No meu sonho te amei - Abbi Glines



No meu sonho te amei, é um romance de Abbi Glines, publicado aqui no Brasil pela Editora Arqueiro. Vocês já devem saber que essa autora é uma das minhas queridinhas, afinal 50% das minhas resenhas neste blog, são sobre livros dela. Considerando isso, posso afirmar que conheço bastante da escrita da autora. Seus livros são minha válvula de escape para quando estou procurando algo mais leve e rápido. Por isso, fiquei um pouco chocada e impressionada no decorrer da leitura deste volume. Estou até agora sem saber como escrever essa resenha sem contar um pouco de spoiler, mas irei tentar.


"Nossa história não foi fácil. A vida maravilhosa de nossa infância nos foi tirada tão rapidamente que nem pudemos nos preparar."
O livro se divide em duas partes e sim, isso pode ser considerado um spoiler, mas foi a forma mais didática de explicar que encontrei em minha mente. Na primeira parte conhecemos Vale McKinley, uma garota recém formada no ensino médio e prestes a se mudar para a universidade que havia escolhido junto ao namorado, Crawford. Por infortúnio do destino, faltando um mês para a mudança, os dois sofrem um acidente de carro que deixa o garoto em coma. Desolada e sem saber como seguir em frente, Vale joga todas as suas fichas na recuperação no namorado, deixando de lado os planos para a faculdade e praticamente morando no hospital na espera de que ele abra os olhos. 
"Se eu queria passar o dia inteiro sentada naquela sala, era problema meu. Ninguém precisava entender. Nem ele, nem meus pais, nem meus irmãos. Eu estava apenas fazendo o que precisava fazer para seguir vivendo."
Nessas visitas, ela acaba conhecendo Slate, um colega de fraternidade do seu irmão que também está no hospital acompanhando um ente doente. Slate logo se encanta por Vale, mas pela sua fama de pegador e não-namorador, não se acha digno de tentar algo, ainda mais por saber do histórico de Crawford e até mesmo ajudá-los na sua recuperação. Mas os dias passam e não mudança relevante no quadro comatoso do garoto e, após todas as súplicas de sua família, Vale resolve seguir o plano original e se matricular na universidade. Sem carregar o peso pela recuperação de Crawford, a menina começa a perceber aspectos de seu relacionamento que não eram exatamente do seu agrado, como o fato de aceitar todas as escolhas feitas pelo namorado sem questionamentos. É nesse ponto que ela entende que um relacionamento não é feito somente por uma pessoa e que, por estarem namorando desde os seis anos (creepy), tudo o que conhece é com ele e para ele. Assim, Vale e Slate começam a se aproximar e, apesar da fama que o garoto carrega, todos começam a perceber que é diferente entre os dois. 
"Slate me fazia esquecer a dor. Quando estávamos juntos, eu me sentia melhor. Mais leve. Como se eu pudesse ser feliz outra vez. Bem no fundo, às vezes até pensava na possibilidade de um futuro sem Crawford. Quase morria de tanta culpa, mas pensava."
E quando está indo tudo a mil maravilhas, Abbi Glines decide nos deixar assim: 


É aqui que começa a segunda parte do livro, onde todos os acontecimentos da primeira parte sofrem uma reviravolta gigantesca e que eu nunca esperava de um livro da Abbi, por isso fiquei tão espantada e surpresa. Passamos a ter outra perspectiva do que estava acontecendo, pois na primeira parte contamos somente com a narração de Vale. Isso dá outra visão à narrativa. Não querendo estragar a experiência de quem vai ler, vou me limitar a isso, pois preciso que as pessoas tenham o mesmo choque que eu. Mas não querendo criar muitas expectativas e decepcioná-los, mantenham-se com a mente aberta durante o livro, ok?
"Eu começava a me perguntar se o destino não ia com a minha cara de um modo geral. Em algum momento da vida eu havia feito algo para que ele se tornasse um inimigo."
Sobre os personagens, destaco a mudança de personalidade nas duas partes. Como já falei, Vale é a narradora de toda a primeira parte e, nesse momento, ela tem uma tendência a endeusar Crawford, fazer dele o menino perfeito nas nossas mentes, e logo depois aprendemos que não é bem assim. A garota também passa por um crescimento que estranhei um pouco, mas logo percebi que influenciaria positivamente no decorrer da narrativa. Já Slate, é com certeza a mudança mais significativa, pois passamos a conhecer mais da sua mente na segunda parte, e compreendemos toda a sua complexidade. 
"As palavras de Slate deviam ter me chocado. Mas não chocaram. Não depois daquilo. Eu senti. Não esperava aquela transformação. Era o presente que eu não sabia que desejava. Meu caminho agora era algo completamente diferente. Eu estava feliz."
Para concluir, agora falando diretamente a você, que gosta de romances assim como eu, que já leu algo da Abbi e curtiu, dê uma chance a esse livro. É muito gratificante conhecer algo de uma pessoa que você admira e perceber que ela tentou sair da sua caixinha e mesmo assim não perdeu a sua essência. Um livro gostoso desse merece ser lido por vocês, com toda certeza!


Editora: Arqueiro
Páginas: 240
Onde Comprar: https://amzn.to/2W92vSO
Sinopse: Na noite da formatura, Vale McKinley sofre um terrível acidente de carro. Junto com ela está Crawford, seu namorado, que acaba entrando em coma. Eles pretendiam aproveitar o verão fazendo planos para a universidade, com um futuro brilhante cheio de possibilidades. Agora, Vale passa longos dias no hospital, à espera de que Crawford acorde. Lá, ela encontra por acaso com Slate Allen, colega de faculdade do seu irmão. O garoto aparece regularmente para visitar o tio, que está internado. Quando se esbarram, Vale não consegue negar a atração proibida entre eles. Ela tenta ignorar seus sentimentos, mas não é imune ao charme de Slate. Aos poucos, os dois se aproximam. Depois de muito relutar em sair do lado de Crawford, Vale cede aos apelos da família e vai para universidade, pensando que o namorado gostaria que ela tocasse a vida. Só que agora a garota está no território de Slate e a história dos dois vai sofrer uma grande reviravolta.

8 comentários:

  1. Desde quando vi o nome desse livro fiquei arrepiada e interessada na história.
    Confesse que a sinopse não tinha me interessado tanto, mas você falar dessa reviravolta que Abbi dá na história me deixou muito curiosa.
    Não sei como a autora lidou com isso, mas penso que é uma questão muito importante falar sobre esse momento que Vale "acordou" e percebeu sobe o relacionamento, ainda mais para adolescentes que lerem o livro.
    Está na lista!!

    ResponderExcluir
  2. Oi, Brunna
    Li apenas um livro de Abbi que foi Sem Fôlego e adorei.
    Gostei de saber que a autora saiu da sua zona de conforto e criou um livro único com uma trama diferente de seus livros anteriores.
    Confesso que estou muito curiosa para ler o livro e amei a sinopse.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Olá! Eu também gosto muito da escrita da Abbi, já li tantos livros dela que até resolvi dar um tempo, pois acabei percebendo uma mesma receita e estava ficando desanimada, pelo visto este traz uma proposta um pouco diferente do que ela vinha apresentando, e essa sua resenha me deixou bem curiosa para poder conferir tudo que acontece, amo quando uma história nos faz passar por uma montanha russa emocional, preciso conferir esse livro logo.

    ResponderExcluir
  4. Oi Brunna!
    Já li alguns livros da autora, e sempre gostei da forma que ela escreve ...
    A história em si é bem pesada, querendo ou não, se forma um pequeno triângulo amoroso, e fico curiosa demais para saber como a Abbi conseguiu dar uma continuidade no envolvimento de Vale e Slate sem deixar de lado o namorado em coma, difícil não é? Mas, tenho certeza de que o caminhar do enredo conquista, e sobre as cenas hots, não esperava menos da autora, bem escritas e na medida certa!!

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Oi, Brunna!!
    Ainda não li nenhum livro da Abbi Glines, pois é nunca tive oportunidade de pegar um livro dela e ler. Mas achei tão interessante e diferente do estilo dos livros que a Abbi normalmente escreve que estou muito inclinada a adquirir esse livro para saber mais sobre essa história.
    Bjos

    ResponderExcluir
  6. Gosto muito dos livros dela também, nem que seja pela escrita maravilhosa que leio rapidinho. E já tinha visto coisa boa desse, adorando ver mais. Que tenha reviravoltas e surpreenda assim é ótimo. A gente pode ir esperando só aqueles romances que já ficou acostumado com ela e ter mais do que isso. Bem legal. Tô doida pra ler ^^

    ResponderExcluir
  7. Brunna!
    Devo confessar que infelizmente ainda não li nada da autora, mas tenho a maior vontade.
    E admiro demais quando uma autora consegue mudar o estilo que normalmente escreve, tenta se arriscar em novos estilos.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  8. Ainda não li nada da Abbi, mas esse livro me deixou com muita vontade mesmo!
    Achei bem interessante o drama todo da Vale, e essa segunda parte parece ser bombástica.
    Tô muito curiosa para saber o que é.
    bjs

    ResponderExcluir