Uma Dama Fora dos Padrões - Julia Quinn - Os Rokesbys #1


Follow my blog with Bloglovin
Editora: Arqueiro
Páginas: 272
Classificação: 

Sinopse: Às vezes você encontra o amor nos lugares mais inesperados...Esta não é uma dessas vezes.
Todos esperam que Billie Bridgerton se case com um dos irmãos Rokesbys. As duas famílias são vizinhas há séculos e, quando criança, a levada Billie adorava brincar com Edward e Andrew. Qualquer um deles seria um marido perfeito... algum dia.
Às vezes você se apaixona exatamente pela pessoa que acha que deveria...
Ou não.
Há apenas um irmão Rokesby que Billie simplesmente não suporta: George. Ele até pode ser o mais velho e herdeiro do condado, mas é arrogante e irritante. Billie tem certeza de que ele também não gosta nem um pouco dela, o que é perfeitamente conveniente. Mas às vezes o destino tem um senso de humor perverso...
Porque quando Billie e George são obrigados a ficar juntos num lugar inusitado, um novo tipo de faísca começa a surgir. E no momento em que esses adversários da vida inteira finalmente se beijam, descobrem que a pessoa que detestam talvez seja a mesma sem a qual não conseguem viver.


 Um Dama Fora dos Padrões é o novo livro da rainha Julia Quinn, confesso que quando saiu a notícia que ela iria contar a história da geração anterior dos Birdgertons eu meio que fiquei um pouco apreensiva e durante essa leitura isso ficou refletido, até comentei no twitter (quem não nos segue ainda é o @leituraseD) que eu estava gostando e não gostando ao mesmo tempo do livro.

Billie Bridgerton é a filha mais velha da família e uma mocinha completamente diferente do que estamos acostumadas em romances de época, ela usa calças e comanda a propriedade dos pais como ou até mesmo melhor que um homem. Vive se metendo em situações embaraçosas, como a que está no momento do início do livro, quando ao tentar salvar um gato cai de uma árvore em cima do telhado de uma casa abandonada e torce o tornozelo. E é quando ela precisa da ajuda de George Rokesbys, o mais velho e herdeiro do título entre os três irmãos. Esse mocinho vive um dilema, pois ele se sente um pouco inútil já que os dois irmãos mais novos estão lutando pelo país, um na marinha e o outro na América junto ao exército. Billie e George são como água e vinho, mas algo inexplicável não deixa ele tirar a Bridgerton da cabeça.

A narrativa de Julia nesse livro foi bem fluida, o que não é surpresa, mas em alguns momentos eu fiquei um pouco insegura quanto a essa mocinha, ela me pareceu independente demais para casar nos moldes como a sociedade pedia. 

Billie anda de calças, monta de pernas abertas como homem, comanda uma propriedade, sabe tudo sobre plantio e colheita e no dia-a-dia ela não parece nenhum pouco com as damas padrão da sociedade. Ela gosta de implicar com os irmãos Rokesbys, pois em sua cabeça sempre foi esperado que ela casasse com Edward ou Andrew, um dos irmãos mais novos, assim os Bridgertons e os Rokesbys finalmente se tornariam uma só família, o que já se consideram, pois são muito próximos.

George, por sua vez, é o típico herdeiro. Sempre foi privado de viver a vida de modo leve, sempre tendo que levar em consideração a propriedade da família e o título, via sempre os irmãos se divertindo com liberdade sem nunca poder fazer parte. Ele sempre admirou a liberdade de Billie ao mesmo tempo que a repreendia exatamente por não achar ela uma moça dentro dos padrões.

Eles acabam desenvolvendo uma amizade, depois despertam um desejo e aí os sentimentos vão se desenvolvendo. Eu achei que isso em algumas partes do livro foi muito rápido, em uma página George não gostava de Billie e na outra "já não era bem assim". E foi só esse ponto que me deixou meio insegura, mas ao passar das páginas a autora consegue costurar esses sentimentos de maneira bem crível, eles realmente começam a ter dúvidas sobre essa antipatia anterior que vai se transformando em algo mais.

E a partir daí o romance se desenvolve de maneira até bem bonita, Billie realmente não consegue manter a compostura por muito tempo, mas ela é divertida e consegue arrancar gargalhadas de todos a seu redor. Enquanto George observa e pensa que é esse tipo de sorriso que quer só para ele e quando eles tem seu primeiro contato físico amoroso, isso explode bem na cara dele, ele quer Billie e não vai deixar ninguém ter ela.

Eu amei essa capa, ela é a coisa mais linda. A diagramação também está maravilhosa, como sempre a editora arqueiro está arrasando. Enfim, mais um livro da diva para a conta, recomendo muito.

10 comentários:

  1. Nunca tive contato com nenhuma obra da Quinn então não consigo comentar tanto, mas sempre vejo bons comentários sobre seu desenvolvimento e suas histórias.
    Esse livro parece ser bem divertido e ler uma leitura bem rápida. Acho essa capa linda e fiquei impressionada sobre a trama (sempre vejo o nome do livro, mas não sabia do que se tratava). Ter uma personagem forte, segura e decidida é sempre legal, mas acho que mesmo isso quando é demais acaba ficando meio complicado :s
    Gostei e pretendo ler!

    ResponderExcluir
  2. Bem fora dos padrões mesmo essa garota. Faz tudo que não esperaria de uma garota nessa época, coisas simples que são considerados um escândalo. Mas achei legal toda essa independência e saber, como cuida das coisas no mesmo pé de igualdade que os homens. Ver um romance acontecendo com ela deve ser uma delícia, esses dois e os dilemas deles são interessantes e é dessa autor a, já sei que vou amar a narrativa dele. Mais um dela que quero ler. Parece bem legal.

    ResponderExcluir
  3. Oi Priscila,
    Gosto muito da escrita da Julia Quinn. Já li a maioria dos livros da Série dos Bridgertons, e amo todos. Espero ler esse aí, só tinha visto a capa, amei saber mais sobre a história.

    ResponderExcluir
  4. Oi, Priscila!!
    Mais um livro incrível da minha autora favorita a Julia Quinn!! E já gostei desse novo livro da Julia e adoro quando os livros os personagens são como gato e rato, e fiquei super curiosa para saber mais sobre essa geração anterior dos Birdgertons que tantos conhecemos!! Enfim, vou com certeza fazer essa leitura.
    Bjos

    ResponderExcluir
  5. Oi Pri,
    Eu amo a narrativa da Julia Quinn, quando soube desse lançamento, pirei, sempre quis saber mais e mais sobre os Bridgerton.
    Eu gosto bastante de mocinhas como Billie, determinadas e não seguem as regras que a sociedade da época impõe, mas, sabemos que na realidade, nem tudo seria fácil assim para elas, já que as mulheres quase não tinham voz, não é?
    É o tipo de clichê que eu amo... Não vejo a hora de ler <3
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Olá, Priscila
    Ainda não conheço a escrita da Julia Quinn, mas vejo muitos comentários sobre seus livros.
    Gostei muito da premissa do livro porque Billie é uma moça determinada, forte, batalhadora, isso que me atrai nos livros mulheres de fibra.
    Espero poder ler o livro em breve.
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Olá! Eu AMO os livros da JQ, e essa capa realmente é tão maravilhosa, Billie parece ser uma personagem bem independente, estou com esse livro aqui, mas ainda não tive a oportunidade de ler, e olha que não é por falta de vontade viu!

    ResponderExcluir
  8. Oi Priscila!
    Eu ainda não tive oportunidade de ler livros da autora, acompanho mtas resenhas sobre esse livro e te confesso que criei uma expectativa imensa no enredo, estou na torcida pra conseguir ler em breve.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  9. Eu não gosto muito de romances de época, acho bem previsíveis e não tenho muita paciência com as doideiras da sociedade da época. Se a nossa é ruim, aquela também....
    Mas adorei essa capa, achei morno. Perante os outros que já li sobre da Quinn, esse parece mais leve, sem muita diversão ou romantismo.
    bjs

    ResponderExcluir
  10. Pretendo Sim nesse novo livro da Júlia mas eu tenho ficado um pouquinho decepcionada com os últimos trabalhos dela como por exemplo a Biologia das irmãs lyndon foi praticamente decepcionante para mim a história Era estressante os personagens eram irritante e eu não vi a necessidade daquele livro tecido escrito mas espero que esse livro seja bem melhor do que o antecessor

    ResponderExcluir