Snapped - Alexa Martin

 

Editora: Berkley

Páginas: 351

Sinopse: Elliot Reed está vivendo sua melhor vida - ou fingindo que está. Ela deve à memória de seu pai estar feliz e aproveitar ao máximo seu novo trabalho como Gerente de Comunicações Estratégicas para o Denver Mustangs. As coisas estão indo bem até que o quarterback Quinton Howard Jr. decide usar o campo como palco e se ajoelha durante o hino nacional.

Filho de um ex-atleta profissional, Quinton conhece o bom, o mau e o feio do futebol. Ele trabalhou toda a sua vida para obter reconhecimento no esporte e, agora que o tem, não vai perder a chance de mudar a liga para melhor. Nem mesmo o brilhante, mas enfurecedor, Elliot, que os Mustangs designam para gerenciá-lo, colocará Quinton de volta na linha.Um encontro inicial difícil leva a mais tensão entre Quinton e Elliot. Mas como seu novo trabalho os força a passar um tempo juntos, Elliot percebe que eles podem ter mais em comum do que ela poderia ter imaginado. Com o trabalho dela e a integridade dele em jogo, esse é um lance de moeda que ninguém pode ganhar.

 Snapped é um romcom que apesar de apresentar resoluções simples — não vejo problema nisso, pois é uma leitura leve que não quer depender de drama — trata de alguns assuntos muito importantes. 


Essa é uma resenha delicada de se escrever, pois além do livro ser o 4º da série onde cada um se foca no casal, não sei até que ponto questões raciais foram discutidas na trama anteriormente. Em alguns momentos, senti como se tivesse perdido algo por não ter lido os anteriores. 


No Brasil vemos todos os dias como o racismo ainda é um grande problema social. Como pessoas biraciais também sofrem com isso, e a autora trouxe uma discussão interessante e imagino que muitas pessoas possam se identificar, afinal, a maioria massiva dos livros de romcom — que eu conheço — são entre pares brancos. 


Ainda assim, a autora, de forma leve, constrói um romance que aquece o coração dos leitores e prova que podemos falar sobre assuntos importantes e relevantes mesmo em estruturas cheias de clichês fofinhos. Honestamente, fiquei com vontade de acompanhar mais sobre Quinton e Elliot e de ler a série toda. Para quem ama esportes é quer uma leitura leve, mas que também te faça refletir, fica a dica da leitura 


Faça download de uma amostra grátis do livro aqui.


Resenha por Mirela Paes 



0 comentários:

Deixe seu comentário