Corações Quebrados - Sofia Silva - Quebrados #02



Corações Quebrados é o segundo livro da série Quebrados da autora portuguesa Sofia Silva, acabei de terminar esse livro e não sei bem se gostei tanto quanto o primeiro livro.

Em Corações Quebrados vamos conhecer a história de Emília e Diogo. Ela uma mulher que perdeu tudo e perdeu a vontade de viver. Ele um homem que viveu uma guerra e viu mais do que qualquer outro ser humano deveria ver. Dois corações quebrados que acabam começando uma relação de amizade por mensagens que evolui rapidamente para mais. Emília tem mais partes quebradas que Diogo poderia imaginar, mas ele rapidamente acabou por amar esse pássaro preso em uma gaiola de sofrimento.

Uma das coisas que me incomodou um pouco nesse livro foi a excessiva narrativa psicológica da autora e o que eu considerei pouco diálogo, claro que o livro não é ruim, muito pelo contrário, mas esse fato em específico tornou minha leitura um pouco cansativa.

Emília é uma personagem um pouco controversa, ela tem depressão que é uma doença séria, vive em uma clínica, mas a meu ver por isso mesmo a terapia dela deveria ter sido mais intensa do ponto de vista médico. Ela parece estagnada e ao contrário de Diogo que aparece em sessões de terapia, ela não parece ter o mesmo acompanhamento. Mesmo estando em uma clínica que tem mais do que o aparato necessário. E isso me incomodou um pouco, mas apesar dessa ressalva Emília é uma mocinha apaixonante, ela realmente perdeu a vontade de viver e vê-la desabrochar ao lado de Diogo é uma caminhada bem bonita.

Meu destaque nesse livro, porém é o mocinho Diogo, ele também passou por muita coisa, viu muita coisa, mas ao contrário de Emília ele parece ser mais maduro e mais bem resolvido com isso, talvez por ter se tratado com um profissional melhor ou ter uma família como rede de apoio (que Emília também tem, mas em menor escala). O livro todo tudo gira em torno de Diogo querer salvar Emília dela mesma e isso acaba fazendo com que nos apeguemos mais a ele que a ela. 

A relação dos dois é construída em cima de uma amizade que evolui para amor, mesmo com os receios e implicâncias de Emília, Diogo quebra pedaço por pedaço do muto que ela construiu para se proteger do mundo que tanto a magoou. Alguns dos diálogos entre eles estão entre os mais bonitos que já li.

Além disso a autora entrelaçou a história de Corações Quebrados com as outras histórias da série, que serão de Cauê e Mariana, ele que ficou internado na clínica com sua irmã que tem Síndrome de Down e Rafaela e Leonardo, ambos médicos, sendo ela a tia de Emília e dona da clínica e ele o médico de Diogo.

Eu amei essa capa, não curto muito capas com modelos, mas essa me deixou encantada com as cores e sua leveza. A diagramação está toda especial com detalhes nos começos dos capítulos. Enfim, recomendo esse livro para quem curte uma linda história de amor.





Editora: Valentina
Páginas: 344
Onde Comprar:https://amzn.to/2sFiJpe

Sinopse: Com mais de um milhão de leituras no Wattpad, chegará às livrarias brasileiras o segundo volume da Série QUEBRADOS.CORAÇÕES QUEBRADOS aborda a depressão, o luto e a deficiência física.
Entre as dores da perda e a incapacidade de seguir em frente, Emília vive os seus dias numa clínica. Está estagnada. É nesse inferno pessoal que ela conhecerá Diogo, alguém que também foi vitimado por uma tragédia.
Será que é possível dois corações quebrados encontrarem a felicidade?
Numa sociedade onde a nossa aparência continua a valer mais do que a essência, é difícil continuar a jornada da vida quando tudo nos é arrancado.
Passamos os dias a olhar a capa das pessoas. Julgamos sem compreender que nunca conheceremos totalmente uma história sem ler cada página. Sem compreender o seu início, meio e fim.
Duas pessoas fisicamente distantes.
Dois corações quebrados pela vida.
Dois sotaques que se misturam entre a dor, o riso e o amor.
Por isso, olhem sim a capa de cada pessoa, mas virem a página.

10 comentários:

  1. Ainda não tive a oportunidade de ler SORRISOS QUEBRADOS, mas faz tempo que está na lista. Assim que vi esse lançamento coloquei na lista tbm pq imaginei que seria uma história linda.
    Desde o início da sua resenha senti um afeto maior por Diogo, o que ele viveu e como ele encara o mundo do jeito dele. Gostei dele querer salvar Emília na história e não o contrário, que é bem mais comum.

    ResponderExcluir
  2. Quero muito ler esse livro, sua resenha só aumentou minha vontade.

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Oi, Priscila
    Ainda não li os livros da série Quebrados, mas adoro acompanhar as resenhas.
    Gostei da trama e me apaixonei por Diogo que faz de tudo para salvar Emília.
    Quero muito ler e estou ansiosa para os outros dois livros.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Achei interessante o jeito dessa série de ter personagens com muitas coisas ruins na vida, momentos ruins, mas fazer a gente se identificar ou ao menos torcer por eles. O tom mais de pensamentos e coisa assim ate me agrada. Lidar com depressão na trama, com amor e amizade deixa espaço pra muita coisa. Pode ser legal, parece um livro bom.

    ResponderExcluir
  5. Parecem ser histórias que mexem muito com o sentimental. Eu não gosto muito de drama porque sou sensível e me emociono forte hehehe. Apesar de você talvez achar que a leitura não foi tão boa quanto o primeiro, legal saber que você gostou de muita coisa da história :)

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  6. Olá! Apesar de já ter garantido meus exemplares de Sorrisos Quebrados e, agora Corações Quebrados, ainda não tive a oportunidade de conhecer a escrita da autora, ambos os livros parecem ser bem intensos e com uma grande carga dramática, não consigo imaginar o que Emília passou, para chegar a esse ponto em sua vida. Diogo realmente parece ser um mocinho daqueles que dá vontade de abraçar, pois apesar de também ter sofrido bastante, fará de tudo para que a Emília tenha vontade de viver novamente.

    ResponderExcluir
  7. Oi Pri,
    Ainda não tive oportunidade de ler o primeiro livro da série, mais sei o tanto que ele é maravilhoso, e triste ao mesmo tempo, senti que aqui a autora também se manteve nesses detalhes.
    A história tem uma trama bem forte, depressão deve ser sempre falada, e gostei que ela mostrou aqui as diferenças de uma pessoa que tem atenção no tratamento, em relação a outra que não, acredito que foi uma boa jogada até mesmo para abrir os olhos do leitor!
    Sobre o romance, amo, amo, amo, quando são construídos gradativamente, com confiança, com duas pessoas se redescobrindo, só aí já me conquistou!
    Adorei, quero ler, sem dúvidas.
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Oi, Priscila!!
    Li já tem um tempo o primeiro livro da série Quebrados e gostei bastante. Então sem dúvida tenho muito interesse em fazer a leitura desse segundo livro que traz um tema tão forte e atual que é a depressão. Adoro um bom romance e sem dúvida quero muito ter oportunidade de ler essa história.
    Bjos

    ResponderExcluir
  9. Priscila!
    Andei lendo algumas resenhas bem elogiosas mesmo sobre a forma de escrita da autora e dizem que ela arranca lágrimas com doces palavras...
    Mas também li que ela tem um grande problema com as marcas no corpo e que ele a auxilia a superar isso, mas, fiquei pensando:E se algo não der certo no relacionamento e ele terminar, como ela ficará? Ainda mais traumatizada, né?
    Gostaria mesmo assim de ler para apreciar como todo tema foi desenvolvido.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  10. Parece ser um livro gostosinho de ler, com personagens que sofreram muito e precisam de muita luta para se reerguerem.
    Eu comecei ler o primeiro da série, mas parei, também achei a escrita lenta, sabe, não ia kkkkk
    bjs

    ResponderExcluir