How To Love Your Neighborhood - Sophie Sullivan

 

Editora: St. Martin's Griffin

Páginas: 345

Classificação: 

Sinopse: Grace Travis tem tudo planejado. Entre terminar a faculdade e trabalhar em um milhão de bicos, ela obterá seu diploma e seu emprego dos sonhos. Mais importante, ela terá um lugar para pertencer, algo que sua mãe nunca poderia fazer. Quando surge a oportunidade de consertar - e morar - em uma casinha na praia, Grace está toda dentro. Até que seu maior obstáculo se mude para a casa ao lado. Noah Jansen sabe como fazer um acordo. Como promotor imobiliário, ele sabe quando encontra algo especial. Algo que ele poderia até chamar de lar. Desde que ele possa expandir assumindo a casa ao lado - a casa com a mulher combativa e bonita morando nela. Com as regras para serem vizinhos saindo pela janela, Grace e Noah estão em uma briga total. Mas às vezes, seu inimigo pode lhe mostrar que o lar está sempre onde está o coração.



Primeiro preciso dizer que eu estava animadíssima para realizar essa leitura, pois ele tem todos os elementos que eu amo em um livro. Porém, só passei raiva.


Grace é uma moça que passou muita dificuldade na vida, com uma mãe narcisista, tudo que ela sempre quis foi um lar. Até que seus avós morrem e deixam uma pequena casa na praia para ela. Terminando sua faculdade de design de interiores como a primeira da classe, Grace finalmente vê a oportunidade de criar um lar e começar uma vida nova. Até que ela conhece seu novo vizinho, Noah é um homem acostumado a ter o que quer e ele quer a casa de Grace para expandir a sua casa. Será que esse convívio vai ser pacífico?


Que decepção viu? O livro é extremamente maçante, a narrativa é demorada, temos um monte de cenas sem necessidade e o ritmo dele é quase parando. Agora o grande responsável pela nota péssima desse livro foi Noah, que personagem péssimo.


Enquanto Grace é uma moça trabalhadora, que finalmente vai criar um lar e que se vira em mil para pagar as contas, Noah é um homem mimado.


Ele quer a casa de Grace apenas para expandir sua casa, onde ele mora SOZINHO! Ele não precisa do espaço para nada, mas mesmo assim ele tem dinheiro e acha que pode comprar tudo. Mesmo que ele tenha tentado mudar isso ao longo do livro eu não consegui me apegar a ele, acho que Grace merecia muito mais.


Enfim, é sempre ruim quando a gente não gosta de de um livro que tinha tudo para ser bom né? 

0 comentários:

Deixe seu comentário