Rebel: Nunca Subestime o Rebelde - Marie Lu - Legend #4



Editora: Rocco
Páginas: 320
Classificação: 
Onde Comprar: https://amzn.to/2tBOR11

Sinopse: A verdade se tornará uma lenda. Os opostos estão perto do caos. E do caos e da lenda surgirá um campeão. Mas sempre haverá o momento do rebelde.Eden Wing tem vivido na sombra de seu irmão por anos. Daniel “Day” Wing é um herói, o garoto das ruas que salvou a República. Mas dez anos depois da revolução, Day só quer viver seus dias em paz e manter Eden salvo.Rebel é o novo sucesso da chinesa radicada no estados unidos Marie Lu. Quarto volume da série Legend, o livro acompanha os irmãos Wing, Daniel e Eden, agora radicados em Ross City, paraíso tecnológico na Antártica, tentando deixar para trás o passado na República.Para desespero de Daniel, Eden cresceu e começa a trilhar seu próprio caminho e escrever a sua história. Com a promessa de um futuro brilhante, seja em Ross City ou na República, Eden pode colocar tudo a perder na busca pela sua própria identidade e enfim sair da sombra do famoso irmão.Ao participar de uma corrida de drone na Cidade Inferior, evento ilegal, Eden conhece o perigoso Dominic Han, e sua vida muda de vez. Apresentado aos planos do criminoso, Eden tem dúvidas se as ideias de Han não são as melhores para Ross City, e seu trabalho é a chave para uma revolução.Agora, Eden precisa da ajuda de Daniel para salvar a cidade. E é a hora dos irmãos se entenderem e aceitarem que não são mais os mesmos garotos de dez anos atrás.Marie Lu volta ao universo distópico de Legend em busca de um encerramento. E com o ritmo alucinante característico da série, consegue muito mais que isso. Com Rebel, os fãs de “Day” Wing podem matar a saudade de seu herói e descobrirem que o irmãozinho Eden cresceu e está altura do legado do irmão mais velho. Rebel é o livro que faltava para fechar com chave de ouro uma série sensacional.



Rebel é o quarto livro da série Legend, que antes era uma trilogia. Quem me conhece sabe da minha frustração com o final de Champion, que condensa meu principal problema com distopias: qual o sentido de tudo, se no final todo mundo se lasca? Porém, contrariando nossas expectativas Marie Lu voltou para fazer sua obrigação e dar um desfecho digno para a história de Day e June.

Dez anos se passaram desde que Day foi morar na Antártica com seu irmão Éden. Agora ele é um agente da lei que trabalha para o governo de Ross City, ajudando a manter um sistema de níveis que é bem parecido com um sistema de castas. Ele ainda pensa em June, apesar de ter tido outros relacionamentos, ela é o farol que ilumina suas lembranças perdidas e ela está prestes a visitar a cidade junto com o Eleitor, a grande pergunta que paira é se eles conseguirão se reconectar. Éden, sempre viveu a sombra do irmão, ele tem um futuro brilhante, é um dos melhores alunos da Universidade de Ross, mas nada disso adianta, pois Éden não se encaixa. Ele não tem amigos entre os estudantes, sua única amiga é a zeladora da Universidade, Pressa, que mora na parte Inferior da cidade e é onde Éden se sente mais em casa para desespero de Daniel. Quando Éden se envolve com o mafioso chamado Hann, que Daniel está para prender há meses e as coisas começam a desmoronar, Éden, Daniel e June precisam voltar as origens.

Finalmente a autora deu um final digno para esses personagens, nem sei por onde começar a descrever meu alívio. Acho que essa é das únicas distopias mais "famosinhas" que eu tinha lido e gostado mais ou menos, mas como sempre o final dela tinha sido muito ruim. Até que a autora voltou para fazer a obrigação dela que era escrever um final melhor.

Éden é o personagem que eu quis jogar na parede e dar um sermão. Ele realmente não vê o quanto o irmão sacrificou para que ele pudesse ter uma vida satisfatória ou ao menos confortável? Muitas vezes ao longo da narrativa eu quis dar uma sacudida nele, pois sabemos pela trajetória de Daniel/Day tudo que ele teve de abrir mão por causa do irmão.

Daniel, por sua vez, é aquele personagem que quanto mais velho fica, mais maravilhoso ele se torna. Ele realmente não esqueceu da June, como a autora nos levou a pensar no final de Champion, muito pelo contrário, ela é uma das únicas lembranças boas que ele tem. E agora além de lidar com o irmão mimado, ele precisa lidar com a visita de June a Antártica. 

Essa capa é igual a americana e segue o padrão de toda a série. Tenho uma única reclamação quanto a diagramação, pois o livro veio com a margem muito feia. Enfim, essa é uma das únicas séries de distopia que eu recomendo.


17 comentários:

  1. Como eu não li os livros anteriores, fica complicado estabelecer um enredo neste livro lançado recentemente. Até por ficar perdida com os nomes e claro, tudo que foi acontecendo em cada livro.
    Lembro que a decepção do fechamento da história não foi só com você não.rs isso pipocou no mundo literário por um bom tempo,mas foi gostoso saber que a autora se redimiu e encerrou bem a distopia!!!
    Espero ter a oportunidade de conferir a saga inteira!
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na Flor

    ResponderExcluir
  2. Pri!
    Nossa! Fico bem feliz em saber que a série termina de forma diferenciada, trazendo explicação para tudo e mostrando que o amor ainda continua por June.
    Confesso que ainda não li nenhum dos livros da série, porém tenho vontade porque gosto muito de distopias e se esta é diferente, ainda pior.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  3. Lembro de até ter gostado daquele final, mas já nem lembro o final! Queria ler mas vou dar um perdido com esse por não lembrar muita coisa. Mas rever os personagens e descobrir o que aconteceu depois de tudo é ótimo e parece finalmente ter sido tudo ajeitado aí. Quero só ver se esse foi um final melhor mesmo.

    ResponderExcluir
  4. Olá Priscila!
    Faz MUITOOO tempo que eu li Legend e confesso ter esquecido a maior parte da história. Ao decorrer da leitura me recordei do final e sim, foi bem frustrante mesmo. Acho que vai ser muito bom rever os personagens nesse novo livro, cujo o título tem tudo a ver com o comportamento de Eden. Estou torcendo para o casal finalmente ficar junto.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Oi!
    Acho que a autora deve ter escrito esse quatro livro justamente para acalmar os ânimos dos leitores revoltados com o final do terceiro, né? haha
    Vou procurar mais sobre essa série.

    Beijão!

    ResponderExcluir
  6. Não li os livros anteriores, mas amo distopias. Fiquei bastante curiosa para saber mais sobre a história dos personagens, Éden parece ser do tipo que a gente passa um nervoso. Quero muito entender mais dessa história, o enredo me agrada, espero poder ler em breve!!

    ResponderExcluir
  7. Olá! Taí uma distopia que eu ainda não tive a oportunidade de ler, fico feliz que a autora tenha decidido fazer esse quarto livro, e dar um final satisfatório a essa história, que parece ser bem interessante, já adicionei na lista de desejados, e o melhor é que não haverá “sofrência” aguardando a publicação da continuação.

    ResponderExcluir
  8. Fiquei perdida na resenha por não conhecer os outros livros, então não sei se é bom ou ruim. Mas enfim, vou procurar ler as resenhas dos livros anteriores para eu saber mais da história.

    ResponderExcluir
  9. Confesso que na época que muitas distopias foram lançadas eu peguei um certo "ranço" porque pareceram ser muito parecidas e no final todo mundo se lascava (como você mesmo disse) e isso me irritava de um tanto. Já tem tanta coisa ruim no mundo, pelo menos nas históricas eu quero as coisas dando certo kkk Então eu nunca li a trilogia, contudo, gostei de saber que a autora se redimiu e fez um final que realmente fosse digno. É ruim quando a gente vê uma história sem o desfecho que merece. Não sei se vou ler, mas fiquei curiosa para saber mais da história, então vou deixar anotado aqui para tentar depois!!

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    Tinha conhecimento sobre essa serie mas não procurei em saber mais da historia. Fiquei curiosa sobre a trama e irei buscar para ler. E que bom que a autora resolveu dar um final digno né.

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir
  11. Oi, Priscila!!
    Estou para ler essa trilogia tem uns dois anos e ainda não conseguir. E que bom que a autora enfim deu um final digno para os personagens.
    Bjs

    ResponderExcluir
  12. Eu concordo com você em relação a série distópica Legend ser muito boa mas o final ser terrível e quando eu vi o lançamento desse livro eu achava que era o primeiro livro de uma série derivada de Legend e não um livro para substituir o final

    ResponderExcluir
  13. Oi, Priscila
    Eu comecei a ler o primeiro da série, mas achei muito lento, parei.
    Mas tinha intenção de voltar, porém, fiquei receosa agora, que chato isso dela ter dado finais incompletos. Que bom que voltou com esse, mas haja livro, hein! kkkk
    De qualquer forma, parece ter personagens bem gente como a vida, que nos cativa mesmo quando fazem algo errado! kkk
    Anotado aqui, talvez eu volte a ler!
    bjs

    ResponderExcluir
  14. Oi, Priscila
    Não tive oportunidade de ler essa série, está na lista de desejos.
    Fico feliz em saber que a autora escreveu o quarto livro é poder dar um fim satisfatório para seus personagens.
    A capa é linda, uma pena ter esse problema com a margem.
    Beijos

    ResponderExcluir
  15. Olá! ♡ Você resumiu exatamente o que penso sobre distopias, apesar de ser um gênero que eu amo kkk, mas que me faz sofrer demais com seu final.
    Eu amooo a Trilogia Legend e confesso que fiquei decepcionada com o desfecho da mesma, então praticamente surtei quando soube que a autora daria uma continuação a mesma.
    Estou com tanta saudade desses personagens maravilhosos que conquistaram meu coração nos livros anteriores ♡ Day e June mereciam um final digno, fico aliviada que a autora tenha continuado a história ♡
    Achei a capa tão linda quanto as outras ♡ Uma pena que pecaram na margem.
    Adorei a resenha e necessito deste livro kkk! ♡
    Beijos!

    ResponderExcluir
  16. Oiii ❤ Eu amei ler Rebel, foi tão bom revisitar personagens que eu tanto amo, ver como estavam suas vidas e ter um final mais definitivo pra minha distopia favorita.
    Eu amo a escrita da Marie Lu, a autora tem o dom de escrever de uma forma que me deixa louca pelo próximo capítulo a cada capítulo lido.
    Eu adorei que meu casal do coração, June e Daniel finalmente tiveram um final digno, achei o último capítulo uma fofura.
    Eden foi realmente bem mimado no início, mas gostei que depois ele melhorou nesse quesito.
    Beijos ❤

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Day e june terminam juntos? Aí q sonho maravilhosooooooooo... Já encomendei meu livro. Tô louca pra terminar essa distopia.... Amo de mais esse casal...

      Excluir