Sunkissed - Kasie West

 

Editora: Delacorte Press

Páginas: 312

Classificação: 


Sinopse: Avery sempre usou a música como fuga. Mas depois que sua melhor amiga a trai, mesmo suas playlists perfeitamente selecionadas não podem ajudá-la a esquecer o que aconteceu. Para piorar as coisas, seus pais arrastaram ela e sua irmã obcecada por mídia social para um acampamento familiar remoto por dois meses de "diversão". Justamente quando Avery está pronta para desistir do verão, ela conhece Brooks - Brooks misterioso e frustrantemente charmoso - que por acaso está na equipe de funcionários - o que significa que ele está fora dos limites. O que começa como um desastre se transforma em. . . algo mais. Enquanto o mundo exterior desaparece, Avery embarca em uma jornada de autodescoberta. E quando Brooks lhe oferece a chance da sua vida, ela deve descobrir o quão longe está disposta a ir para descobrir o que ela quer e quem ela quer ser.  


Uma das coisas que eu mais amo ler são romances adolescentes com aqueles dramas que seriam resolvidos apenas com uma conversa. E foi com isso em mente que eu escolhi ler Sunkissed.

Avery acabou de descobrir que a melhor amiga, Shay, beijou seu ex-namorado e está se sentindo traída. Enquanto Shay tenta se desculpar desesperadamente, Avery se sente cada vez pior pela traição da amiga. Agora ela está a caminho de um acampamento com os pais onde não tem acesso a internet ou telefone e essa parece a perfeita oportunidade para que ela consiga colocar a cabeça no lugar e decida se quer desculpar Shay ou não. Ao chegar no lugar, ela acaba conhecendo Brooks, um garoto misterioso e que tem muita responsabilidade em suas costas, que toca na banda do acampamento. Avery e Brooks desenvolvem um relacionamento que começa com uma amizade e companheirismo, Avery ajuda Brooks com a escrita de suas músicas e Brooks ajuda Avery a se encontrar. Acontece que as coisas começam a mudar entre eles e Avery precisa ser mais assertiva no que realmente quer.

Eu amei demais essa experiência, embora ache que tenha faltado a essa narrativa o desfecho de Avery e Shay, ja que isso acabou não sendo concluído nesse livro. A autora conseguiu construir uma narrativa bastante gostosinha de ler e bem jovem, já que aborda questões sobre futuro e família, além de descobertas sobre personalidade e sonhos.

Avery é uma protagonista que você torce que consiga se encontrar. Ela tem muitas dúvidas e muitas vezes foge dos conflitos, o que faz com que ela não se posicione e se anule em função de não magoar os outros.

Brooks, por sua vez, é um rapaz com muitas responsabilidades, pois seu pai vive em uma instalação hospitalar e a mãe trabalha muito para manter a casa e o hospital. O que muitas vezes faz com que ele assuma a responsabilidade que não lhe caberia em outras circunstâncias. 

A relação dos dois cresce de forma muito coerente e fofa. Eles acabam se ajudando de muitas maneiras, mas em alguns momentos eu creio que Brooks poderia ter tomado posições de maneira diferente. 

Indico esse livro para quem ama livros mais juvenis e de romances de verão. Infelizmente ainda não chegou no Brasil, mas espero que venha em breve.

Para fazer o download de uma amostra desse livro clique aqui.



0 comentários:

Deixe seu comentário