A Dama Mais Desejada - Julia Quinn, Eloisa James, Connie Brockway

Editora: Arqueiro
Páginas: 272
Classificação: 
Onde Comprar: https://amzn.to/2ySyqQw

Sinopse: Três das estrelas mais brilhantes dos romances de época convidam você para uma festa na casa de campo do ilustríssimo marquês de Finchley.Hugh Dunne, o irresistível conde de Briarly, precisa de uma esposa. Para ajudá-lo, sua irmã convida as mais elegantes damas da sociedade, assim como alguns cavalheiros, para uma festa em sua propriedade.A reunião inclui a incrivelmente bela (e dolorosamente tímida) Gwendolyn Passmore, a sincera e adorável Katherine Peyton e a viúva lady Georgina Sorrell, além de alguns condes e até um arrojado herói de guerra.Durante o evento, que promete ser o grande acontecimento da temporada, Hugh terá tempo suficiente para eleger a dama que mais deseja. A não ser que outro cavalheiro seja mais rápido.Nesse caso, quem sabe ele acabe cortejando uma moça que definitivamente não está no mercado casamenteiro, e que vai exigir uma boa dose de perseverança...


A Dama Mais Desejada faz parte de uma duologia em que Julia Quiin escreve uma história com mais duas autora. Nesse livro vamos conhecer Hugh Dunne, o Conde de Briarly, cuja paixão principal são os cavalos. Após sofrer uma queda e ficar em coma por uma semana, ele decide que é o momento de ter um herdeiro, ou seja, é o momento de casar. E é assim que Hugh persuade sua irmã a organizar uma festa no campo e fazer uma lista das damas mais desejadas da temporada para que ele possa escolher. Dentre elas estão a beldade Gwendolyn Passmore e a jovem Katherine Peyton. O destino porém tem outros planos.

Basicamente nesse livro temos três histórias separadas que se entrelaçam, são três núcleos formados por Gwen e Alec, Kate e o coronel Oakes e finalmente Hugh e sua prometida.

Eu amei as três histórias, as autoras conseguiram condensar três casais formados em uma semana de festa no campo.

Alec e Gwen, são um casal e representam o amor a primeira vista. Ela é a beldade da temporada, mas odeia tudo relacionado a multidões e eventos sociais, é tímida e reservada. Ele não estava procurando uma esposa, mas quando vê a Srta. Passmore descobre que ela é tudo que ele sempre quis. Geralmente eu não curto muito esse tipo de narrativa, mas me apaixonei por esses dois, Alec é aquele mocinho maravilhoso e Gwen, a mocinha que é invejada por todos aqueles que não a conhecem.

Já Kate e Neil são aquele amor de infância. Eles foram criados juntos e quando Kate completou 16 anos, Neil pediu ao pai dela para corteja-la e quando recebeu uma negativa ele fugiu para o exército e partiu o coração da garota. Agora, 4 anos depois, Kate é uma jovem que está atrás de um marido e Neil voltou para reclamar aquilo que ele acha que é dele. Eu A-M-E-I esse casal, Neil é honrado até demais e Kate faz de tudo para chamar a atenção dele sem perceber. Eles são apaixonados desde sempre e mesmo o tempo e a distância não conseguiu extinguir esse sentimento.

Eu amei essa capa, ela é tão linda e delicada. Indico para quem ama um bom romance de época.

2 comentários:

  1. Olá! Não teve como não suspirar com mais esse livro delicioso, é clichê sim, porém (também) muito divertido acompanhar as histórias desses casais, e como fã de romances de época, é claro que eu amei.

    ResponderExcluir
  2. Priscila!
    Tive oportunidade de ler o outro, mas esse ainda não, mas se for na mesma dinâmica do segundo livro, já quero, porque amo a Julia e a Eloisa, Connie conheci apenas no outro livro.
    Adoro esses romances bem clichÊs.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir