The Lies That Bind - Emily Gifin

 

Editora: Ballantine Books

Páginas: 315

Classificação: 

Onde Comprar: https://amzn.to/3iMdjC3


Sinopse: São 2 horas da manhã em uma noite de sábado na primavera de 2001, Cecily Gardner, de 28 anos, está sentada sozinha em um bar no East Village de Nova York, questionando sua vida. Sentindo-se sozinha e com saudades do Meio-Oeste, ela se pergunta se algum dia conseguirá ser repórter na cidade grande - e se cometeu um erro terrível ao terminar com seu namorado de longa data, Matthew. Quando Cecily pega o telefone para ligar para ele, ela ouve um cara na banqueta ao lado dela dizer: "Não faça isso - você vai se arrepender." Algo diz a ela para ouvir, e nas próximas horas - e doses de tequila - os dois forjam uma conexão improvável. Deve ser isso, ambos decidem na manhã seguinte, enquanto Cecily se lembra dos perigos de um relacionamento de recuperação. Além disso, o momento não poderia ser pior - Grant está se preparando para deixar o emprego e se mudar para o exterior. No entanto, apesar de todos os obstáculos, eles parecem não conseguir dizer adeus e, pela primeira vez em sua vida cuidadosamente construída, Cecily segue seu coração em vez de sua cabeça.Então Grant desaparece no caos de 11 de setembro. Temendo o pior, Cecily vê seu rosto em um pôster de pessoa desaparecida e percebe que ela não é a única procurando por ele. Seus instintos de reporter investigativa entram em ação enquanto ela jura descobrir a verdade. Mas as perguntas se acumulam rapidamente: Quão bem ela realmente conhecia Grant? Ele realmente a amou? E é possível amar um homem que não era quem parecia ser?

Os poucos livros que li da Emily Giffin, gostei bastante. Tramas românticas e cheias de clichês, uma pitada de drama... aquela leitura sem grandes expectativas, mas que certamente aqueciam meu coração. 


Em “The lies that blind” eu reconheço o traço de sua escrita leve, a forma como ela trabalha os clichês, mas fiquei completamente incomodada com como a protagonista da história Cecily foi trabalhada. Não tenho problema com instalove, em alguns livros acho que funcionam super bem, mas nesse... não rolou. 


Tudo começa com Cecily triste, após o término de um relacionamento sério em um bar. Ela não tem a pretensão de entrar em outro relacionamento, mas antes mesmo de pensar duas vezes, já está completamente apaixonada por Grant, um homem que pouco conhece. Infelizmente o livro usa o trágica data do 11/09 de uma forma que soou boba, e em 2021 sabemos o peso dessa tragédia histórica. 


Depois da tragédia Cecily então se vê presa em uma teia de mentiras e é desesperador como ela toma suas decisões, tem a chance de seguir em frente e não consegue. Sem contar com o quanto que essa teia é pequena, conectando todos os personagens de uma forma um tanto absurda. 


É uma história sobre segundas chances, outro tema que eu amo, mas no final de tudo, o mais importante é que torci para que ela pudesse ser mais honesta com ela mesma o tempo inteiro. Que pudesse ser a protagonista de sua vida independente dos imprevistos que ocorrem em sua vida. As reviravoltas do livro em alguns momentos soam absurdos...


Dessa vez, a história não funcionou para mim. Quem sabe na próxima?


Resenha por Mirela Paes

 

0 comentários:

Deixe seu comentário