Deixe a Neve Cair - John Green & Maureen Johnson & Lauren Myracle


Editora: Rocco Jovens Leitores
Páginas: 335
Classificação: 
Onde comprar: https://amzn.to/2xFkzfY


Sinopse: Na noite de natal, uma tempestade inesperada de neve transforma uma pequena cidade num refúgio romântico inusitado, do tipo que vê apenas em filmes. Bem, mais ou menos. Porque ficar presa à noite dentro de um trem retido pela nevasca no meio do nada, correr com amigos com o frio congelado até uma lanchonete mais próxima ou lidar sozinha com uma tristeza pela perda de namorado ideal não é causado por momentos românticos para quem espera encontrar o verdadeiro amor. Mas os autores mais vendidos de John Green, Maureen Johnson e Lauren Myracle revelam uma magia surpreendente de Natal, três hilários e encantadores contos de amor, interligados, com romances, aventuras ebeijos de tirar o fôlego. Quando o trem deve levar Jubileu para uma neve na Flórida, ela decide se aventurar do lado de fora. Por sorte, encontra uma lanchonete aberta: uma Waffle House onde conhece Stuart, um rapaz que ainda não se recuperou totalmente de um coração partido. Enquanto isso, Tobin e seus amigos, JP e Duke, estão curtindo a vida de Natal escondida em casa, assistindo uma maratona de James Bond. Mas, apesar da nevasca, os três decidem enfrentar a noite fria e seguem para a Waffle House da cidade – ou assim eles pensam... Já na vida de Addie parece miserável desde o término do seu namoro. Agora, um dia depois de Natal, ela precisa provar que não é egoísta – e fará tudo para cumprir uma promessa, mesmo que isso signifique matar o passado. Os jovens desses contos têm mais em comum que apenas uma nevasca que isola na cidade. E como nada acontece do jeito que eles planejam, restaura a pergunta: que magia do Natal vai apresentá-los com o milagre ou o que eles querem?


Se tem um evento que espero todos os anos é a temporada de filmes natalinos da Netflix e quando esse filme ainda vem com a carga do nome John Green (que já nos encantou com A Culpa é das Estrelas, Cidade de Papel e Quem é Você Alaska?) a experiência tudo parece melhor.

Já havia ouvido falar de Deixe a Neve Cair, mas nunca me interessei realmente em ler, então com o lançamento do filme no ano passado, resolvi dar uma chance ao livro e só tenho uma coisa a dizer: Obrigado, Netflix, pelo péssimo trabalho feito aqui.

Inicialmente, esperei que o livro não fosse uma total confusão de ideias como é o filme, e realmente estava certo. Deixe a Neve Cair é um livro com três contos, escritos cada um por um autor, sendo eles O Expresso Jubileu por Maureen Johnson, O Milagre da Torcida de Natal por John Green e O Santo Padroeiro dos Porcos por Lauren Myracle.

Os três contos são ambientados no mesmo momento histórico da cidade fictícia de Gracedown, quando um trem é obrigado a parar no meio de sua viagem devido uma grande quantidade de neve nos trilhos, fazendo os passageiros descerem e iniciarem suas descobertas pela cidade.

No primeiro conto, temos uma jovem chamada Jubileu (sim, também achei esse nome estranho), que é obrigada a viver com os avós após seus pais serem presos por problemas com sua loja. Conhecendo um rapaz chamado Stuart, o relacionamento já abalado dele, vai ficar mais abalado ainda, fazendo os dois pensarem sobre suas vidas e como se relacionam com o mundo.

Na segunda parte, temos três jovens como protagonistas, Duke, Tobin e JP. Os três vivem em Gracedown e ficam sabendo que no trem recém chegado há um grupo de líderes de torcida, assim Tobin e JP resolvem tentar algo com as meninas. O grande problema é que Duke vive em uma eterna friendzon com os dois amigos, como se eles não a vissem como uma garota.

Em O Santo Padroeiro dos Porcos, temos a amizade de duas garotas, Addie e Tegan, que está um pouco abalada depois do término de Addie com seu namorado Jeb, já que Tegan acusa a amiga de ser egoísta.

Felizmente, o livro reconstruiu a imagem que eu tinha do filme, com história muito bem desenvolvidos e enredos pontuais. Mesmo que já tenhamos passado o período de natal, senti o clima de felicidade, proximidade e redescoberta só pelas descrições.

Além disso, os autores mostram sua qualidade de escrita quando conseguem escrever três histórias que mesmo independentes e com focos em protagonistas diferentes, se entrelaçam. Até parece que os três observaram de perto cada uma das narrativas.

Então fica a dica: o livro Deixe a Neve Entrar é muito bom, o filme nem tanto.

Muito obrigado, John Green por me apresentar essas duas autoras fantásticas.

1 comentários:

  1. Kevyn!
    Não assisti o filme ainda.
    Gostando demais desse especial de Natal!
    Já vi o livro pelos blogs, porém nunca li.
    Só em ter o nome do John Green é um atrativo, bom que tenha gostado do conto dele, porém achava que era diferente.
    Sei é que fiquei com vontade de ler.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir