela maravilhosa e toda fofa. A diagramação está ok, não tenho muito o que comentar. Enfim, mais um romance de época indicado por aqui.






11 comentários:

  1. Oi, Priscila.

    Um dos destaques do livro que chamou minha atenção é essa questão política, esse embate entre os clãs.

    E essa rivalidade entre os clãs de ambos, é que torna o romance mais arrebatador. O livro parece ser bem construído, com elementos o suficiente para prender o leitor.

    ResponderExcluir
  2. Oi Priscila,
    Ainda não tive o prazer de ler um livro da Judith McNaught, mas não vejo a hora de conhecer a escrita tão elogiada dessa autora. O livro que mais desejo ler dela é Tudo Por Amor, naquela nova edição maravilhosa.
    O que mais deixa empolgada nesse livro resenhado é o fato de que o romance se passa no final da idade média, um ambiente totalmente diferente do que estou acostumada em ler nos romance de época. Estou ansiosa para conhecer essa história nesse cenário e acompanhar a trajetória do envolvimento do casal, nesse romance que conquista.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Não conhecia a autora, mas achei incrível toda essa premissa.
    Gosto muito quando a trama é medieval, e mostram bastante todos esses costumes , clãs e coisas dessa época. A mocinha se apaixonando pelo seu algoz por mais que seja clichê, a autora parece ter conseguido se reinventar e fazer a gente ficar vidrada na trama.
    Já quero muito ler.

    beijiinhos
    She is a Bookaholic

    ResponderExcluir
  4. Li esse livro faz muito tempo e quando li gostei bastante. Viciei na escrita da autora e ela tem muita coisa legal. Não sei se veria alguns problemas assim como disse se lesse hoje em dia. Cenas hot demais poderia ser um porque acabei enjoando de livro com muita coisa assim. Mas lembro que a trama me prendeu bastante, que tive umas raivas da mocinha, mas foi coisa que passou. É interessante, gostei de ler. Dessa autora tem muita coisa boa e vale a pena pra quem ama o gênero.

    ResponderExcluir
  5. Olá, Priscila!
    Ainda não li nenhum livro da autora, mas sobre esse livro já tinha lido outras resenhas sobre ele.
    Gosto de romances de época, pelo jeito nessa trilogia ainda irá acontecer muitas coisas entre os clãs. Fiquei curiosa para ler.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Olá! Eu adoro a escrita da Judith McNaught, seus livros são ótimos, fico muito feliz que eles estão sendo relançados aqui no Brasil, em versões tão lindas como essa, fazendo com que mais pessoas conheçam a escrita dessa autora maravilhosa! Para mim a história é simplesmente maravilhosa, eu adoro como ela consegue mesclar romance, humor e suspense, essa, sem dúvida, é uma das minhas séries favoritas da autora.

    ResponderExcluir
  7. Oi Priscila,
    Nunca li nenhum livro dessa autora, já vi muita gente elogiando super ela, mas nunca tive o interesse. Mas acho que vou dar uma chance.

    ResponderExcluir
  8. Priscila!
    Parece um super romance de época histórico fascinante.
    Gosto de ler sobre os cenários e costumes da época, é sempre um bom aprendizado.
    Gostei muito.
    Bom feriado!
    “O meu objetivo é colocar no papel aquilo que vejo e aquilo que sinto da mais simples e melhor maneira.. “(Ernest Hemingway)
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  9. Oi, Priscila!!
    Não li nada da autora Judith McNaught ainda, mas como gosto de romances de época fiquei bem curiosa para fazer a leitura!!
    Bjos

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    Uma historia interessante. Já tinha visto ele, porém não tinha me chamado atenção, um romance de época bem diferenciado, já que para mim difícil haver hot em livros assim. Pena que ficou incomodada, eu espero ler e gosta!

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir
  11. Tô muito curiosa pra ler esse livro, já vi algumas outras resenha e todas bem positivas, ele é um romance de época mas com elementos bem históricos. Espero gostar do casal e vou tentar prestar atenção nesses pontos que você mencionou pra ver se tenho a mesma opinião e se vai me incomodar, no mais, tô bastante curiosa, ainda não conheço a escrita da autora e também amei essa capa.

    ResponderExcluir