Buried Cold Case Secrets - Sami A. Abrams

 

Editora: Harlequin Books US

Páginas: 225

Classificação: 


Sinopse: Recuperar suas memórias perdidas pode ser a chave para resolver um assassinato.

Procurar os restos mortais de sua melhor amiga pode ajudar a antropóloga forense Melanie Hutton a recuperar suas memórias de quando ambas foram sequestradas – a menos que o assassino chegue primeiro a Melanie. Para sua segurança, Melanie deve contar com o detetive Jason Cooper, que ainda a culpa pela morte de sua irmã. Jason pode deixar o passado de lado para resolver o assassinato do caso arquivado... e proteger Melanie do mesmo destino?


Eu amo um bom romance policial com muito suspensee quando eu vi essa série da Harlequin Us chamada Love Inspired Suspense eu fiquei super animada para começar a ler. E eu não poderia estar mais satisfeita por ter começado por Buried Cold Case Secrets.


Melanie é uma antropóloga forense que conduz seu trabalho com muita seriedade e ética. Há dois dias ela voltou a sua cidade natal para assumir um novo cargo no departamento de polícia e para encontrar paz com seu passado. Quinze anos atrás Melanie e sua melhor amiga foram sequestradas, ela conseguiu fugir, mas sua amiga segue desaparecida. Tudo que Melanie queria era trazer o corpo da amiga para casa, encontrar quem as atacou e começar de novo. Porém, logo que chegou Melanie começou a ser perseguida novamente e apenas Jason, o irmão de sua melhor amiga que a odeia, pode protegê-la. Jason guardou rancor de Melanie todos aqueles anos, para ele é totalmente injusto que ela tenha deixado sua irmã para morrer e tenha simplesmente sobrevivido. Ao mesmo tempo que os dois sentem mais do que amizade e ressentimento um pelo outro, eles conseguirão deixar o passado de lado?


Primeiro eu preciso dizer que a autora conseguiu me manter interessada nesse mistério até às últimas páginas. Sua escrita é bastante fluida e estruturada. Porém, o aspecto religioso da obra me incomodou um pouco, eu não sou uma pessoa nada religiosa então ver os personagens orando a Deus, em vários momentos do livro, por ajuda para mim foi estranho.


Melanie é uma mocinha que viveu uma vida muito ruim, ela tem sérios problemas resultantes do ataque que sofreu quando ela adolescente. Ela fez terapia por anos e nunca conseguiu recuperar as memórias dos dias que ficou cativa e nem o rosto do seu sequestrador. Desde então ela virou antropóloga forense, e eu confesso que amei que ela tivesse essa profissão por que sou fã da série Bones. Quando ela volta para sua cidade natal, confrontar Jason faz com que ela reviva o que sente por ele. Um amor que deveria ter ficado no passado.


Jason, por sua vez, nunca quis ouvir o que Melanie tinha a dizer. Por anos ele viveu com a sensação de fracasso por não ter podido salvar a irmã. E o fato de começar a descobrir que Melanie sofreu por anos pelo mesmo motivo faz com que ele não tenha paz. Anos atrás ele era apaixonado pela melhor amiga da irmã, muito mais nova que ele. Agora seu senso de dever e seus sentimentos o levam a fazer de tudo para protegê-la.


Eu amei tanto como a autora construiu a tensão entre Jason e Melanie e como os ataques aos dois só solidificaram o fato de que eles precisavam se perdoar, afinal a vida é curta. 


Enfim, espero conseguir ler mais livros dessa autora em breve.





0 comentários:

Deixe seu comentário