Fenomenal - Andy Collins - Willers Family #01


Editora: The Gift Box
Páginas: 132
Classificação: 
Disponível no Kindle Unlimited: https://amzn.to/2D4Ml5g

Sinopse: O que você faria se as suas opções fossem limitadas? Você seria capaz de perder o controle?
Se tornaria tudo aquilo que sempre odiou?
Bree tinha apenas uma opção, e a agarrou com unhas e dentes. Ela não desistiria facilmente.
Oliver é um jovem lutador de boxe em ascensão, e quer provar que ainda é digno do cinturão.
Ele não é um bom perdedor, e não vai abdicar da única mulher que abalou sua concentração
Ele tem dez rounds.
Ela tem dez dias.

Recebi esse e-book em parceria com a The Gift Box e confesso que estava esperando um dark, já que todos os livros da autora que li até aqui da autora foram desse gênero. Apesar do engano, o livro é um romance rápido e com um clichê que todos amam.


Bree acabou se metendo em uma enrascada por causa de seu ex. Ela deve dinheiro, muito dinheiro e por causa disso a única saída que encontrou foi ir para Las Vegas e virar prostituta por algumas noite para conseguir levantar o dinheiro. Em sua primeira tentativa as coisas saem muito errado e é voltando para o quarto que ela é notada por um lutador de boxe. Oliver, é o dito lutador, ele não se envolve em relacionamentos, quando ele precisa de uma mulher ele paga por isso e quando sente o cheiro e ouve a voz de uma estranha no elevador, ele está disposto a pagar tudo que ela quiser para tê-la durante os dez dias que ficará em Vegas. O que nenhum dos dois contava era que uma atração irresistível e sentimentos contraditórios se formassem tão rápido.

A narrativa da Andy é muito fluida dá para ler esse livro em "uma sentada" só. Com cenas sensuais e com muito hot, a autora conseguiu construir uma história sem romantizar a prostituição, mas pecou um pouco ao construir o mocinho.

Tudo ia muito bem, o mocinho é maravilhoso. Oliver é bruto e fofo, conseguiu me conquistar logo de primeira, mas em uma cena a autora conseguiu destruir essa perfeição toda, confesso que se ele não tivesse ganhado meu coração ou se tivesse ficado alguma dúvida ao longo do caminho que ele não era um personagem escroto abusador, eu teria largado o livro ali mesmo. Porém, a autora, apesar do ódio que ainda nutro por ele, conseguiu deixá-lo mais humano, passível a erros e principalmente menos perfeito.

Bree, por sua vez, é uma mulher que se vê numa situação impossível e que infelizmente tem que vender seu corpo, ela a todo momento tenta lutar contra o sentimento que está se formando, mas Oliver a todo momento demonstra que as coisas estão saindo do controle. Até que um balde de água fria a coloca nos eixos novamente.

As cenas entre os dois são fofas e envolventes, até quentes e de tirar o fôlego. Não vejo a hora de ler o segundo livro da série, espero que a autora traga um mocinho melhor.

A capa desse livro é linda e a diagramação está ótima. Recomendo demais para quem está procurando um livro rápido e envolvente.

8 comentários:

  1. Parece ter aquele romance clichê e hot, mas confesso que me deixou pé atrás isso que disse depois sobre os erros do cara. Ah, sei não. Parece ter passado umas raivas aí e nao sei se iria gostar de ler tanto assim. É uma história interessante e rápida de ler, mas aí é pra quem gosta mesmo do gênero e não animo já em ler tanta coisa assim.

    ResponderExcluir
  2. Ai ai ai...
    Um homão da porra se tornando um abusador? Eita lelê!
    Apesar do tema já ser até meio batido e eu me ver lendo a resenha dentro da saga do Calendário(que nem terminei de ler pois não curti) talvez esta história tenha algum diferencial(santa esperança)
    Se tiver oportunidade, até por ser curtinho, lerei!
    Beijo

    ResponderExcluir
  3. É dark que você quer baby? Então deveria ter pedido "Hunter", que é bem sombrio...
    #ficaadica
    Ficamos felizes em saber que você gostou do livro e "Colateral" já esta em pré-venda.
    #ficaadica2
    Obrigada pela resenha.
    =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já li Hunter,Cage e Aira, inclusive tem resenha dele no nosso Instagram.

      Excluir
  4. Priscila!
    Bem, gosto muito de romances clichês, mas fiquei tão cabreira sobre seu comentário a respeito da atitude de Oliver que fiquei bem na dúvida.
    Mas como falou que Bree se soprepõe, talvez leia.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  5. Oi, Priscila!
    Eita, agora fiquei curiosa pra sabe qual foi a burrada que o Oliver fez rsrs... só lendo Fenomenal pra sabe, né, o que pretendo fazer com certeza!
    Nunca li nenhum livro que abordasse a prostituição, mas gostei de saber que a autora não romantiza o assunto...
    Enfim, valeu pela dica anotada! Bjos!

    ResponderExcluir
  6. Oiee!
    Confesso que tenho muita curiosidade de ler essa série, já tinha lido uma resenha deste e tinha gostado muito, pena que o protagonista não seja lá essas coisas, porque venhamos e convenhamos tinha tudo pra ser.
    Mesmo assim ainda quero muito ler.
    Bjokas!

    ResponderExcluir
  7. Oi Priscila,
    Já li alguns livros com personagens lutadores e em se tratando do gênero, são os que mais curto as histórias. Já ouvi falar muito da escrita de Andy e sempre bate aquela curiosidade com seus livros. Fenomenal pode não ser o livro mais inovador do gênero, mas gostei de alguns elementos que autora abordou. O único problema de personagens como Oliver é que alguns autores pecam ou em deixa-los muito perfeitos (irrealistas) ou, através deles, desenvolvem personalidades problemáticas, mas sem darem a devida importância e debate que merecem. Em todo caso Fenomenal tem seus pontos que chamam atenção sem falar nessa capa que é difícil de ignorar.

    ResponderExcluir