The Gilded Ones - Namina Forna - Deathless #01

 

Editora: Delacorte Press

Páginas: 422

Classificação:


Sinopse: Deka, de dezesseis anos, vive com medo e na expectativa da cerimônia de sangue que determinará se ela se tornará um membro de sua aldeia. Já diferente de todos os outros por causa de sua intuição não natural, Deka ora por sangue vermelho para que ela possa finalmente sentir que pertence.Mas no dia da cerimônia, seu sangue corre dourado, a cor da impureza - e Deka sabe que enfrentará uma consequência pior do que a morte.Então, uma mulher misteriosa vem até ela com uma escolha: ficar na aldeia e se submeter ao seu destino, ou partir para lutar pelo imperador em um exército de garotas como ela. Elas são chamadas de alaki - quase imortais, com dons raros. E elas são as únicas que podem impedir a maior ameaça do império.Sabendo dos perigos que se avizinham, mas ansiando por aceitação, Deka decide deixar a única vida que ela já conheceu. Mas ao viajar para a capital para treinar para a maior batalha de sua vida, ela descobrirá que a grande cidade murada guarda muitas surpresas. Nada e ninguém é exatamente o que parece ser - nem mesmo a própria Deka.


The Gilded Ones é o primeiro livro de uma série  intitulada Deathless. Confesso que foi minha primeira experiência com a escrita da autora que foi uma das grandes apostas desse ano para a fantasia. Quero agradecer a Penguin Random House pelo ARC cedido para essa resenha honesta.


Em The Gilded Ones vamos conhecer Deka, uma garota de dezesseis anos que está prestes a encarar a cerimônia que vai determinar se seu sangue é puro ou se ela é uma impura que deve passar por uma cerimônia que a levará a morte. Quando a cerimônia se inicia tudo vira um caos quando a aldeia é invadida por deathshriek, espécies de monstros que matam homens e mulheres impuras. E é nessa confusão que o sangue de Deka corre dourado, o sangue impuro. Assim, ela é levada e torturada até que uma misteriosa mulher chega com uma proposta: liberdade e a opção de se tornar pura, por vinte anos lutando no exército do imperador contra os deathshriek. E é assim que Deka acaba em um centro de treinamento onde percebe que nada é realmente como explicaram para ela.

Essa história entrega absolutamente tudo. Em uma sociedade onde mais uma vez homens governam com crueldade, as mulheres são desprezadas e/ou mortas. Nesse contexto temos uma heroína que foi ensinada que representa tudo aquilo de pior que pode existir dentro da sociedade, que é chamada de demônio, mas que aprende que esse desprezo nada mais é que medo daquilo que as mulheres como ela podem fazer.


Deka é uma personagem jovem, mas que vai crescendo conforme vai aprendendo com a crueldade masculina. Ela aprende a não confiar e vai ficando mais forte a cada capítulo que passa.


Personagens secundários como Britta, Belcalis e Keita. Amigos e interesse amoroso da protagonista, cada um deles tem também uma história super interessante que eu espero que seja melhor explorada nos livros subsequentes.


A autora conseguiu criar um universo no qual a força feminina resplandece apesar da crueldade masculina. Indico essa fantasia para todos que gostam de uma boa história de conquista e empoderamento.


Para fazer download de uma amostra grátis do livro clique aqui.


0 comentários:

Deixe seu comentário