O Selvagem - Kristen Ashley - O Homem dos Meus Sonhos #02


Editora: Fábrica 231
Páginas: 464

Sinopse: Romance, aventura e uma boa dose de erotismo são os ingredientes que dão liga a O selvagem, segundo da série O Homem dos Meus Sonhos. Depois de O estranho, a norte-americana Kristen Ashley conta agora a história de Brock Lucas, um típico brutamontes que não mede esforços para conseguir o que quer, e Tessa O’Hara, uma mulher doce que esconde um grande segredo. Quando ele a convida para uma cerveja, Tess não imagina que Brock é um agente que se aproximou dela para investigar os crimes de seu ex-marido. Ao descobrir a verdade, ela tenta se convencer de que Brock não é o homem dos seus sonhos e tem certeza de que precisa pôr fim a este relacionamento. Mas ele não está disposto a deixá-la ir. Pelo contrário, Tess tornou-se um vício incontrolável para Brock. E o agente selvagem está mais disposto do que nunca a finalizar seu trabalho. E a conquistá-la de vez.



O Selvagem é o segundo volume da série O Homem dos Meus Sonhos da autora Kristen Ashley publicado no Brasil pela Fábrica 231. Se você ainda não leu o primeiro livro, pode encontrar resenha dele  aqui.

Brock Lucas é um homem da lei, e ele leva essa função bastante a sério. O rapaz se envolve até o último fio de cabelo em seus casos e é assim que ele conhece Tessa O'Hara, ele acaba sendo designado para investigá-la disfarçado e se envolve com ela. Tess sofreu horrores na mão do ex-marido, hoje ela deu a volta por cima, é dona de uma confeitaria e ama bolos, depois que ela conhece Jake acaba por se abrir e dar uma chance ao amor, até que ela descobre que Jake na verdade se chama Brock e que ele na verdade é um policial disfarçado que está investigando seu ex.

Tess é uma personagem doce e decidida, ela resolve seus problemas com Brock logo nos primeiros capítulos da trama, então não lidamos com aquele drama desnecessário. Porém as doses de loucura e drama seguem a vida desses dois, pois o ex dela é no mínimo sem noção e ele tem uma ex que é daquelas personagens que você quer matar logo de primeira. 

Além disso tudo conhecemos a família dele que é completamente disfuncional, duas irmãs e um irmão, um monte de crianças, incluindo uma que gosta de se vestir de princesa da Disney e doses de brigas hilárias e de muita fofura.

Se você está esperando muitas cenas hot, dessa vez deu certo, Brock não consegue tirar as mãos da doce Tess e eles protagonizam sim muitas cenas quentes. Então se você está procurando uma narrativa sexy e divertida provavelmente vai encontrar aqui.

E sim temos mais um selo de homão da porra por aqui, pois Brock tem tudo de maneira equilibrada, ele consegue ser protetor sem ser extremamente machista, ele é esquentado, mas não violento e principalmente ele derrete toda vez que tá perto da mulher.



Mais uma vez uma capa de novela mexicana, não sei o motivo da Fábrica ter investido nessas capas que são o cúmulo da breguice, mas fazer o que né? Não tá fácil para ninguém. Porém, reforço meu pensamento, se a capa não vale a pena, o recheio vale muito.


11 comentários:

  1. Apesar da premissa deste livro ser chamativa, infelizmente não me interessei pela leitura, pelo fato de não gostar muito de livros com muitas cenas hot, no qual este seja o ponto central, mas para quem gosta deste gênero acredito que não ira resistir a esse homão da porra (risos).

    Participe do TOP COMENTARISTA de Julho, para participar e concorrer aos livros "O Casal que mora ao lado" e "Paris para um e outros contos".
    http://petalasdeliberdade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Já fiquei interessada só por saber do homão da porra haha!
    Parece ser uma leitura bem quente mesmo, além de envolvente e apaixonante.
    Gosto bastante dessa mistura de romance, aventura, cenas bem sexys e sinto que vou curtir essa obra.
    Não li o primeiro livro ainda, mas já coloquei na minha listinha. E esse segundo, me parece ser tão bom quanto o primeiro.
    Sua resenha me deixou bem animada pra conhecer essa série.
    Beijos
    Caroline Garcia

    ResponderExcluir
  3. Se a capa não vale o recheio vale muito xD
    Também acho essas capas meio sem graça, mas o importante é ver se a história tem graça né.
    Não me chama muita atenção pelo tipo da trama, mas só porque sou pirracenta pra pegar livros assim. Acho que se acabasse lendo iria gostar. A Tess parece uma personagem legal. Mesmo pelos horrores que passou ela parece forte e isso não afeta o jeito dela de uma forma ruim. Já achei isso bom. E gostei do Brock também. Parece que os dois tem uma história bem gostosa de acompanhar.
    Um tanto clichê, mas deve funcionar bem pelo visto.

    ResponderExcluir
  4. Priscila!
    Mas todo amor é brega, não é não? Quando amamos, nem percebemos certos detalhes e não acho a capa tão feia assim, acho sensual.
    Se tem trechos hot, já estou dentro e ainda com esse carimbo de 'homão da porra" aó, estou dentro duas vezes, principalmente porque comentou que a família dele é sem noção e se ele é equilibrado no meu desse caos, deve ser fabuloso.
    E claro que quero rir um pouco também.
    “Bendito seja eu por tudo o que não sei, gozo tudo isso como quem sabe que há o sol” (Fernando Pessoa)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE JULHO 3 livros, 3 ganhadores, participem.
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Pri, tudo bem?
    Capa brega mesmo hahahah
    Infelizmente não curto estórias deste gênero, acho todas tão clichês e geralmente acabo me irritando com o personagem masculino por ser super machista e babaca. Ainda bem que nesta estória foi diferente e parece que o Brock não é tão ruim assim. Mesmo assim não me interessei pela leitura no momento.
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Olá, apesar dessa capa/pôster de novela mexicana, a trama parece ser bem divertida e contar com personagens bem caracterizados. A química entre os dois protagonistas também é um ponto positivo da obra. Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Oi Priscila :)
    A capa é realmente sem sal e brega. Porém, gostei da história e gostei do Brook por não ser aquele policial machista e coisas do gênero.
    Senti uma vibe louca na família dele e fiquei curiosa pra saber pq ele tava investigando o ex da Tessa.
    Obg pela indicação ;)
    Abc

    ResponderExcluir
  8. Kkkkkkkkkkk eu rio quando vc fala q as capas são bregas. Acho q no futuro as outras gerações irão olhar essas capas como nós olhamos as capas de romances de banca. Kkkkkk causa certo estranhamento.

    ResponderExcluir
  9. Oi, Priscila!!
    Onde essa editora tirou essa "uma capa de novela mexicana"? Realmente é muito feia!! Ainda bem que o conteúdo salva!! É amei o selo de homão da porra para o Brock Lucas!!
    Beijoss

    ResponderExcluir
  10. Olá! O segundo livro da série, só me mostra uma verdade (pelo menos para mim), cada novo livro da Kristen Ashley torna-se o meu favorito, simplesmente amei a história do casal, Kristen soube fazer com que a narrativa não ficasse cansativa (apesar das muitas páginas), esse é aquele livro que você lê e fica tão envolvida com a história incrível, que quando chega ao fim nem percebe (eu senti que ficaram faltando páginas, queria mais e mais), enfim não nego, sou fã declarada da diva Kristen Ashley, portanto amei o livro e estou louca para que a editora publique toda a série para que eu possa ter todos eles na minha estante, apesar da capa brega (nisso eles estão se superando, pois a cada nova capa fica pior). Achei que o selo foi mais que merecido, pois Brock (ahh... suspiros), valeu cada linha lida.

    ResponderExcluir
  11. Oi, eu tinha certeza que a capa ia manter o padrão kkkk.
    Se só a capa for de novela mexicana, é melhor. Eu gostei mais da sinopse do primeiro, mas esse parece ser bom também. É um pouco menor também, mas continua bem grande.

    ResponderExcluir