Touchdown - Roxy Sinclaire






Touchdown foi escrito pela Roxy Sinclare e confesso que peguei para ler pois estava em um momento "jogadores de futebol", o que eu não esperava era uma história tão fofa.



Alexa é uma líder de torcida em uma universidade da Ivy League, prestes a se formar ela vive um momento em que terá de fazer uma escolha: perseguir seus sonhos ou se adequar a vida que seus pais querem para ela. Casar com alguém influente e viver uma vida fútil e vazia. Ela desde o primeiro ano sente uma atração por Martin,o quaterback do time de futebol, mas ele é tudo que ela não pode ter. Vindo de uma família de classe média e com um histórico de violência familiar, Martin é o típico jogador de futebol americano, ele também sempre teve uma queda por Alexa, mesmo sabendo que ela é a típica garota riquinha. Nos últimos dias do último semestre as coisas mudam e Alexa e Martin não vão mais conseguir se controlar.

A escrita de Roxy nesse livro me surpreendeu, fiquei esperando grandes dramas e brigas, mas a verdade é que essa história é um algodãozinho doce de fofura. Martin principalmente que de bad boy mesmo não tem nada, ele é um maravilhoso e aguenta muita coisa de Alexa.

Alexa é mimada, ela nunca teve que trabalhar nenhum dia de sua vida, mas desde pequena ela quer liberdade e tem um senso de responsabilidade que poucas garotas ricas possuem. Ela não quer perder a família e por isso nunca se permitiu flertar abertamente com Martin, pois sua mãe não aceitaria um rapaz que não tivesse dinheiro. Mesmo seguindo as regras, ela descobre que isso não é o suficiente e é quando finalmente ela se permite sentir.

Martin, por sua vez é um rapaz simples, ele viu de perto o que o dinheiro pode fazer com as pessoas e por isso tenta manter sua cabeça no lugar. Depois que viu que Alexa é muito mais que a garota rica, o rapaz mal pode esperar para ter uma chance com ela, mesmo que saiba que ela é areia demais para seu caminhãozinho.

As cenas entre eles são fofas, sim há cenas hot na história, mas não são muitas, o que realmente cativa é que apesar de tantos obstáculos Alexa e Martin acabam por manter um relacionamento sólido de amizade, mesmo com seu envolvimento romântico.

Eu gostei bastante da capa, acho que apesar de não retratar bem Martin como eu o imagino, quem não ama um bom tanquinho? A diagramação está ótima, não tenho nada a reclamar, essa editora sempre tem cuidado com a revisão. Enfim, uma dica de romance fofo e sem dramas.




Editora: BabelClube
Páginas: 158
Onde comprar: https://amzn.to/2VDvQVl

Sinopse: O maior touchdown da sua vida!Alexa:
Eu o odeio, mas o quero…
Odeio a chantagem emocional que minha mãe faz por não ficar com Sebastian, o cara que ela queria que eu casasse. Eu nunca o quis. Mas se não casar com ele, minha mãe cortará relações comigo.
Só estou interessada no quarterback por quem torço nas laterais do campo, embora eu o odeie. Independente disso, não posso negar o que meu corpo e coração desejam. Mas estamos prestes a nos formar e seguir por caminhos diferentes. O que vou fazer?
Martin:
Eu sempre a amei, mas sou mais pobre do que ela imagina…
Jogar meu último ano na universidade como o quarterback estrela que as pessoas achavam que eu era, foi agridoce. Espero ser escolhido para o NFL para conseguir ajudar a compensar minha família por tudo que fizeram, e tirá-los daquele trailer. Mas isso significa ficar longe de Alexa.
Ela era a líder de torcida que eu queria para sempre ao meu lado. Mas, cara, ela podia ser tão metida às vezes! Isso até nossos amigos nos trancarem no dormitório e não nos deixar sair até resolvermos as coisas. Não tenho ideia do que acontecerá em seguida…

6 comentários:

  1. Oi Pri,
    Li recentemente "Imbatível", que segue uma linha parecida, e amei, assim que comecei a resenha já percebi que iria amar esse também.
    Martin parece ser o tipo de bady boy que me deixa babando, só de olhar para essa capa... uau...
    Gostei do drama familiar em relação a Alexa, é clichê, eu sei, mais adoro!
    Quero ler <3
    Bj

    ResponderExcluir
  2. Sinceramente não gostei da capa e nunca pensaria ser um romance fofo olhando por ela. Depois de ler muuuuitas histórias com os bad boys ricassos e as meninas fofinhas e humildes, é sempre bom ler algo "diferente" né?! Por esse motivo gostei demais da ideia de Martin ser o cara calmo e um poço de amores e Alexa ser a mimada rica, mas que não quer viver na sombra dos pais. Está na lista!

    ResponderExcluir
  3. Oi, Priscila
    Não li nada da autora, mas adorei o enredo.
    A capa é atraente mas ela engana um pouco dá a impressão que Martin que é rico, só que é diferente Martin é pobre e um amorzinho de rapaz, enquanto Alexa rica e mimada.
    Adorei espero ter oportunidade para ler, beijos!

    ResponderExcluir
  4. Priscila!
    Assim, não gosto muito quando a protagonista é muito mimada e fica fazendo o cara de capacho, sabe?
    Mas pelo visto, a química entre os dois rola legal e por aí talvez valaha a pena a leitura.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  5. Olá! Pela capa era difícil imaginar que o livro teria tantas cenas fofas, mas isso muito me agrada, pois, às vezes, não há nada melhor que um romance sem dramas e repleto de cenas doces.

    ResponderExcluir
  6. Já soou um pouco clichê pela personagem da Alexa, tem umas coisas que não agradam nada. Mas achei legal que ela tenha essa vontade de liberdade, mais do que só uma menina rica. Uma história fofa com esses dois me anima, leria pelo jeito dela e até por não ter tanta cena hot. Gosto mais assim. É uma dica interessante e boa pra quem busca um romance fofo e fácil de ler.

    ResponderExcluir