Uma Conjuração de Luz - V. E Shwab - Tons de Magia #03

 

Editora: Record

Páginas: 728

Classificação: 

Onde Comprar: https://amzn.to/3bqLf5K


Sinopse: A balança do poder enfim pendeu para um lado... O equilíbrio precário entre as quatro Londres atingiu um ponto sem volta. Outrora transbordando a vivacidade vermelha da magia, o império Maresh é invadido por uma sombra lançada pela escuridão, o que deixa espaço para outra Londres surgir.

 Quem vai cair?

Kell, que já foi considerado o último Antari vivo, começa a questionar a quem deve sua lealdade. E, na esteira da tragédia que se abate sobre a Londres Vermelha, será que Arnes vai resistir?

 Quem vai ascender?

Lila Bard, que já foi uma reles ladra – mas nunca uma ladra qualquer –, sobreviveu e progrediu por meio de uma série de provações mágicas. Mas agora ela precisa aprender a controlar a magia antes que esta seja drenada por seus próprios poderes. Enquanto isso, o desacreditado capitão do Night Spire, Alucard Emery, reúne sua tripulação para correr contra o tempo em busca do impossível.

Quem vai assumir o controle?

Um antigo inimigo retorna para reivindicar a coroa enquanto heróis tentam salvar um mundo em decadência.

Uma conjuração de luz é a conclusão épica da série Tons de Magia, de V. E. Schwab. É um acerto de contas com o passado e uma luta por um futuro incerto que sela o destino de Lila, Alucard, Kell, e até mesmo Holland, num livro de tirar o fôlego.

 

Depois de ser aprisionado na Londres Branca, Kell está passando por problemas. Acontece que uma força quer ser corpo e seu mundo. Lila saiu em disparada para salvar o Antari de seu destino. Quando eles conseguem atravessar de volta para a Londres Vermelha, Holland e a ameaça que carrega dentro dele já estão fazendo um estrago. A escuridão chega e mata todos aí redor. Então cabe a Kell, Lila, Allucard e Rhys salvarem o reino desse pedaço de magia que se acha um deus.


Esse é o último volume dessa trilogia e eu fiquei impressionada em como a autora conseguiu inserir mais e mais informações nele sem que o livro se tornasse cansativo. É importante dizer que ela deixou margem para mais livros, existem outros reinos e outras lendas escondidas nesse universo.


Porém, relativo a esse arco eu achei que as problemáticas foram bem trabalhadas, principalmente em relação a Holland. Ao longo da narrativa a autora conseguiu nos contar a história de um jovem que foi quebrado pedaço por pedaço até se tornar quem conhecemos.


Relativo a Kell e Lila eu achei que a evolução da relação dos dois foi ótima e no ponto, as coisas vinham esquentando ao longo dos livros anteriores e chegaram ao ápice nesse livro no momento certo.


Por fim, quero exaltar as outras relações trabalhadas como a de Rhys e Allucard, do rei e da rainha e de toda a dinâmica que acabou se construindo. Lealdade, força, honra foram apenas alguns preceitos passados nesse livro.


Enfim, por mim a autora poderia escrever mais 10 livros nesse universo que eu leria tranquilamente.

1 comentários:

  1. Oi, Priscila!
    Li os livros 1 e 2 da trilogia Tons de Magia e amei, quando terminei de ler o 2 fiquei esperando ansiosa a publicação de Uma Conjuração de Luz, ainda não li mas lerei assim que possível...
    Torço por Kell e Lila mas confesso que muitas vezes fiquei com pena do Holland, agora estou aqui imaginando como será o fim dele... Bjos!

    ResponderExcluir