Sexo sem Amor? - Vi Keeland


Editora: Universo dos Livros
Páginas: 416
Onde Comprar: https://amzn.to/2Dj3qIy
Classificação: 

Sinopse: Hunter e Nat se conheceram em uma festa de casamento – ele entre os convidados do noivo, e ela, da noiva. A atração era intensa e mútua, mas Nat, depois de seu último e desastroso relacionamento, havia prometido não mais se interessar por homens charmosos, convencidos e lindos de morrer. Até que, certa noite, Hunter aparece na casa da mãe dela durante uma reunião familiar. Ele iria trabalhar durante oito semanas na cidade em que Natalia morava e, então, propôs que passassem esse período transando até não poder mais. Oito semanas de sexo maravilhoso sem compromisso? O que ela teria a perder?“Nada”, pensou. “É só sexo, não amor.”
Mas será que isso vai dar certo?


Sem dúvidas a  Vi Keeland é uma das minhas autoras de romances contemporâneos favorita, sempre que lança algum livro dela inevitavelmente eu corro para ler. E dessa vez não poderia ser diferente não é mesmo? 


Hunter e Nat se conhecem durante o casamento de Ana e Dereck, a noiva melhor é a amiga dela e o noivo é o melhor amigo dele. Imediatamente uma atração acontece entre os dois, apesar disso Nat não pode se dar ao trabalho de iniciar qualquer tipo de relacionamento. Recém separada, ela viu seu casamento ruir quando descobriu que o marido era um ladrão, ele foi preso e ela ficou sozinha e decepcionada com uma enteada adolescente para criar. Hunter, porém, não desiste, ele fará de tudo para ter Nat em sua cama, mesmo que não queira um relacionamento sério. Será que ela vai ceder mesmo sabendo que ele não quer nada mais que duas semanas de prazer?

A escrita da Vi mais uma vez não decepciona, com um casal sensual, com muita dirty talk e diálogos divertidíssimos, Hunter e Nat vão te fazer sorrir e se emocionar com a história dos dois.

Nat é aquela personagem maravilhosa que deu o azar de ter encontrado muitos embustes durante a vida, depois de ver o pai trair a mãe e o marido destruir o casamento dos dois, ela só que reconstruir sua vida da melhor maneira que puder, sem incluir homem nenhum. Até que ela conhece Hunter e acaba se encantando pelo homem maravilhoso que ele é.

Hunter, por sua vez, só teve um relacionamento sério, ele vive a vida sem se apegar a ninguém por guardar um segredo e ter tido um grande sofrimento no passado. Nat, vai levá-lo a sentir coisas que nunca sentiu antes e ele terá de abrir mão de seus medos se quiser manter essa mulher maravilhosa em sua vida.

O livro tem sim cenas bem HOT mas nada muito exagerado, na verdade Nat faz o Hunter suar para conquistá-la por quase um ano e eu achei isso maravilhoso. Esse não é um romance que se desenvolve do dia para a noite, mas algo que foi construído e pensado pelos dois durante meses, não é apenas uma atração passageira, muito pelo contrário depois de muito tempo um ainda pensa bastante no outro.

Eu adorei essa capa, achei ela bem diferente apesar de trazer um modelo e ser bem simples. A diagramação está ok sem muitas reclamações a fazer, não encontrei erros de tradução e/ou revisão. Enfim, para quem procura um livro apaixonante eu recomendo muito.


6 comentários:

  1. Já li coisa dela e gostei também, mesmo já não lendo tanto do tipo fiquei com vontade de conhecer esse. Parece outra história bem gostosa e fácil de ler, com personagens bem feitos e momentos de riso, de romance, aquele equilíbrio legal das histórias dela. A personagem ganha fácil, parece do tipo que a gente se identifica e o cara tem aquela coisa que faz a gente querer saber maios dele. Legal. Leria.

    ResponderExcluir
  2. Eu adoro essa palavra "embuste". rs e confesso que até pouco tempo nem fazia ideia do que se tratava..rs
    Amo as letras da autora e já pude conferir alguns bons livros dela. Mas ainda não tinha lido nada sobre este citado e mostrado acima!
    Parece que mais uma vez, ela construiu um cenário único, com personagens soando bem clichê sim, mas? Com aquele diferencial que só Vi consegue colocar em cada um.
    E esse jeito contido em escrever Hot, me agrada muito!
    Lerei!
    Beijo

    ResponderExcluir
  3. Oi Priscila,
    Vi Keeland é uma autora que vejo muitas recomendações e pelo o que pude perceber ela sabe escrever um romance envolvente e bem picante. Sexo sem amor tem uma premissa bem clichê, pois amigos com benefícios é uma dos temas mais abordados nesse gênero literário, mas como gosto de um bom clichê sempre vou atrás de livros assim. Nat trás algo de diferente e verdadeiro para essa trama ao ser divorciada e ter uma enteada para criar. Achei isso bem legal da autora abordar, pois a personagem não é alguém que, simplesmente, tem aversão a relacionamentos, na verdade ela já vivenciou isso, só não teve muita sorte na escolha do companheiro. O romance não ser algo que se desenvolve rápido é um ponto muito positivo para a história e permite que a autora desenvolva bem os personagens. Gostei da indicação e será mais um título para inserir em minha lista de desejados.

    ResponderExcluir
  4. Priscila!
    Nunca li nenhum livro da autora, mas sempre leio boas resenhas dos livros dela.
    Esse jogo de gato e rato entre Nat e Hunter deve ser bem instigante, só espero que não demore muito para eles ficarem juntos, porque daí, ficaria cansativo.
    Gosto de personagens com química, dá mais dinâmica ao livro e gostei de saber que poderemos saber mais da vida de ambos, longe um do outro e pelo ponto de vista deles próprios.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  5. Ooiee!
    Nunca li nada da autora, apesar de ter amigas que a defendem com unhas e dentes.
    Gostei do livro, a única coisa que me incomodou, e incomoda em livros contemporâneos ou hot é isso de todo mocinho ter um segredo, isso tá tão batido que pra mim já se tornou um saco, acho que dá pra ter mais criatividade e criar coisas novas. Enfim...
    Quem sabe dessa vez eu me renda a autora.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  6. Oi, Priscila!
    Li a série MMA Fighter da Vi Keeland e gostei bastante da sua escrita, ainda não tive a oportunidade de ler outros livros dela mas pretendo futuramente...
    Quanto a Sexo sem Amor?, bom saber que as cenas HOT não são exageradas, gosto mais de livros assim... Confesso que prefiro quando o romance é desenvolvido do dia para a noite, contudo, entendo a atitude da Nat não ceder facilmente, acho que vou gostar de ver Hunter suar para conquistá-la rsrs, cansei de mocinhas que cedem facilmente...
    Enfim, valeu pela dica, anotada! Bjos!

    ResponderExcluir