With Love From London - Sarah Jio

 
Editora: Ballantine Books

Páginas: 381

Classificação: 


Sinopse: Quando Valentina Baker tinha apenas onze anos, sua mãe, Eloise, inesperadamente fugiu para sua Londres natal, deixando Val e seu pai sozinhos na Califórnia. Agora uma bibliotecária na casa dos trinta, recém-saída de um casamento fracassado e ainda em desacordo com o abandono de sua mãe, Val se sente desencantada com sua vida.


Em uma reviravolta agridoce do destino, ela recebe a notícia de que Eloise morreu, deixando para  Val a escritura do apartamento em Primrose Hill e do Book Garden, a livraria histórica que ela abriu quase duas décadas antes. Embora a notícia seja devastadora, Val aproveita a chance de um novo começo e cruza o Atlântico, na esperança de descobrir quem sua mãe realmente era enquanto lamentava o relacionamento que nunca teve.


Quando Val começa a juntar as peças da vida de Eloise no Reino Unido, ela se apaixona pelo apartamento de cor pastel no terceiro andar e pela livraria aconchegante e cheia de tesouros, logo percebendo que a vida de sua mãe era muito mais complicada do que ela jamais imaginou. . Quando Val se depara com uma série de notas intrigantes deixadas em um antigo romance amado, ela se propõe a localizar o misterioso ex-proprietário do livro, embora seus esforços sejam desafiados desde o início, assim como o futuro do Jardim do Livro. Para salvar a loja da ruína financeira e preservar o legado de sua mãe, ela deve reunir sua equipe excêntrica e mergulhar nos segredos de sua mãe. With Love from London é uma história sobre cura e perda, revelando as verdades emocionais e relacionáveis ​​sobre amor, família e perdão.



Eu não posso ver um bom drama familiar que logo quero ler. With Love From London conta a história de duas mulheres que são pegas nas circunstâncias da vida e na teia de mentira de homens que deveriam amá-las.

Eloise é uma jovem Londrina típica do final dos anos 1960. De classe baixa, trabalhadora e que sonha em encontrar seu príncipe encantado. Em uma noite ela encontra Edward, um herdeiro que a deixa encantada, mas que some. Enquanto é cortejada por Frank, um americano que promete o sonho a ela. Anos depois conhecemos Valentina, uma mulher na casa dos trinta anos que acabou de se divorciar depois que o marido a traiu com uma mulher muito mais jovem. Acontece que Val é filha de Eloise, que acabou abandonando o marido e a filha e voltando para Londres. Agora Val recebe um comunicado que a mãe faleceu de câncer e que deixou um prédio com apartamentos e uma livraria para ela. Val então decide embarcar nessa viagem e talvez descobrir o motivo da mãe nunca ter retornado.


Sarah Jio entrega uma chocante e emocionante história de duas mulheres vítimas da sociedade e da manipulação de homens inescrupulosos. Minha única ressalva é que faltou e muito ódio por parte da Val, o pai dela foi um completo idiota com a mãe e no final ela nem mesmo xinga ele.


No mais foi bem legal acompanhar como Eloise se esforçou para estar perto da filha mesmo depois de sua morte, o que me rasgou o coração, pois ela merecia muito ter vivido um amor com o Edward e ter reencontrado a filha.


Val, por sua vez, fica completamente confusa em como a mãe pode dar tanto amor a crianças estranhas, mas não a ela. Isso é algo que me chamou muita atenção no livro, ela segurava certa animosidade que não teve com o pai quando a verdade foi revelada.


Há um romance em curso nessa história para mãe e filha, mas confesso que esse livro é na verdade sobre o relacionamento das duas e sobre como uma mãe pode amar uma filha mesmo depois de deixar esse plano terrestre.


Eu recomendo demais para quem ama um bom drama familiar.




0 comentários:

Deixe seu comentário