𝚁𝙴𝚂𝙴𝙽𝙷𝙰 | The Viper - Amanda McKinney

 

Páginas: 289

Classificação: 


Sinopse: Proprietária da Archer and Archer, Inc., uma prestigiosa firma de investigação privada de Nova York, Colette Archer incorpora perfeição sem esforço em seus ternos de alta costura e chignon de marca registrada. Mas esta investigadora particular tem um segredo. Quando a noite cai, Colette veste sua peruca e assume a aparência de uma prostituta devoradora de tequila que ocasionalmente gosta de dois homens em vez de um. Esta vida dupla vem como um efeito colateral indesejável de um passado horrível que ela e sua irmã, Jade, uma renegada instrutora de artes marciais boêmia, decidem resolver de uma vez por todas - independentemente de quem eles devem destruir no processo. O obstinado agente da DEA James Black está a um erro de passar sua carreira processando números no confinamento de seu cubículo seis por seis. Em um último esforço para salvar sua carreira em dificuldades, James busca a ajuda da rainha do gelo Colette Archer. Apesar da faísca de calor entre eles, ela parece desprezá-lo quase tanto quanto os tecidos poli-misturados.Depois de seguir Colette e sua irmã até uma pacata cidadezinha em Montana, James descobre um pacto tortuoso e perigoso que as irmãs fizeram para vingar seu passado. Usando a fraqueza de Colette a seu favor, James a engana para ajudá-lo a descobrir o paradeiro de um cruel traficante. Mas quando Colette é brutalmente atacada, James percebe que inadvertidamente colocou as rodas em movimento que podem não apenas custar-lhe o emprego, mas também a mulher que roubou seu coração.

 

Colette Archer é uma das mais famosas investigadoras particulares de Nova York. Uma mulher que ninguém quer ter como inimiga. Colette tem um passado sombrio que marcou a ela e sua irmã Jade. Um dia seu caminho se cruza com o agente federal James Black, um homem direto e que também tem uma missão: derrubar um cartel de drogas. Acontece que James está no caminho dos planos de Colette e isso não parece que vai acabar bem.



Primeiro eu preciso dizer que estou completamente decepcionada com esse plot desperdiçado. O livro tinha tudo para ser maravilhoso, mas até 50% ele simplesmente não funcionou para mim. Com várias cenas jogadas e coisas que não são nem usadas para nada na história a autora desperdiçou metade de um livro com uma grande bagunça.



Depois disso as coisas começam a se desenrolar e aí sim vemos um pouco do que poderia ter sido. 



Colette é uma personagem interessantíssima, vingativa, empoderada e cheia de traumas que só se perde no meio dessa história. De repente ela se vê "apaixonada" e começa a se questionar. E isso só não foi nada legal.



James é um personagem grosseiro, com falas completamente machistas e um homem que acha que Colette so vai se achar nos braços dele. O macho alfa protetor. Só não dá né?


Esse livro é o primeiro de uma série que eu sinceramente não pretendo continuar.

0 comentários:

Deixe seu comentário