Destination Wedding - Diksha Basu


 Editora: Ballantine Books

Páginas: 304

Classificação: 

Onde Comprar: https://amzn.to/2EZcuXm

Sinopse: Quando Tina Das se encontra em uma encruzilhada profissional e pessoal, ela se pergunta se uma viagem de uma semana a Delhi para o casamento luxuoso de seu primo poderia ser o tipo certo de fuga. Talvez um pouco de tempo longe de Nova York ajude a colocar sua mente em ordem sobre sua carreira estagnada, seu rompimento recente e sua suspeita persistente de que ela nunca se sentirá tão em casa na América como se sente na Índia. Tina espera que este casamento, que acontece no clube de campo mais chique de Delhi, Colebrookes, seja a maneira perfeita de refletir e relaxar. Mas com toda a família Das presente, férias relaxantes decididamente não estão nos cartões. Seus pais amistosamente divorciados estão usando a ocasião para explorar novos interesses amorosos - por sua mãe, um namorado americano branco, por seu pai, uma viúva indiana arranjada por um casamenteiro online - e Tina está exatamente no meio. Uma aventura anterior está inesperadamente na lista de convidados, uma oportunidade de trabalho está confundindo as linhas de propriedade em várias frentes e a terrível tendência de sua melhor amiga Marianne por playboys internacionais está prestes a causar todo o tipo de caos em casa. As acomodações são chiques, o álcool é de primeira qualidade, mas este casamento em família pode ser mais dramático do que Tina pode suportar e pode finalmente forçá-la a fazer as escolhas que ela passou grande parte de sua vida evitando. Repleto de cordialidade e charme, o Destination Wedding lida com as nuances da família, carreira, pertencimento e como encontramos as pessoas que fazem um lugar se sentir em casa.


A prima de Tina vai celebrar o seu casamento. Um grande casamento, uma celebração que vai durar uma semana inteira. Enquanto ela se debate sobre o seu lugar no mundo — Seria nos Estados Unidos ou a Índia? — ela vai embarcar em uma viagem que para o leitor será riquíssima culturalmente, vai debater sobre status social e vão rolar uns body shaming tbm. 

 

Foi aí que eu entendi que q leitura talvez não fosse pra mim. De fato, é riquíssimo em detalhes, tem uma assessora e cerimonialista de casamento que é hilária, mas quanto mais você lê a história, mais parece que ela não acaba. Vai se tornando arrastada, e, dado momento, mesmo com tanta riqueza nas descrições dos ditos de um casamento indiano, o livro fica chato. Ao menos, para mim, foi assim. Um livro muito parecido é Asiáticos podres de ricos, que além de enorme , mesmo tendo muito o que explorar da cultura, se torna arrastado e você se pega pensando nas atitudes dos personagens. 

 

Mesmo Tina tendo um núcleo familiar interessante e uma amiga ao seu lado, o livro vai se tornando menos interessante a cada pagina, quando imaginei que seria divertido. A própria jornada dela não é interessante o suficiente, diferente de outros personagens ao seu redor. Talvez, se você tenha gostado de Asiáticos Podres de ricos, esse livro seja para você, mas infelizmente nenhum dos dois fez meu estilo de leitura. 

 #Resenha por Mirela Paes


0 comentários:

Deixe seu comentário