Pânico - Lauren Oliver


 Editora: Verus

Páginas: 336

Classificação: 

Onde Comprar: https://amzn.to/3jtHy02

Sinopse: Heather jamais pensou em competir no Pânico, um jogo perigoso disputado pelos formandos do ensino médio, em que as apostas são altas e a recompensa é ainda maior. Ela nunca se considerou destemida, o tipo de pessoa que lutaria para se destacar. Mas, quando encontra algo ― e alguém ― por que lutar, descobre que é mais corajosa do que imaginava.Dodge nunca teve medo do Pânico. O segredo que ele guarda vai servir de estímulo e levá-lo até o fim do jogo, ele tem certeza disso. O que Dodge não sabe é que ele não é o único com um segredo. Todo mundo tem um motivo para jogar.Para Heather e Dodge, o jogo trará novas alianças, revelações inesperadas e a possibilidade do primeiro amor ― e o conhecimento de que, às vezes, aquilo que tememos é o que mais precisamos.Pânico captura tanto a energia bruta do medo quanto a necessidade dolorosa de encontrar um lugar para pertencer, em uma narrativa envolvente de amizade, coragem e esperança.


Recebi esse livro em ação de parceria com o Grupo Editorial Record e como já havia lido outras coisas da Lauren Oliver pensei: vamos lá para mais um livro incrível dessa autora, mara!


Pânico conta a história de dois jovens que querem melhorar de vida e para isso irão entrar em um jogo perigoso que acontece na cidade de interior onde moram. Heather e Dodge não tiveram vidas fáceis. Ela, com uma mãe drogada, um padrasto inútil e uma irmã mais jovem quer conseguir sair da cidade e recomeçar em um outro lugar. Dodge, por sua vez, quer vingança. A irmã dele ficou presa em uma cadeira de rodas depois de um acidente jogando o Pânico e é por isso que ele vai jogar, para que o irmão do garoto que causou o acidente pague. No meio disso tudo, o que nenhum deles esperava era criar um laço forte um com o outro.


Eu fiquei bem surpresa ao ler esse livro, pois pela sinopse eu realmente achei que era algo parecido com Jogos Vorazes, mas ao fim era só um bando de adolescentes fazendo coisas estúpidas e perigosas para entreter a cidade. Por trás do jogo, porém a autora esconde uma segunda camada muito mais interessante de narrativa: os dramas dos personagens.


Heather  no início parece apenas uma meninas que só pensa em macho, mas conforme as coisas vão avançando vemos que ela sofre por não ser uma garota padrão e por conta da família disfuncional. Uma mãe completamente drogada e irresponsável. Com o tempo, ela vai mostrando que tudo que quer é uma vida melhor para ela e a irmã.


Dodge, por sua vez, é um personagem que esconde muita raiva por baixo de uma camada de civilidade. Ele sofre pela irmã, com uma mãe que troca de namorado toda semana e por isso joga o Pânico, para conseguir extravasar tudo que sente.


Cada um deles tem uma motivação diferente e eu amei como a autora conduziu o crescimento deles. Ao final deu para sentir o quanto eles cresceram. Eles não são par romântico um do outro, mas desenvolveram uma amizade por ter um objetivo em comum. Os personagens secundários também fazem toda a diferença na narrativa e eu acho que alguns inclusive deveriam ganhar suas próprias narrativas.


Enfim, é um livro sobre aventuras e descobertas e uma leitura bem prazerosa. Indico.

0 comentários:

Deixe seu comentário